29 de mar de 2016

Ação dos Guardiões no Mundo – O Desespero das Trevas: As Recentes Missões dos Guardiões pelo Mundo




Nos dias 23 e 24 de março (há menos de uma semana) vivenciei duas experiências projetivas bem intensas, que estão intimamente ligadas com o atual cenário político brasileiro e também com as transformações políticas e sociais na América do Sul e central, descritas nos livros “Brasil o Lírio das Américas” e complementadas no livro “Armagedoom 2036”.

Para aqueles que ainda não leram os dois livros ou não acompanham o blog há muito tempo, aconselho a leitura das 10 profecias certeiras feitas desde 2013 já apontando a queda do atual governo e o processo de transformações profundas no Brasil e Américas quando médium algum sequer cogitava que o populismo chegasse ao fim no Brasil e na América do Sul. Eis as 10 profecias:


As 7 profecias sobre a transformação do Brasil desde 2013:

As 3 profecias sobre a transformação do Brasil e o entendimento sobre o "homem do cavalo branco":

De forma bem simplificada, os dois livros apontaram para um cronograma estipulado até 2036 pelas equipes de guardiões que atuam a nível mundial, cronograma este que apontou o período de 2012 à final de 2017 como um tempo de profunda transformação no Brasil, América do Sul e Central com a queda dos governos populistas intimamente ligados às forças trevosas, exatamente o que vimos na Argentina e mais recentemente no Brasil, Venezuela, Bolívia, Guatemala e Cuba, todos eles sofrendo duros golpes nos projetos populistas.

O cumprimento destes relatos, desde 2013 até o dia hoje comprova a autenticidade do cronograma trazido pelos guardiões Anik e Jeremias, ou seja, que eles realmente atuam a nível mundial, realmente tem contato com as diretrizes do Grande Conselho e, acima de tudo, que o auge dos eventos será 2036.

Se alguém, médium ou não, disser que existe alguma outra data para o auge dos eventos (2018, 2019, 2080, 2300) que não seja 2036, pode ter certeza que não está de acordo com o único cronograma trazido pelos guardiões do mundo, cronograma que se encerra em 2036 e que já foi profetizado há mais de 2 mil anos (vide o estudo completo do Sermão Profético e a profecia dos 70 periodos de Daniel citada por Jesus descrito de forma completa no livro “Armagedoom 2036”)

Obviamente que a perda de poder traz raiva e desespero para as forças trevosas, pois os guardiões estão cumprindo exatamente o que foi programado para a América do Sul: os principais feudos umbralinos responsáveis pelo controle de grandes estruturas governamentais na região estão sendo destruídos um a um, o que não significa que focos de resistência deixem de existir da noite para o dia.

O primeiro deles, dentro desse cronograma, foi o feudo no complexo de Chichen Itzá, ao final de 2012, com o aprisionamento do mago negro Kukulkan (o relato completo está nos capítulos VII e VIII do livro “Brasil o Lírio das Américas), eis um pequeno trecho de como foi a batalha e de como o mago negro se apresentava:

“– Veja: a malta dos trevosos concentrou enorme defesa ao redor da pirâmide Kukulkan, tanto por terra como dezenas de naves protegendo a grande serpente.

– Precisamos imediatamente nos aproximar, faltam poucos segundos para o efeito do pulso energético chegar ao fim – bradou Jeremias ao grupo dentro da cabine.

No topo da pirâmide eu avistei uma gigantesca serpente verde e escura, rajada, com linhas vermelhas muito escuras e brilhantes e com os olhos totalmente brancos. Seu tamanho era descomunal, aparentava algo entre 80 a 100 metros entre as duas extremidades do seu corpo. Montado na serpente estava o mago das trevas que controlava aquela região, um gigante careca ligado a serpente por numerosos fios fluídicos, com o corpo robusto todo banhado em sangue, nu, vestido apenas uma capa escarlate com o capuz sobre as costas.

Envolta da serpente, terríveis flashes de luz vermelha e escura como o sangue eram emitidos com cenas de todos os sacrifícios sanguinolentos de crianças e pessoas que o povo daquela região ofertava “aos deuses”, em realidade ao próprio mago das trevas que controlava aquela região há tempos.         

