3 de jan de 2013

Por que a Nova Era ainda não começou? (Parte I) - A Lógica e a Razão na Comunicação dos Espíritos

Universo em luz

O nobre codificador, Allan Kardec, esclareceu:


"A fé necessita de uma base, e essa base é a perfeita compreensão daquilo em que se deve crer. Para crer, não basta ver, é necessário compreender." (Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo 19, item 7).

"A verdadeira convicçãose adquire pelo estudo, pela reflexão e por uma observação contínua" (Discurso na Sociedade Parisiense 5/4/1861)

Fé inabalável é somente aquela que pode encarar de frente a razão, em todas as épocas da humanidade” (Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo 19, item 7).

“Nada examinando, a fé cega aceita, sem verificação, assim o verdadeiro como o falso, e a cada passo se choca com a evidência e a razão. Levada ao excesso, produz o fanatismo” (Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo 19, item 7).

Toda a experiência espiritual ou mediúnica é, sem dúvida, uma experiência de fé, de emoções e sentimentos que permitem à pessoa que vivencia tal experiência uma conexão com algo que transcende a matéria. Entretanto, o nobre codificador esclareceu que não basta apenas vivenciar tal experiência de fé espiritual, juntamente com o emocional ou sentimental; ele esclareceu que é necessário refletir, observar, examinar, comparar e acima de tudo passar pelo crivo da razão tal experiência para assim concluir se tal experiência foi fruto da imaginação, se foi obra de espíritos zombeteiros ou mal intencionados ou se realmente foi um contato com alguma entidade de elevado valor moral.

Kardec ensinou o método para realizar tal análise, em minúcias, no O Livro dos Médiuns, como por exemplo, os mecanismos para identificar se o espírito manifestante é realmente um espírito bom ou se apenas se manifesta com disfarces ou máscaras. Ensinou como analisar uma comunicação mediúnica, identificado indícios da presença, ou não, de espíritos mal intencionados.

O ano de 2012, em especial, foi recheado de médiuns e canalizadores que não observaram esses preceitos elementares do nobre codificador. Algumas mensagens que qualquer aluno aplicado de uma escola mediúnica identificaria como obra de espíritos gozadores se multiplicaram na internet; mensagens ignorando os mais elementares postulados da física e da astronomia da mesma forma ganharam a grande rede, em parte pela invigilância de quem não analisou o que escreveu ou “recebeu” espiritualmente, em parte pela invigilância de quem leu e aceitou sem passar pelo crivo da razão e da comparação.

A experiência espiritual, seja de quem vivencia ou de quem lê ou estuda, deve ser fruto do equilíbrio entre a razão e a emoção

Não basta apenas sentir que algo “parece” bom, iluminado ou do bem, é preciso comparar, auscultar, observar se existe lógica em determinado relato.

Inclusive o nobre codificador, no capítulo 24 do Livro dos Médiuns, itens 260 e 261 esclarece que existem espíritos tão especializados em embustes, que conseguem não apenas falsificar assinaturas em mensagens como ainda imitar com perfeição o jeito, o modo de falar e os tiques de determinado espírito de quilate elevado que seja conhecido do grande público. Kardec assim esclarece:

"Pode-se também colocar entre as provas de identidade a semelhança de caligrafia e de assinatura. Mas além de não ser dado a todos os médiuns obter esse resultado, ele nem sempre representa uma garantia suficiente. Há falsários no mundo dos Espíritos, como no nosso. Certamente se dirá que se um Espírito pode imitar uma assinatura, pode também imitar a linguagem. É verdade. Temos visto os que tomam afrontosamente o nome do Cristo e para melhor enganar imitam o estilo evangélico excedendo-se nas expressões mais conhecidas: Em verdade vos digo."   

Portanto não basta apenas se emocionar com o que se vê ou o que parece ser, é preciso analisar também o que é dito, relatado, escrito e assim comparar todas as informações para que se observe se existe lógica nas mesmas. 

Um nobre espírito desencarnado conhecido, por exemplo, diria em uma comunicação mediúnica algo totalmente diferente daquilo que disse quando em vida? Certamente que não. Portanto, é preciso que a fé, a experiência emocional, sentimental e espiritual passe sempre pelo crivo da razão, da comparação, da análise minuciosa antes que seja admitida como uma experiência fidedigna.

O próprio Kardec levou esse método ao extremo na elaboração da Codificação. Ao juntar as comunicações recebidas através de diversos médiuns que atuaram no processo de elaboração dos cinco livros da Codificação, ele simplesmente descartou 90% das comunicações mediúnicas, foram aproveitados apenas 10%. Já naquela época, Kardec sabia que não bastava uma mensagem que falasse muito de amor, mas que em algumas linhas no meio de belas palavras apresentasse argumentos ou teorias estranhas, ele também sabia que muitos espíritos se apresentavam com aparência boa, doce e nobre, mas com más intenções por trás de uma boa aparência ou de uma aparente boa retórica.

