12 de jan de 2015

A Profecia de 2019 - Reloaded

tsunami o que é a profecia 2019

Tenho recebido muitas perguntas de leitores do blog e da fanpage sobre a questão de Chico Xavier ter marcado ou não uma data (2019) para o início de grandes problemas para a humanidade ou para o início de uma nova era de evolução, paz e contato com outras civilizações do Universo.

Selecionei uma dessas questões, pois vou aproveitar o post para abordar uma outra análise que algumas pessoas tem feito sobre a profecia de Daniel para 2018-2019. Vamos lá:

Pergunta: “Ola, querido irmão, que a paz de Deus esteja contigo. Você ja deu uma olhada nos sites "o templo de yrys,"e"cura e ascensão"? Este tem ate uma nova data para o ápice, que segundo eles será em abril de 2018. Será que como a TERRA esta, ainda vai mais 20 anos? Creio que cada um estará onde deve estar, mas pergunto-me é certo sair do litoral? Guardar alimentos? Pode me orientar?ABRAÇOS.” (Débora)

Resposta: Olá Débora

Aconselho que leia os textos do blog e posteriormente adquira A Bíblia no 3º Milênio que estuda não apenas todo o Apocalipse versículo a versículo, como as principais profecias bíblicas e de outros profetas reconhecidos pelo seu alto grau de acerto sobre o futuro, como Parravicini, Nostradamus, Cayce e João XXIII. Todos eles apontam para o auge dos eventos em 2036. Quanto a questão das cidades litorâneas eu aconselho a leitura das informações trazidas no livro Brasil o Lírio das Américas, sobre a transformação de algumas localidades do Brasil que em um futuro próximo serão grandes metrópoles, como por exemplo as regiões do Mato Grosso, Goiás e parte de Minas Gerais.


Creio que o método de comparação, das profecias trazidas pelos mais confiáveis profetas, seja o método mais seguro para identificar quando ocorrerão tais eventos. Quanto a profecia de 2018, existe uma corrente de pessoas que crê nessa data por interpretar erroneamente a profecia dos 70 períodos, citada por Jesus no sermão profético ao lembrar do profeta Daniel que trouxe tal vaticínio.

Em Daniel 9:2 o profeta define que cada período equivale a 1 ano, são portanto 70 anos, tempo citado como o de uma geração no livro de Salmos, a mesma 1 geração citada por Jesus no sermão profético.

O marco dessa profecia, ou seja, seu início, seria quando Jerusalém fosse restaurada ao domínio dos hebreus e é aqui que os interpretes escorregam na casca de banana, pois a profecia não fala em criação de estado judeu ou restauração de Israel, mas é específica ao falar na restauração da antiga Jerusalém ao domínio dos hebreus, fato que não ocorreu com a criação do Estado de Israel entre 1948 e 1949, pois a restauração da antiga Jerusalém, da época de Jesus, só aconteceu em 1967, portanto o início da profecia é em 1967 e, somando 70 anos a partir desse ano, chegamos a 2036.

Os "datistas" que falam em 2018 e 2019 baseados nessa profecia estão, portanto equivocados. Infelizmente os espiritualistas e, sobretudo os espíritas em sua maioria não gostam de estudar as profecias, inclusive as profecias daquele que é o modelo de ser humano a ser seguido (Jesus) e que não apenas trouxe várias profecias no sermão profético como ainda profetizou, ao final do evangelho de João, que voltaria enquanto o discípulo amado estivesse vivo para trazer novas revelações, exatamente o que fez décadas depois, quando na ilha de Patmos trouxe as revelações do futuro da humanidade para o apóstolo João, ainda vivo, através do livro do Apocalipse.