Nos museus da América Central, como por exemplo, no Museo Del Templo Mayor no México é possível ter uma pálida idéia, a partir de quadros e pinturas, de como eram sangrentos esses sacrifícios humanos. Tais mortes forneciam vasto combustível ectoplasmático para o mago trevoso e para a serpente que ele havia construído mentalmente. Como o ectoplasma é uma substância branca e vaporosa semelhante em seu formato a uma nuvem, tal entidade ficou conhecida entre os povos da região como a serpente emplumada que na língua maia significa exatamente Kukulcan, nome que o próprio mago da escuridão ostentava.

No topo da pirâmide, conectado fluidicamente a serpente e ao mago das trevas, era possível perceber que o campo de força ou foco central da grande egrégora da “profecia 2012” estava cada vez mais fraco, pulsando cada vez mais lentamente e emitindo raios cada vez menos intensos. (Brasil - o Lírio das Américas, páginas 196 e 197)

Um novo 18 de maio para os antigos revolucionários franceses

Desde então, ao final de 2012, várias missões dos guardiões, obedecendo ao cronograma do Grande Conselho até 2036 e mais especificamente até o final de 2017 para a América do Sul e Central, foram realizadas, tendo por objetivo fortalecer o engajamento popular no combate a corrupção, ao fortalecimento da democracia e, sobretudo na queda de governos populistas (tudo isso está nos livros e relatado no blog nas 10 profecias citadas no início deste texto, isso desde 2013). Agora que estamos há menos de dois anos deste prazo se encerrar, o cumprimento de todo o cronograma trazido pelos guardiões Anik e Jeremias está muito claro e exato.


DEPARTAMENTO DE INTELIGÊNCIA DOS GUARDIÕES

Além deste cronograma, os guardiões Anik e Jeremias responsáveis pelas missões em solo brasileiro, trouxeram recentemente no livro “Armagedoom 2036” um detalhado relato sobre como, especificamente no Brasil, os magos negros estruturaram seu centro de poder, explicando que junto a milhões de antigos revolucionários franceses reencarnados em solo brasileiro, veio um grupo com atuação espiritual e também entre os encarnados, ligados aos antigos jacobinos da Revolução Francesa e aos bolcheviques da Revolução Russa e que atuam sobre os governos populistas da América do Sul, prioritariamente o Brasil.

Além dos guardiões, outras “peças” estão presentes neste xadrez que é a guerra espiritual nas dimensões física e astral do planeta, entre essas “peças” temos equipes governamentais (Stargate e Drakon) que já atuam com “soldados possuidores de visão remota”, um projeto que existe desde os anos 90 em solo americano (descrito nos arquivos 777 do livro Brasil o Lírio das Américas e vastamente nas pastas 2 e 3 do livro Armagedoom 2036) e também em solo russo, sendo que alguns membros desses dois projetos, um passo muito além da guerra cibernética, estão trabalhando diretamente com os guardiões pela união de Estados Unidos e Rússia contra a ameaça profética da “Besta do Apocalipse” ou “o último dos quatro cavaleiros” (tema vastamente estudado em mais de 400 páginas de estudos proféticos no livro A Bíblia no 3º Milênio) que representa a união na década de 30 da China com os grupos mais radicais do mundo islâmico, uma força muito mais poderosa do que o atual estado islâmico.  

Sobre a ação do Departamento de Inteligência dos Guardiões em relação ao cronograma kármico do Brasil o pequeno resumo extraído do livro “Armagedoom 2036” ajuda a compreender melhor a questão:

“O Departamento de Inteligência dos Guardiões diretamente ligado à colônia Triângulo da Paz, também tem realizado minuciosa pesquisa e acompanhamento das questões kármicas ligadas a alguns grupos encarnados no Brasil, sobretudo de antigos espíritos ligados a Revolução Francesa e aos fariseus em seu passado kármico e que atualmente ocupam algumas posições de proeminência na sociedade brasileira, a nível político e religioso e infelizmente, em boa parte, controladas por milícias umbralinas que agem de forma intensiva no plano astral do Brasil.

Voltando a minha atenção para Anik e Jeremias, postados diante da mesa tecnológica que projetava a imagem holográfica de uma pirâmide no deserto, recebi as primeiras informações da guardiã russa:

– Estudaremos as origens kármicas das principais comunidades umbralinas que atualmente estão localizadas no astral inferior do Planalto Central, José. A compreensão do que será exposto aqui ajudará os encarnados do Brasil a compreenderem o atual cenário da política brasileira, bem como todo o processo depurativo que os guardiões estão e estarão realizando na terra do Cruzeiro de Sul de forma mais ativa até o final de 2017.