Uma mensagem, uma palestra, um livro,  devem ser analisados como um todo, linha por linha, palavra por palavra, pois muitas vezes pequenos sofismas são propositalmente colocados no meio de belos e nobres ensinamentos e o médium, se não estiver suficientemente vigilante, certamente será presa fácil de espíritos especialistas nesse tipo de fascinação.

Os mecanismos de obsessão atualmente também evoluíram; o preocupante não é o espírito grosseiro ou raivoso que se manifesta em uma mesa mediúnica mas sim o ardiloso que se esconde numa voz mansa, suave e procura utilizar muitas frases sobre amor e evolução e coloca no meio destas, de forma consciente, certas idéias estranhas ou até mesmo mensagens subliminares através de pequenos "comandos" escritos ou falado que muitas pessoas sequer percebem.

Nos itens 261 e 267 do mesmo capítulo do Livro dos Médiuns, Kardec resume de forma brilhante como identificar um espírito embusteiro. Seguem alguns trechos:

"Deve persuadir-se de que os Espíritos perversos são capazes de todas as trapaças e de que, quanto mais elevado for o nome usado, mais desconfiança deve provocar. Quantos médiuns têm recebido comunicações apócrifas assinadas por Jesus, Maria ou algum santo venerado!" (item 261)

“A bondade e a afabilidade são também atributos essenciais dos Espíritos depurados. Eles não alimentam ódio nem para com os homens nem para com os demais Espíritos. Lamentam as fraquezas e criticam os erros, mas sempre com moderação, sem amarguras nem animosidades.” (item 264)

Espada sagrada

 “Por mais legítima confiança que vos inspirem os Espíritos dirigentes de vossos trabalhos, há uma recomendação que nunca seria demais repetir e que deveis ter sempre em mente aos vos entregar aos estudos: a de pensar e analisar, submetendo ao mais rigoroso controle da razão todas as comunicações que receberdes; a de não negligenciar, desde que algo vos pareça suspeito, duvidoso ou obscuro, de pedir as explicações necessárias para formar a vossa opinião”.(item 266)

“Não devemos julgar os Espíritos pelo aspecto formal e a correção do seu estilo, mas sondar-lhes o íntimo, analisar suas palavras, pesá-las friamente, maduramente e sem prevenção. Toda falta de lógica, de razão e de prudência não pode deixar dúvida quanto à sua origem, qualquer que seja o nome de que o Espírito se enfeite.” (item 267)

"Toda heresia científica notória, todo princípio que choque o bom senso revela a fraude" (item 267, subitem 7)

Comentário: Como já explicado no blog, a teoria de que o sistema solar orbita Alcyone é uma verdadeira heresia científica. O texto falando sobre isso está nesse link aqui (a partir do meio do texto): AQUI 

"Os Espíritos bons podem fazer-nos pressentir as coisas futuras, quando esse conhecimento for útil, mas jamais precisam as datas. Todo anúncio de acontecimento para uma época certa é indício de mistificação." (item 267)

Comentário: Quantos espíritos se manifestaram para canalizadores e médiuns nos últimos 2, 3 anos falando em grandes mudanças para o dia 21 de dezembro de 2012 e nada aconteceu, nem apocalipse, nem mudança de Era, nem ascensão para outra dimensão ou plano. É importante citar esse item, pois o próprio blog Profecias o Ápice em 2036 divulga uma data exata para o auge dos eventos da transição planetária: 24 de abril de 2036, mas essa data é fruto de uma comparação de diversas profecias, de profetas que já mostraram o seu valor ao acertar predições de eventos, ou seja, é fruto de um estudo comparativo e metódico que chegou a um ponto específico, um foco comum que é esta data e não simplesmente uma mensagem ou canalização citando uma data qualquer no futuro sem sustentar-lhe em qualquer base comparativa ou racional.

Quem quiser conhecer mais o método que utilizo para o estudo das profecias, como forma de usar um filtro lógico e racional para as informações que tenho acesso, seja por pesquisa ou experiências espirituais, pode ver o link “A Arte de Estudar Profecias”:AQUI 

Que fique bem claro como exposto no link acima: essa data é obra de um amplo estudo comparativo, com método lógico e racional e não fruto de uma mensagem ou canalização de um espírito.

Uma coisa é um espírito se manifestar, “soltar” uma data para o apocalipse, nova era ou qualquer outro mega evento sem qualquer base lógica e racional, outra coisa é encontrar uma data, baseada em um método comparativo que cria um foco comum para as profecias dos profetas mais confiáveis do mundo.