No sermão profético Jesus fala em um sinal, o sinal do Filho do Homem, quando o grande dia, o dia do juízo fosse acontecer: um relâmpago percorrendo oriente a ocidente (Mateus capítulo 24) , sendo visto por todo o olho (internet, tv) e muita gente interpretou como sendo o próprio Jesus, mas esqueceram de ler o resto da Bíblia, quando o próprio Jesus fala em Lucas 10:18 que viu "Satanás cair do céu como relâmpago", sendo que em Apocalipse 12:9 é dito que o dragão vermelho, a antiga serpente que é o demônio e satanás foi precipitada ao chão. Para os hebreus daquela época de Jesus e da época de Daniel, a serpente primitiva era bem conhecida: tratava-se do mitológico Apep, serpente que segundo a mitologia vivia no abismo, tanto que no próprio Apocalipse o "chefe dos mortos" é nomeado como Apolion (Apolion e Apep vêm da mesma raiz semântica: destruidor)

E como Apep será precipitado do céu como um relâmpago ou como um dragão vermelho (serpente voadora vermelha) caindo ao chão? A resposta é simples: asteróide Apophis, que significa exatamente em grego o nome do mitológico Apep, pois um asteróide caindo no chão é como um relâmpago ou uma serpente vermelha (rastro vermelho) caindo. Apophis, nome grego do mitológico Apep é o asteróide que vai cair na Terra em 2036, após os 70 anos, uma geração completa, da retomada de Jerusalém pelo povo hebreu, cumprindo a profecia de Daniel citada por Jesus no Sermão profético quando disse que ao fim desse periodo de 70 anos viria "o avassalador (destruidor) nas asas (vindo do céu) da abominação" (Daniel capítulo 9). Inclusive ao longo do capítulo 12 do Apocalipse são citadas diversas metáforas sobre estrelas no céu para identificar a passagem do asteróide, falei sobre isso no texto sobre as luas de sangue aqui:



Esse é o entendimento da profecia, baseado em tudo que o Messias nos trouxe. Portanto, se alguém afirmar “que o auge dos eventos da transição planetária é 2018 ou 2019 porque a profecia de Daniel diz”, você já tem toda a explicação, de forma clara, porque tal profecia não fala em 2018 ou 2019, mas sim em 2036.

E falando sobre 2019, temos a questão dos relatos de Chico Xavier no Programa Pinga Fogo e a data de 2019, e eu vou repetir o que eu já disse: o próprio Chico, através de Emmanuel, respondeu a uma série de perguntas no Programa Pinga Fogo e pouco tempo depois algumas das perguntas que não puderam ser feitas no programa foram compiladas no livro "Plantão de Respostas Pinga Fogo II", no qual o Chico, através de Emmanuel, respondeu diversas perguntas, inclusive sobre quando começaria a nova era ou era de regeneração, quando então Chico respondeu claramente que seria por volta de 2057, ou seja, deixando claro que não teremos nova era alguma a partir de 2019.

plantao de respostas pinga fogo a nova era em 2057


Vale ainda observar que durante o programa Pinga Fogo o Chico esclareceu que a humanidade apenas entraria numa nova era após findado o prazo de 50 anos a partir de 1969 (ou seja, 2019) se  (ou seja, havia uma condição) o homem não entrasse em guerras de extermínio (ele não falou especificamente em guerra atômica ou nuclear, mas choques destrutivos e guerras de extermínio, repetindo, em momento algum condicionou apenas a uma guerra nuclear como impedimento para uma nova era).

Chico fala sobre a condição para uma nova era entre 1:55 e 2:28:  AQUI 

Chico Xavier, inclusive, trouxe o cronograma completo sobre como tudo isso aconteceria, considerando 2057 como o início da era de regeneração (livro Plantão de Respostas Pinga Fogo II) e não 2019, pois desde 1969 o homem entrou em diversas guerras de extermínio, como a do Golfo e várias outras no Oriente Médio (Iraque, Afeganistão, Síria).

No vídeo abaixo, entre os minutos 2:30 e 3:50 Chico esclarece que somente quando a humanidade abandonar o período bélico ela conseguirá  entrar em contato com outras civilizações extraterrestres, a partir de bases de observação que serão construídas no solo lunar que ele denominou "cidades estufa" capazes de extrair nitrogênio (azoto) e oxigênio, além da água que segundo ele existia no solo lunar (fato comprovado recentemente pela ciência).