Os dois guardiões começaram a partir daquele momento as explicações sobre o tema, enquanto gradativamente a pirâmide holográfica projetada sobre a mesa se transformava no Palácio do Planalto, envolto em pesadas nuvens negras, descarregando raios sobre a edificação em conjunto a uma chuva viscosa à semelhança do lodo:

O projeto Brasília foi estruturado pela espiritualidade superior desde o seu início com o objetivo de reavivar o mesmo projeto milenar que um dia foi tentado nas terras do Nilo: criar um centro político nacional, que em um segundo momento seria estruturado também a nível estadual e municipal, criando um amplo sistema interligado e organizado de forma hierárquica que abrangesse todo o território da nação.

Muitas das almas que atuaram negativamente contra o projeto inicial da nação do Nilo, impedindo que o Egito adotasse o monoteísmo e integrasse os escravos hebreus de forma justa a sua sociedade e assim colocassem fim a escravidão, atuam de forma intensiva exatamente no astral inferior de Brasília. São almas que não aceitam os valores democráticos

Acrescentando um pouco mais de dificuldade nesse cenário, temos entre os antigos revolucionários franceses reencarnados no Brasil uma grande parcela de antigos jacobinos extremistas que buscam reacender posturas extremistas e antidemocráticas no seio de alguns partidos políticos, notadamente de ideário de extrema esquerda, inclusive alguns que adotam um discurso mais suave de social democracia.

Os outros dois fazem parte do mesmo projeto, rastreado nos últimos 20 anos pela equipe do Stargate, assim como pela equipe de guardiões a qual estou ligado, como Projeto Jacobinos”. É um grupo de espíritos que atuou maciçamente, entre encarnados e desencarnados na época da Revolução Russa, junto aos bolcheviques, tentando implantar a ditadura do proletariado.

– José, a Renascença e, sobretudo, o Iluminismo foram os principais gatilhos para profundas transformações, que influenciaram não apenas o processo de libertação da colônia americana como também do fim da monarquia na França, inspirando o gérmen de novas idéias em relação aos direitos do ser humano. Especificamente na França o processo da Revolução foi muito sangrento, tanto na época controlada pelos jacobinos como em seguida, quando o “general jacobino” traiu o grupo que o apoiava e se aliou a alta burguesia (girondinos) para estabelecer um governo totalitário por 10 anos, centrado na exaltação da sua figura pessoal e em guerras contra o resto da Europa. Tais mudanças, porém, foram fundamentais não apenas para retirar a nobreza do poder como também mostrar a força da população, um processo que culminou quase trinta e seis anos após o fim do reinado de Napoleão com a constituição francesa de 1848 sob a égide do lema liberdade, igualdade e fraternidade. Se considerarmos o início desse processo com o ideário iluminista até a chegada da revolução de 1848, teremos um período de quase 80 anos, bem semelhante ao período ou “curso intensivo” que o Brasil está vivenciando desde os anos 30 no seu processo de construção de valores republicanos.” (Armagedoom 2036, trechos nas páginas 68, 77,78,79, 92, 120, 121)


EXPERIÊNCIAS PROJETIVAS NOS DIAS 23 E 24 DE MARÇO

Resumindo o que foi exposto até aqui: há uma missão em curso na América do Sul e Central organizada pelos guardiões a nível mundial e que se encerra ao final de 2017 tendo por objetivo desmantelar governos populistas e estimular a participação e fiscalização popular, mais engajada na vida política e social. Ao mesmo tempo a valorização da democracia e do bem estar econômico e social (social democracia, bem diferente de socialismo, populismo ou de capitalismo selvagem) e o combate à corrupção aparecem como as metas dessa missão envolvendo o resgate kármico de antigos egípcios e franceses revolucionários reencarnados em solo brasileiro.

Ajudando-me a compreender as experiências que narrarei nos próximos parágrafos, Jeremias trouxe alguns apontamentos nos dias posteriores àquelas experiências (as afirmações entre parênteses são apontamentos pessoais que visam ajudar na melhor compreensão das informações trazidas pelo guardião)  