Kardec inclusive, no próprio O Livros dos Médiuns, item 289, subitem 8 mostra que é possível receber informações sobre acontecimentos futuros (algo perfeitamente plausível, visto que o próprio Jesus falou sobre o futuro, em detalhes, no sermão profético, vaticinando enormes eventos naturais):

"Às vezes, entretanto, alguns acontecimentos futuros não são anunciados espontaneamente pelos Espíritos de maneira verídica?

-- Pode acontecer que o Espírito preveja coisas que considera conveniente dar a conhecer ou que tenha por missão revelar-vos. Mas é nesses casos que mais devemos temer os espíritos mistificadores, que se divertem fazendo predições. É somente pelo conjunto das circunstâncias que podemos julgar o grau de confiança que elas merecem

Comentário: Ou seja, qualquer profecia que não possua uma base lógica e racional, que não esteja em sintonia com profecias de profetas que já acertaram outros vaticínios deve ser simplesmente descartada. Alguém profetizar algo ou acreditar em alguma profecia apenas baseado em um calendário ou em uma heresia científica, renegando todas as profecias mais confiáveis do mundo, inclusive as do Mestre Jesus, certamente é alguém que estará incorrendo em grande equívoco no estudo das profecias. 

Um recente texto da fanpage complementa as informações aqui trazidas: AQUI 

É também importante analisar com ampla reflexão os próprios relatos proféticos de Kardec, sobretudo na Gênese, sobre como ocorreria a mudança de Era. Infelizmente ainda existem espíritas que acreditam que as mudanças serão suaves, sem enormes cataclismos apocalípticos, como se os vaticínios do Rabi da Galiléia fossem meras lendas.



A GÊNESE , KARDEC E O APOCALIPSE


Alinhamento terra, sol e lua

A Terra, no dizer dos Espíritos, não terá de transformar-se por meio de um cataclismo que aniquile de súbito uma geração. A atual desaparecerá gradualmente e a nova lhe sucederá do mesmo modo, sem que haja mudança alguma na ordem natural das coisas.” (A Gênese” de Allan Kardec, capítulo 18, item 27)

Essa é uma das minhas passagens prediletas, pois é muito utilizada por alguns “doutores da lei” espíritas para argumentar que não teremos as grandes mudanças vaticinadas no Apocalipse. Mas ora, se o cidadão é espírita e tem como maior exemplo a seguir o Mestre Jesus, justamente por ser espírita, como que ele vai desacreditar os relatos que foram trazidos pelo próprio Messias, no sermão profético?? Será que estes espíritas não sabem que no sermão profético, contido nos 4 evangelhos amplamente estudados pela Codificação, está justamente o relato de intensas mudanças de ordem natural?

Como espírita praticante e leitor das obras da doutrina desde os meus 7 anos de idade, além de profundo estudioso a quase 10 anos das escrituras, com maior enfoque no estudo das profecias, me vejo na obrigação de esclarecer essa questão, até hoje entendida de forma equivocada por muitos espíritas.

Pra começarmos a entender a questão, é preciso compreender que a obra “A Gênese” possui uma diferença com relação às demais obras básicas do Espiritismo: em muitos dos seus textos existem teorias ainda hipotéticas, fruto da opinião pessoal do codificador e não da doutrina espírita, sendo que muitas dessas idéias foram esboçadas na Revista Espírita na época de Kardec. O nobre codificador esclarece isso logo na introdução da obra:

Os mesmos escrúpulos havendo presidido à redação das nossas outras obras, pudemos, com toda verdade, dizê-las: segundo o Espiritismo, porque estávamos certo da conformidade delas com o ensino geral dos Espíritos. O mesmo sucede com esta, que podemos, por motivos semelhantes, apresentar como complemento das que a precederam, com exceção, todavia, de algumas teorias ainda hipotéticas, que tivemos o cuidado de indicar como tais e que devem ser consideradas simples opiniões pessoais, enquanto não forem confirmadas ou contraditadas, a fim de que não pese sobre a doutrina a responsabilidade delas. (1)

Aliás, os leitores assíduos da Revue hão tido ensejo de notar, sem dúvida, em forma de esboços, a maioria das idéias desenvolvidas aqui nesta obra, conforme o fizemos, com relação às anteriores. A Revue, muita vez, representa para nós um terreno de ensaio, destinado a sondar a opinião dos homens e dos Espíritos sobre alguns princípios, antes de os admitir como partes constitutivas da doutrina.” (1) Nota da Editora: Ao leitor cabe, pois, durante a leitura desta obra, distinguir a parte apresentada como complementar da Doutrina, daquela que o próprio Autor considera hipotética e pessoalmente dele.

Portanto, pra início de análise, já partimos do pressuposto de que nem tudo que foi dito no livro “A Gênese” pertence à Doutrina Espírita, mas sim a algumas opiniões pessoais do nobre codificador como ele próprio esclareceu na introdução da obra.