Então temos que entender que, não apenas entramos em várias guerras de extermínio nesse período desde 1969, como da mesma forma ainda estamos no período bélico, como da mesma forma ainda estamos bem longe de poder construir cidades estufa na Lua e como da mesma forma o próprio Chico através de Emanuel esclareceu que essa nova era com o fim do período bélico, somente começará em 2057, e se formos considerar as profecias do sermão profético, somente após duas décadas após o auge dos eventos em 2036 profetizados por Jesus.

Vídeo que Chico fala sobre a nova era entre 2:30 e 3:50 - AQUI

Livro Plantão de Respostas - Pinga Fogo II – página 14 - AQUI

Tendo essas informações cristalinas transmitidas por Jesus em suas profecias e pela mediunidade do Chico, podemos claramente delimitar o auge dos eventos da transição planetária em 2036 e o inicio de uma nova era somente pelos idos da década de 50, sendo que não teremos nem auge dos conflitos em 2019 e nem nova era em 2019, da mesma forma que não faremos contato com outras civilizações extraterrestres antes que tenhamos abandonado o período bélico e construído as bases ou cidades em solo lunar

Por isso pode ficar tranqüila, que nem em 2015, 2017, 2018, 2019 ou qualquer outra data antes de 2036 teremos o auge dos eventos descritos no Apocalipse como o ápice da grande tribulação ou auge da transição planetária.

E falando sobre transição planetária é importante esclarecer: Transição planetária não significa "era de luz", "nova era" ou "era de regeneração começando", pois ainda estamos na Era de expiação e provas, Era que foi definida assim como a Era de regeneração com exatidão por Kardec no capítulo 3 do Evangelho Segundo o Espiritismo. A transição planetária denota, tão somente, os últimos anos ou um período curto, que engloba os últimos anos da Era de expiação e provas, quando uma grande faxina é feita para preparar a casa (morada terrestre) para um novo mundo, mais limpo (livre de formas pensamento enfermiças) e mais organizado. Dizer que a casa já está limpa (Era de Regeneração, de luz) em pleno faxinão (transição) é, portanto um grande equívoco.

Eis como o nobre codificador definiu a Era de Regeneração:

"A Humanidade experimenta as vossas sensações e desejos, mas liberta das paixões desordenadas de que sois escravos, isenta do orgulho que impõe silêncio ao coração, da inveja que a tortura, do ódio que a sufoca. Em todas as frontes, vê-se escrita a palavra amor; perfeita equidade preside às relações sociais, todos reconhecem Deus e tentam caminhar para Ele, cumprindo-lhe as leis." (Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo 3, item 17).

Fica evidente, portanto, que enquanto a humanidade não aprender a arte do bom convívio e da fraternidade, sem guerras de extermínio, atômicas ou não, não há como entrarmos em uma Era de regeneração, claramente definida por Kardec.  



Fanpage Profecias o Ápice em 2036 no Facebook:

Fórum Profecias 2036:



12 comentários:

Felipe Dias disse...

Análise muito esclarecedora e bem completa. Realmente não tem como a nova era começar no ano 2019 como aquele documentário quer mostrar. Falta muito ainda para a nova era.

flw

Fabrício E. disse...