– José, as trevas não perdem tempo. O orgulho e a megalomania impedem que entidades poderosas do submundo astral aceitem grandes derrotas, por mais evidentes que elas sejam. Após todo o processo ocorrido durante e após a Revolução Francesa, com a queda da nobreza francesa, a ascensão e queda de um ditador (Napoleão) e por fim a vinda de uma constituição em 1848 pautada dos valores de liberdade, igualdade e fraternidade vinda através de um movimento popular liberal. Exatamente no mesmo ano, como um contragolpe a esse movimento, surgiu o manifesto comunista de 1848, defendendo valores como, por exemplo, um partido único, ditadura (do proletariado), invasão de propriedades privadas, estímulo à luta violenta de classes, valores opostos à fraternidade e a maior liberdade econômica e a democracia e que foi o gérmen para movimentos terríveis, como a subida ao poder de Lênin e Stálin que trouxeram milhões de mortes. Várias células, tanto no mundo espiritual como no mundo físico aliaram-se, ideologicamente a esse ideário e após grande expansão na URSS (depois Rússia), China e Cuba a meta do “projeto jacobinos” buscou sua expansão através do populismo, sobretudo na América do Sul, diminuindo gradativamente os dispositivos democráticos através da corrupção e aparelhamento ideológico do Estado com o objetivo de fortalecer um partido único ou simplesmente uma ideologia (peronismo na Argentina, por exemplo) ou uma liderança forte (Chavez na Venezuela) formas diferentes de tentar acomodar os princípios do manifesto comunista dentro de frágeis democracias, substituindo a expansão violenta pela doutrinação ideológica (notadamente o modelo de Gramsci). Essas células formam um grupo transnacional, a nível global, que apesar de interesses particulares e idéias diferentes trabalham pelo mesmo projeto, com um modus operandi muito parecido e que representa, em última instância, uma tentativa de alguns magos negros poderosos unirem forças para que não apenas tenham maior poder de ação a nível global, respeitando os feudos (áreas de atuação no astral) que pertencem a esse grande grupo evitando confrontos entre si e ao mesmo tempo possam contar com maior poder de ação para combater os guardiões e combater todo o cronograma da Transição Planetária.

As informações trazidas pelo gigante guardião com seus 2,40 metros explicavam a tentativa desesperada das trevas que eu vislumbrei em duas experiências projetivas e, sobretudo, qual a estratégia que as forças umbralinas traçaram para combater a ação dos guardiões e a vitória inevitável da luz entre os anos de 2016 e 2017. 


DIA 23 – A REUNIÃO NA PIRÂMIDE DO PLANALTO CENTRAL



Utilizando-se da mesma tecnologia moderna do astral descrita, sobretudo no capítulo 17 do livro “A Bíblia no 3º Milênio” e no relato sobre o imperador romano encarnado no Brasil descrito no livro “Armagedoom 2036”, Anik e Jeremias trouxeram até mim, projetado na colônia espiritual do Triângulo da Paz (maiores informações entre as páginas 69 e 73 do livro “Armagedoom 2036”), um arquivo tridimensional do Akasha: nesses arquivo, quando o médium os acessa é como se entrasse em uma realidade paralela. Todos os acontecimentos em um determinado local e horário são gravados tridimensionalmente e quando o arquivo é aberto, a pessoa está literalmente dentro daquela situação, observando o local e as pessoas como se estivesse participando daquela realidade, mas sem poder interagir com as pessoas e nem ser percebido pelas pessoas, pois obviamente está observando algo que já aconteceu (no blog há textos com a tag “akasha” que explicam isso mais profundamente). 

Tal tecnologia inclusive causa alguma confusão em alguns relatos de médiuns projetores que acreditam ter entrado em contato pessoal com os ditadores do abismo (dragões) quando na verdade é terminantemente vetado qualquer contato de um encarnado com um ser desses que vive em regiões tão inferiores do plano astral que caso um encarnado fosse até lá ou chegasse perto de um ser desses, simplesmente desencarnaria tamanha a toxicidade da aura que envolve esses seres, muito superiores em poder aos magos negros (que vivem em regiões não tão profundas do astral, regiões mais próximas da superfície e podem, eventualmente, manifestar-se no astral que interpenetra a superfície do mundo material)

Literalmente dentro das imagens mostradas no arquivo, eu observei que estava dentro de uma grande estrutura rochosa, uma espécie de templo, mas com móveis muito pitorescos, á semelhança das antigas estruturas faraônicas do Antigo Egito. Havia muitas pessoas no lugar, todas vestidas como se ainda vivessem nos tempos dos faraós há 5 mil anos. Observei tecidos luxuosos que cobriam o chão e decoravam o salão principal, iluminado palidamente por pequenas tochas de fogo. As pessoas bebiam algum líquido alucinógeno e estavam reunidas em pequenos grupos que interagiam animadamente. Segundo as informações enviadas mentalmente por Anik e Jeremias aquela “festa” marcava a comemoração que as hostes umbralinas realizavam como o “plano de reação” contra os guardiões e especialmente contra o grupo de soldados do Stargate (o grupo de paranormais que trabalhava desde os anos 90 para os EUA), uma reação que impedisse a queda dos governos populistas nas Américas.