Chegando ao capítulo 18 onde se encontra a famosa frase utilizada por muitos defensores de uma mudança de Era sem grandes eventos cataclísmicos, o próprio codificador esclarece ao final do item 10:

“Anunciando a época de renovação que se havia de abrir para a Humanidade e determinar o fim do velho mundo, a Jesus, pois, foi lícito dizer que ela se assinalaria por fenômenos extraordinários, tremores de terra, flagelos diversos, sinais no céu, que mais não são do que meteoros, sem abrogação das leis naturais.” 

Ou seja, está claro e evidente que “A Gênese” acha lícita as profecias de Jesus, falando inclusive sobre meteoros (olha o Apophis aí gente). Então, como que nos mesmo capítulo, poucos itens depois, é dito que as mudanças serão sem cataclismos? Posso apenas supor, utilizando-me da razão, que a opinião do item 27 seja uma opinião pessoal de Kardec e não da doutrina, pois a Doutrina Espírita, como exposto no item 10, concorda com as predições de Jesus sobre cataclismos para a mudança de Era.

Mas vamos analisar as palavras do nobre codificador, que ao que parece são opiniões pessoais que ele manifestou na obra, pelo menos na segunda frase abaixo:

“A Terra, no dizer dos Espíritos, não terá de transformar-se por meio de um cataclismo que aniquile de súbito uma geração.”

Concordo com essa opinião, pois “aniquilar subitamente uma geração” seria destruir por inteiro (eis o significado de aniquilar) toda a coletividade humana, ou reduzi-la a níveis ínfimos, algo que Jesus também deixou claro que não irá acontecer, segundo consta no sermão profético do evangelho de Mateus, capitulo 24, quando ele fala que metade da população mundial irá desencarnar no auge dos eventos, algo bem distante de uma aniquilação, pois ainda sobreviverão bilhões de pessoas encarnadas.  

A atual desaparecerá gradualmente e a nova lhe sucederá do mesmo modo, sem que haja mudança alguma na ordem natural das coisas.”

A Gênese foi escrita antes de 1900, ou seja, a mais de 120 anos e a frase acima diz respeito à geração daquela época, sem que obviamente devesse haver qualquer mudança radical na ordem natural das coisas, até porque o auge do Apocalipse foi previsto por Jesus para bem depois daquela geração, ao citar a profecia dos 70 períodos de Daniel no sermão profético, profecia essa que se iniciou em 1967 e termina em 2036.

A frase está plenamente correta, pois não se refere à geração que vivenciará o auge do Apocalipse (em boa parte a atual), mas sim a geração que vivenciou a época de Kardec.

Esses erros de interpretação infelizmente ainda são muito comuns entre alguns confrades espíritas, da mesma forma que a famosa passagem de Mateus 24:36 é utilizada por muitos cristãos pra dizer que é impossível que o dia e a hora exatos do auge dos eventos sejam descobertos, pois repetem a frase dita por Jesus nesse versículo:

“O dia e a hora ninguém sabe, só o Pai que está nos céus”.

Jesus e sua túnica

Ora, Jesus não mentiu, falou a verdade, só que ele disse isso há quase dois mil anos no sermão profético, em momento algum ele disse que no futuro alguém não poderia saber...reparem, ele usou o verbo no presente (ninguém sabe) mas não disse que no futuro ninguém viria a saber, tanto que ele próprio, após proferir essas palavras e depois desencarnar, voltou para trazer a revelação (apocalipse) à João, a revelação exata do dia e hora dos eventos.

Portanto, é importante que os amigos espíritas, católicos, protestantes e neopentecostais se atenham a uma interpretação mais ampla dos textos, pois é uma simples questão elementar de interpretação de texto, independente da crença ou fé de cada um, até porque a lógica interpretativa independe da fé da pessoa, depende apenas do seu bom senso em seguir as normas elementares da Língua Portuguesa.

Inclusive um dos temas principais do capítulo 18 da Gênese, a revolução moral, é tratada por Kardec em outro texto que publiquei há muito tempo no blog chamado de “A profecia de Kardec para 2036”: AQUI 

Nesse texto Kardec diz que a incredulidade no Espiritismo será aniquilada em duas ou três gerações, considerando quando o texto foi escrito (questão 798 do Livro dos Espíritos), a época em que essa terceira geração findaria é exatamente em 2036.

Novamente fica o lembrete, a espíritas e espiritualistas: estudem com mais cuidado, com maior comparação e com relação aos temas proféticos nunca deixem de lembrar as sábias palavras do Rabi da Galiléia no sermão profético e no Apocalipse

Nessas palavras está o cronograma de todas as mudanças até que se inicie uma Nova Era, após 2036, palavras que devem servir sempre de base comparativa em relação a mensagens de médiuns e canalizadores, sobretudo àqueles que defendem auge do Apocalipse ou início de uma nova era ao final de 2012 e dessa forma incorrem em grande erro justamente por não observarem as palavras do Mestre Jesus como deveriam.    