Mais uma vez parabéns pelo texto José.
Seu blog ja esta tão rico de informações que sempre uso a busca para ler textos antigos, e me surpreendo com toda informação disponível. Acredito que as pessoas que recentemente começaram a acompanhar o site tenham dificuldades, porque o material é muito vasto, e as perguntas e respostas dos comentários são muito elucidativas também, porém difícil de garimpar. Uma sugestão seria criar um link, para os leitores do livro, com textos recomendados. Por exemplo. Capitulo 1, recomendados textos x, y, z. Sei que deve ser trabalhoso, e eu pessoalmente prefiro você escrevendo textos novos, rs, mas fica a sugestão.
Sugestão 2: Vídeos ! É tão difícil passar suas idéias para uma pessoa que ainda não tem a base necessária de todos os assuntos, e é muito difícil a pessoa buscar informação sozinha, mesmo que com tudo indicado. Um vídeo atinge muito mais pessoas e de uma maneira mais didática. Com seus mentores podendo ajudar com as explicações iniciais, e aprofundado nos livros e textos do blog. Mesmo que não sejam numa palestra, mas numa webcam, talvez no estilo do canal do youtube do Saulo Calderon, sobre viagem astral. (apenas sugestões, ja acho incrível a quantidade de textos e livros que você publica em pouco tempo, deve ser difícil achar tempo pra mais coisa) e por fim,
Pergunta: Com a evolução do planeta, e aproximação do fim da era de expiação, ficam mais comuns as doenças, auto-imunes (li que pode ser uma agressão de sua mente contra você mesmo, por não se aceitar ou não querer mais viver, depressão, culpas do subconciente etc, variando de caso para caso obviamente). Tem alguma informação ou fonte de estudos a respeito?

José Alencastro disse...

São ótimas ideias Fabricio :)

Pretendo em breve organizar alguns links no forum, com os textos sobre projeção astral, enfim, ao menos por alguns temas e alguma forma de apresentar inicialmente a parte profética, além do video que fiz explicando basicamente algumas questões basicas, feito no final de 2013. Agora em 2015 pretendo fazer outro, mais voltado pro sermão profético

Quero também montar uns videos, pelo menos a parte mais simples, videos curtos de 5, 7 minutos, diretos, com uma questão ou duas, sem enrolação e explicação simples

Toda a doença tem um componente fisiológico que surge por algum desequilibrio, seja a nível fisico ou mental, mas ocasionado por algum desequilibrio, algum exagero, seja estresse ou exaustao; dependendo do nivel desse desequilibrio o sistema de defesa do corpo fisico reage de um jeito, mas normalmente os niveis de defesa do organismo fisico (ligados ao corpo energetico ou duplo) caem quando existe uma grande quantidade de toxinas que descem do corpo astral para o fisico ou simplesmente um esgotamento dessas energias quando consumidas em formas pensamento ligadas a desequilibrios ou ansiedades, formas pensamento que podem evoluir para quadros mais enraizados entre o astral e o fisico causando disturbios quimicos mais profundos. Essa exaustão constante no sistema de defesa do organismo fisico, em virtude de toxinas astrais ou de formas pensamento em desequilibrio, em qualquer dos casos pode evoluir para um quadro mais problematico de desequilibrio manifestado no fisico, como por exemplo uma doença auto imune, quando os danos no sistema de defesa já são relativamente profundos, independente se foi um causa. Normalmente os processos obsessivos com ovoides e vibrioes se valem dessa fraqueza ja instalada, inclusive potencializando pensamentos negativos quando os kiumbas identificam formas pensamento negativas no campo da vida, potencializando por sugestão os pensamentos negativos que já existem

Wander disse...

Olá, José.

Comecei a ler o seu blog apenas recentemente e primeiramente gostaria de parabenizá-lo pelo trabalho árduo e contínuo. Lendo algumas postagens mais antigas, não resisti em postar que a criatura encontrada nos subterrâneos da torre astral da esquina democrática em Porto Alegre seria um beholder, ou seja, já há muito apresentado pela ficção (não por coincidência, acredito eu): https://www.google.com.br/search?q=beholder&espv=2&biw=785&bih=658&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ei=EQC1VK7gEPS_sQSDtIDQCQ&ved=0CAYQ_AUoAQ

José Alencastro disse...

Interessante Wander. A arte imitando a vida e a vida imitando a arte :)

Rafael Frigori disse...

José, onde exatamente você acredita que o Apophis cairá e quais são seus efeitos sobre o clima no mundo ?
Você pretende divulgar no futuro os seus livros gratuitamente em .pdf como a FEB já faz com a codificação ?