No segundo post dessa série de 3 textos, veremos o que os nobres mentores de Chico e Divaldo falaram sobre o período (anos 50 do terceiro milênio) que se iniciará a nova era.

Parte II: AQUI


Fanpage Profecias o Ápice em 2036 no Facebook:
http://www.facebook.com/josemaria.alencastro2036  


23 comentários:

Cabo Julião disse...

Como se diz em minha terra: botou pra lascar!

Abs,

Danton

José Alencastro disse...

Pois é Danton, Kardec é sempre atual, o sentido progressista do seu trabalho atrelado a busca constante do bom senso e da razão no contato com a espiritualidade são lições que precisam ser lembradas com mais frequencia. Abraço

Perceptível Oculto disse...

José, já que no texto se fala sobre mensagens vindas do além e do cuidado que devemos ter com elas no sentido de analiza-las meticulosamente, lembrei de algo que sempre sinto ao ler textos e mensagens de arcanjos, eu nao consigo lê-las de mente totalmente aberta, sempre fico com um pé atras...

Já li e ouvi depoimento de pessoas que falam da dificuldade que há em captar e materializar em palavras os pensamentos de uma entidade de elevada estirpe, pois isso demanda uma sintonia muito boa, equilibrio e bastante treino com o espirito comunicante. É preciso uma espécie de parceria entre o medium e o espirito que vai sendo apurada durante um bom tempo, talvez até seculos. Entendo que o canal encarnado necessita elevar sua vibraçao da melhor forma possivel para que a "descida" do espirito nao seja tao ardua facilitando a transmissao das ideias.

Pululam por ai inumeras mensagens de arcajos, seres de evoluçao muito acima da nossa e parece tao facil recebe-las... Nao to dizendo que seja impossivel, nem colocando todos os textos ditos canalizados como falsos, mas nossa humanidade é tao desequilibrada, penso que poucos, muitos poucos teriam o equilibrio necessario pra uma comunicaçao constante com espiritos de elevadissimo grau evolutivo. Pelo que ja li e entendi, parece que só Jesus conseguiu transmitir os pensamentos do Cristo Planetario de forma cristalina e isso prq o proprio Rabi já possuia e possui um nivel de evolução bem avançado pra nossa humanidade.

Outra coisa que não consigo digerir em mensagens como estas é a contínua utilizaçao de termos complexos, muitas vezes confundem mais do que esclarecem, o que acaba deixando a mensagem sem sentido. Sem falar na questao que vc ja colocou no tocante a "entrada da Era de Luz ou Nova Era", da elevaçao da 3ª para a 5ª dimensao, etc...

Gostaria de ler seu ponto de vista a respeito dessa "facilidade" em receber mensagens de arcanjos, e por que o proprio Cristo Planetario nunca se manifesta nessas canalizaçoes? Eu pelo menos nunca li nada a respeito ou nao liguei o nome a "pessoa".

Maria Raquel disse...

eu confio sempre na minha intuição para saber sobre a veracidade das comunicações mas é sempre muito difícil e nunca totalmente certo

José Alencastro disse...

Isso é normal Maria Raquel, normalmente a mulher vivencia a experiencia espiritual muito mais pela via emocional e sentimental e muitas vezes acaba confiando demais naquilo que sentiu e se esquece de colocar as informações e sensações recebidas para comparação lógica e racional , para que assim toda a informação seja analisada. Podemos reparar que nos ultimos anos existem cada vez menos médiuns inconscientes (aqueles que dão passagem total ao espirito e nada ou quase nada lembram apos a manifestação ) e cada vez mais médiuns conscientes, sobretudo o número de experiencias astrais tem aumentado, justamente para que os médiuns comecem a treinar esse lado de pesquisa e comparação , buscando compreender racionalmente aquilo que vivenciaram pela via emocional ou sentimental durante a experiencia espiritual.

José Alencastro disse...

É uma questão excelente Perceptivel Oculto e voce foi direto ao ponto: falta de humildade, desejo por confetes e holofotes. Jesus, assim como outros espiritos ligados a doutrina espirita, entre eles Bezerra de Menezes e Chico Xavier ja se manifestaram e se manifestam para diversos médiuns, seja por meio da psicografia ou psicofonia, mas JAMAIS deixam ou assinam o proprio nome, se manifestam SEMPRE no anonimato.

Outra questão interessante: ninguem recebe mensagem de Arcanjo, pois arcanjos são seres de evolução semelhante ao cristo planetario, não possuem nem mais perispirito e muito menos a forma humana.

Quando um medium encarnado vai escrever uma mensagem de um espirito evoluido, normalmente ocorre toda uma preparação energetica sobre o medium, normalmente na noite anterior durante o sono ele recebe instruções diretas do espirito, para que o conteudo fique armazenado no inconsciente e depois, quando encarnado, ele possa acessar esse conteudo, normalmente com a ajuda de um espirito que seja mais proximo dele energeticamente e possa fazer a "ponte" entre a vibração do mentor e o médium.

Jesus quando tornou-se medium do Cristo Planetário nos anos finais da sua missão antes do desencarne, concluiu um processo de preparação que durou séculos no astral e vários anos no físico, veja bem, estamos falando de uma entidade angelica evoluidissima (Jesus) que mesmo assim teve de se preparar por longos anos encarnado para que pudesse verbalizar o pensamento do Cristo Planetario (uma entidade arcangelica).

Tem dois textos no blog que eu comento uma famosa canalização do Ashtar Sheran, que na verdade foi uma canalização de um mago negro matreiro se fazendo passar pelo líder da frota de naves astrais que ajudam os guardioes na Terra. Eu sempre desconfio de mensagens com muito "neón", supostos "mestres" fosforecentes, muito oba oba, muitas palavras melosas e muito pouca informação aproveitavel. Bons espiritos se apresentam de forma simples, sem alarde, sao suscintos, resumem, vão direto ao ponto, apresentam textos que primam pela simplicidade pois querem esclarecer e não complicar e acima de tudo, JAMAIS compactuam com heresias cientificas. Por isso o nobre codificador afirmou que nao bastava VER é preciso compreender e para se compreender algo é preciso se racionalizar sobre a experiencia emocional que se vivenciou.

No dia que todos os mediuns e canalizadores agirem assim, tadinhos dos magos negros e seus asseclas, pois não terão mais a quem enganar. Abraço

Edde Wagner disse...

Não vejo a hora de ler a continuação!

Perceptível Oculto disse...

Chega a ser um pouco cômico aquele texto que desmascara o mago negro. Li as duas postagens que vc indicou e achei muito interessante e incrivel.

Abraçao!

José Alencastro disse...

Que bom Perceptivel Oculto. Eu encontrei um outro texto publicado no blog, que inclusive cita esses dois textos que analisam uma falsa canalização. É bem interessante pois analisa tambem a questão dos chamados mestres ascensos: http://profeciasoapiceem2036.blogspot.com.br/2011/12/como-reconhecer-uma-fascinacao.html

Abraço

José Alencastro disse...

Daqui a mais ou menos uns 5 dias estará no blog Edde , abraço

João Inácio disse...

Não vejo a hora de ler a segunda (e as outras partes). Abrs!

João Inácio disse...

Olá Zé, blz?

Como não uso facebook vou comentar aqui. Acabei de ler sobre o primeiro exílio que ocorre hj com a passagem do Apophis. Refletindo sobre o que tu escreveste, trago algumas informações interessantes (creio eu).

Nos próximos 15 dias, quase todo o Brasil, exceto os estados do Sul, Mato Grosso do Sul e parte do Nordeste devem ter episódios extremos de chuva. A Metsul Meteorologia prevê que ocorram deslizamentos de terra e inundações...

A Austrália vive há dez dias um episódio ímpar de calor em toda a sua história. Tanto que os meteorologistas locais tiveram que criar duas novas cores, rosa e roxo, para indicar nos mapas as temperaturas que farão no interior do país, respectivamente, 50ºC e inacreditáveis temperaturas acima de 54ºC. O Governo australiano está em alerta pois imensos incêndios já estão ocorrendo nas cercanias de duas das maiores cidades australianas, Sidney e Melbourne, mas o Ministério da Saúde de lá está preocupado mesmo com uma possível onde de mortes causadas pelo calor e não apenas pelos incêndios.

E, para finalizar, tb nos próximos 15 dias a Europa deve ser castigada por temperaturas negativas extremas e intermitentes....

Se a gente procurar mais alguma informação, com certeza vai encontrar mais notícias assombrosas de eventos naturais para os próximos 15 a 20 dias no mundo. Dá o que pensar...

Um grande abraço!

José Alencastro disse...

Muito interessante essa pesquisa João Inácio,é algo que confirma uma especie de atividade incomum por todo o globo. O que eu reparei, olhando o painel global ontem e hoje foi a impressionante atividade sísmica ocorrida entre o dia 8 e dia 9 (período de aproximação maior até as 22horas do dia 9 de janeiro, quando o Apophis chegará no ponto mais próximo da Terra). Foram incríveis 12 sismos entre 5 - 5.8, além de uma atividade incomum hoje de vários terremotos na Dorsal Carlsberg. Nos próximos dias será possível observar melhor de que forma esses eventos no astral afetarão energeticamente o físico do planeta. Abraço

Alexandre T disse...