José Alencastro disse...

Olá Rafael, falei sobre isso na Bíblia no 3º Milênio, segundo as informações que recebi durante a realização do livro, será no oceano atlantico e não no pacifico, na região do antigo território atlante.

Quanto aos livros eu pretendo em breve disponibilizar a venda em formato digital que é mais barato e continuar distribuindo pdfs gratuitos com trechos da obra, assim como fazer novos videos com explicações mais básicas sobre os temas das obras.

Creio que daqui pra frente os formatos de textos mais curtos, como os do blog e os videos terão uma entrada maior e os livros ficarão para quem tem maior interesse. Por isso eu não se se no futuro vou disponibilizar, talvez daqui alguns anos, quando o entendimento do estudo mais basico sobre 2036 tiver maior alcance em virtude do desenrolar dos eventos

Rafael Frigori disse...

José, obrigado pelos esclarecimentos. Prosseguindo, você poderia explicar mais detalhadamente como a queda do asteróide em pleno atlântico poderia por fim a uma eventual WW III ? A China não é banhada por esse oceano ... e parece-me que, pela geografia, seria a America do Sul a parte mais afetada no mundo nessa eventualidade. Por curiosidade: não li sobre o uso de armas nucleares em seus relatos, elas seriam empregadas nestes conflitos ou para tentar defletir o Apophis ?

José Alencastro disse...

Está tudo no livro A Bíblia no 3º Milênio, Rafael. A queda do asteróide vai desencadear diversos fenômenos sísmicos e vulcânicos, não apenas as ondas nas regiões litorâneas. Alem disso há a questão, também explicada no livro, da materialização da egrégora do Sol das Trevas que atuará decisivamente na verticalização do eixo terrestre, causando tsunamis globais e uma série de grandes terremotos e explosões vulcânicas, sobretudo nas áreas com mais vulnerabilidade para tais fenômenos. No próprio sermão profético é dito sobre esses fenomenos, comparados ao diluvio de Noé e ao fogo sobre Sodoma e Gomorra. Com o desencarne de bilhões de almas e o exilio de boa parte delas, os sobreviventes encontrarão não apenas um cenário de muito trabalho pela reconstrução, como também uma humanidade que em sua maioria não contará mais com espíritos rebeldes. Todas essas mudanças, geologicas e sociais é que impedirão que a terceira guerra chegue ao nível de um exterminio atomico entre as nações envolvidas.

natilux disse...

Olá José. Muito boa a matéria, mas ficou uma duvida: Vc diz que:"...considerando 2057 como o início da era de regeneração " e no livro plantão de respostas II diz: "Emmanuel afirma que a Terra será um mundo regenerado por volta de 2057. Cabe, a cada um, longa e árdua tarefa de ascensão. " Ou seja, que em 2057 o planeta ESTARIA JÁ REGENERADO. Pode me orientar ?
Grato
Elcio

José Alencastro disse...

Elbio, a resposta é clara e cristalina e não cabem "torções" interpretativas: A Terra será um mundo regenerado por volta de 2057, ou seja, antes disso ela não estará regenerada.

É simples, não cabe qualquer outra interpretação do que está escrito ai, inclusive supor que essa data poderia ser 2019.

Abraço

Monique disse...

Olá josé! Sempre leio seus posts e adquiri os dois livros A Bíblia no 3° Milênio e Brasil o lírio das Américas. Sou uma pessoa que pesquisa muito antes de ter uma interpretação superficial e questiono qualquer circunstancia das nossas ações, porém antes que ocorra o grande desencarne um 2036, tenho esperança que ocorra algo de grande proporção para as pessoas que não conseguem mudar sua alma facilmente. Sempre estudo seus livros, mas sou péssima nas interpretações astrológicas rsrs. Uma ressalva quanto ao filme 2019, acho que algumas pessoas (ufólogos) que eles entrevistaram eram mais para chamar a atenção de um publico diferente, causar um impacto as pessoas mais sensíveis. Bom trabalho!