Caro José, hoje, 10/01/2013, saiu notícia no site da BAND e principalmente no "Jornal da Band"(TV Bandeirantes)sobre o Apophis! Falam sobre o significado do nome e que ele é maior do que pensavam(!), e que vai passar agora, em 2013, além de 2029 e 2036. Mas, para minha surpresa, disseram (ou afirmaram) que é "altamente improvável"(!) sua colisão com a Terra. Acho que estão "um pouquinho" enganados, não? Será que vão acreditar nisso até a "última hora", até ser tarde demais??? Será que Nostradamus, por exemplo, viu isso ao escrever: "quando o sol ficar completamente eclipsado;
O monstro será visto em pleno dia;
mas o interpretarão de outra forma;
Não serão tomados cuidados: ninguém irá prevê-lo" ???

Edde Wagner disse...

As questões e dúvidas do Perceptível Oculto foram as mesmas que as minhas já a um certo tempo.
Já ia até perguntar!
Outra coisa...Vi um vídeo há muito tempo, que não encontro mais no Youtube, claro, de um homem que se dizia ter trabalhado para a 'Elite', que comentava que Ashtar Sheran era uma fraude criada por este grupo.
Sabe de algo, José Maria?

José Alencastro disse...

Olá Edde, é natural que existam muitas pessoas acreditando que Ashtar Sheran, assim como os senhores dos raios (muito associados aos mestres ascensos) sejam farsas, visto que muitas canalizações bem duvidosas se espalharam pela net utilizando o nome dessas entidades, quando em verdade muitas dessas comunicações foram de magos negros fanfarrões se fazendo passarem por mestres. Os médiuns e os canalizadores precisam compreender que os espiritos do bem, seja do comando Ashtar ou ligados aos mestres dos raios não se importam com nomes, não aparecem envoltos de neon e luzes pisca-pisca, não se preocupam em dizer de que planeta ou constelação são e muito menos se preocupam em dizer que o medium ou canalizador é do planeta tal ou da estrela tal, os bons espiritos aparecem de forma simples, dão o recado resumido, de facil compreensao, com informações relevantes. O comando Ashtar ou frota intergalatica existe e atua na Terra a muito tempo, desde os idos da Atlantida, o problema esta na fantasia de alguns canalizadores e muitas vezes na invigilancia de alguns, que no afã por informações "especiais" acabam dando brecha para a manifestação de espiritos duvidosos, que se manifestam como "rei do planeta tal", comandante da frota estelar tal, é preciso bom senso e estudo aprofundado do Livro dos Médiuns para que canalizadores e mediuns estejam atentos sobre como realizar um contato espiritual mais seguro e menos suscetivel a fantasias e imaginaçoes pessoais. Abraço

José Alencastro disse...

Pois é Alexandre, eu ja venho postando algumas informações a respeito do Apophis, sobretudo ligadas ao que sai no noticiario das agencias russa e europeia e pelo visto eles pensam um pouco diferente dos americanos. Mesmo com um certo otimismo por parte dos yankes (falando que a chance de queda é de ' em 250 mil, mesmo assim uma chance maior do que acertar na quadra da mega sena com um unico cartão)eles proprios começaram perceber algumas coisas curiosas nessa passagem visivel que ocorreu no dia 9, ainda assim bem distante da Terra. Notaram que o Apophis é maior e mais massivo do que imaginavam (acreditam que ele possui mais de 300 metros de diametro) e um dos cientistas comentou algo curioso que passou meio desapercebido: de que na primeira passagem proxima, em 2029, ele deve mudar a posição do eixo da Terra, ou seja, pra realizar tal ação o asteroide teria de influencia a magnetosfera terrestre e isso apenas seria possivel se ele fosse um asteroide altamente ferroso...é ai que a coisa começa a ficar interessante, pois alguns cientistas russos já especulavam tal possibilidade a dois anos, dizendo inclusive que independentemente de entrar ou nao no "keyhole" em 2029, o asteroide entraria em ressonancia com a Terra em virtude do seu peso e sua aproximaçao em 2029 e cairia em 2036, mas isso so seria explicavel em uma asteroide altamente ferroso, que seria atraido a essa distancia pela magnetosfera terrestre mudando de orbita. O problema é que um asteroide desse tamanho e massa se for realmente em essencia um asteroide ferroso, o impacto da sua queda será muito maior do que está sendo estipulado até hoje. Ainda tem muita informação que virá a tona, as agencias europeia e russa , alem da chinesa, tem planos para analisar o asteroide mais de perto e por certo nao fariam isso se as chances de queda fossem tao pequenas como atualmente a NASA estipula. Aguardemos....

philip haag disse...

"e um dos cientistas comentou algo curioso que passou meio desapercebido: de que na primeira passagem proxima, em 2029, ele deve mudar a posição do eixo da Terra, ou seja, pra realizar tal ação o asteroide teria de influencia a magnetosfera terrestre e isso apenas seria possivel se ele fosse um asteroide altamente ferroso"

alencastro, vc poderia disponiblizar o link com essa reportagem? grato

José Alencastro disse...

Eis a matéria: http://www.estadao.com.br/noticias/geral,asteroide-de-300m-de-largura-passa-perto-da-terra,982690,0.htm

Junior Flash disse...

Olá José. Há muita coisa na internet sobre Ashtar Sheran e acho que a maioria desses conteúdos diz muitas mentiras. Eu já li que Ashtar tem origem angélica, ou seja, já foi destinado a perfeição desde sua criação, há pessoas dizendo (inclusive algumas que tem muitos livros "psicografados") que a frota de naves viu o nosso planeta se formar e também além de Ashtar Sheran falam muito de Shtareer e as 22 delegações estelares que há mais de 20 milhões de anos exisitiu uma guerra estelar de grande proporções, etc. e nisso dão muitos nomes a planetas, constelações e de muitas entidades com difícil pronúncia, ou seja, acho que enfeitam demais, enchem linguiça pra falar a verdade. Há também relatos de que as naves do comando Ashtar vão salvar muitas pessoas na hora crítica das transição, enfim, há muita coisa.
Gostaria de saber sua opinião sobre isso e se puder, dizer qual a real missão do comando Ashtar (Pelo que li aqui no blog ele irá levar os exilados até a Lua, mas não sei se há mais coisas).

Ah, também dizem que Ashtar é o mesmo que o Arcanjo Miguel. Mas segundo consta nos livros de Robson Pinheiro, Miguel é o Príncipe dos Exércitos Celestes certo? E que ajudou muito na batalha contra os dragões, então o Miguel que os livros de Robson nos relatam, este sim, seria o Arcanjo Miguel não é?

Obrigado mais uma vez José.

Abraço.

José Alencastro disse...

Olá Júnior. Todos os espiritos foram criados por Deus e todos da mesmíssima forma: nascem simples e ignorantes, com o gèrmen divino que irá ajudar no processo evolutivo, até que um dia vibrem em plena harmonia com essa essencia divina. Portanto, não existem criações " a parte", ninguem é criado perfeito ou já em nível angelico, essas são ideias que infelizmente muitos mediuns e canalizadores trazem em virtude de forte formação religiosa que receberam desde a infancia, pois muitas teologias ensinam sobre "anjos caídos" e seres criados de forma especial na criação.

Existem milhares de frotas espaciais na via latea, uma delas, responsavel por auxiliar a Terra no seu processo evolutivo e que possui membros de várias estrelas e planetas dentro e próximas do nosso sistema solar, é a frota de Ashtar, que é um espírito angélico e não arcangelico, portanto não pode ser arcanjo Miguel. Infelizmente muitos mediuns ainda confundem anjos com arcanjos, assim como confundem Jesus com o Cristo Planetario. Miguel, o líder dos guardioes na Terra, é uma alma angelica ligada ao arcanjo Miguel, entidade que nao possui mais aparencia humana, imaginar o arcanjo Miguel como um homem de espada na mão é o mesmo que tentar imaginar Deus na figura humana de Jesus.

A atividade do comando Ashtar na Terra remonta a aproximadamente 1 milhão de anos, quando da vinda dos dragões (morgs) exilados pra ca, segundo consta na obra do Feraudy.

Quanto a eventos de 20 milhoes de anos, guerras entre confederaçoes e planetas, isso tudo me parece muito mais uma mistura de lendas biblicas criadas como a de Lúcifer com historias do tipo Guerras nas Estrelas. Abraço

Rafael Frigori disse...

Olá Alencastro. Favor publicar o comentário porque é de utilidade pública!

Apesar desse alerta do Apophis tem-se de publicar as coisas como elas são e não com alarmismos descabidos como a imprensa nacional tem feito, cometendo até erros de tradução horríveis!

Olha só o que diz a frase original (http://www.bbc.co.uk/news/science-environment-20961003): "In 2029, it will pass so close to us that Earth's gravity will change its orbit" que fala claramente sobre mudança na órbita DO ASTEROIDE e não da Terra ... por outro lado, o reporter brasileiro traduziu como (http://www.estadao.com.br/noticias/geral,asteroide-de-300m-de-largura-passa-perto-da-terra,982690,0.htm): "Em 2029, o asteroide passará tão perto de nós que mudará a órbita do centro de gravidade da Terra".

ITS = asteroide e NĀO Terra.

Abraço, Rafael

José Alencastro disse...

Ué, se vai mudar a órbita do asteroide como que os americans garantem que ele nao vai bater aqui em 2036? Eles tambem viraram profetas? eheehehe

Abraço