Observei atentamente a estrutura enquanto mentalmente os guardiões traziam novas informações, explicando que aquela local era a sede de poder localizada no astral inferior do planalto central brasileiro e que aquelas pessoas eram desencarnados e encarnados que participaram e participam ativamente da sabotagem ao trabalho dos guardiões, em especial sabotando o planejamento da criação da capital federal, construída para ser um centro que integrasse todo o país como um dia será na Era de Regeneração e como um dia foi na época do faraó Akhenaton

O templo era muito alto e luxuoso. Após caminhar por algum tempo e ouvir algumas conversas, como por exemplo, um grupo que se mostrava indignado:   

– Vamos reagir, os soldados de Miguel foram longe demais, fizeram até mesmo Cuba se curvar aos imperialistas – "e a pular ao som dos opressores Rolling Stones", pensei rindo comigo mesmo ao reparar o inconformismo daquelas pessoas com a derrota do seu sistema arcaico de poder.

Andei um pouco mais e cheguei ao centro do local, uma espécie de pequeno salão anexo que estava interligado aos outros quatro salões maiores. Reparei então algo muito inusitado: havia um grande tronco de madeira instalado entre duas paredes rochosas acima uns 10 metros do chão e enrolado no tronco uma gigantesca cobra amarela, devia ter uns 20 metros ou mais. Os guardiões me informaram que aquele era um ser artificial que o mago negro responsável pela direção do local se utilizava para se comunicar com os presentes e que por medida de segurança ele estava em um local ainda mais inferior, diante da inevitável derrota que os guardiões estavam imprimindo ao centro de poder dos magos negros no Brasil

Caminhei mais um pouco, pressentindo que a experiência estava prestes a ser encerrada, quando ainda consegui captar mais uma conversa interessante de uma pequena “roda” de espíritos:

– Atacaremos o coração dos malditos yankees, sentirão profundo arrependimento por terem mexido com o nosso feudo de poder nas Américas.

– Não cairemos sem lutar – disse outro ainda mais exaltado – reinaremos por mil anos em solo brasileiro

Eu ouvia aquilo, já sabendo de todo o cronograma dos guardiões para os próximos 20 anos até o auge da Transição Planetária em 2036 e pensei comigo:

– Sabe de nada inocente....

Enquanto as imagens começavam a se desfazer lentamente e eu voltava a enxergar Anik e Jeremias no salão principal do Prédio da Justiça, preparando-me energeticamente para voltar ao corpo físico trazendo a lembrança mais consciente daquelas experiências ao cérebro físico, a gigante russa alertou:

– É preciso que você retorne ao corpo físico agora, um grande confronto espiritual está a caminho e que certamente terá alguns efeitos no mundo físico. Amanhã temos um importante trabalho a ser realizado. – falou de forma serena, porém séria.

A atmosfera do planeta estava muito densa, não apenas no Brasil, inclusive limitando as atividades projetivas mesmo para os médiuns mais experientes. Jeremias explicou o motivo dessa maior densidade energética após a experiência que eu vivenciaria no dia seguinte: o grande grupo de vários magos negros em suas “células” ou “feudos” ligados entre si pelo “projeto jacobinos” estava organizando uma reação global, tendo por foco exatamente um ataque maciço sobre os Estados Unidos e sobre o território brasileiro e exatamente por essa razão uma mobilização maior por parte de várias equipes de guardiões estava sendo realizada, limitando a maioria das experiências projetivas conscientes àqueles que estivessem realmente aptos para enfrentar algumas missões perigosas, como a que ocorreria no dia 24.

Perguntei à Jeremias como seria essa reação global e o guardião então esclareceu:

– Basicamente uma reação de curto prazo e uma reação de longo prazo, José. Em curto prazo, as milícias umbralinas ligadas ao “projeto jacobinos” e que possuem células em todo o mundo, pretendem atacar os Estados Unidos, ou seja, estimular encarnados ligados mentalmente ao projeto para que efetuem ações destrutivas, notoriamente através de atentados terroristas, inclusive contra a própria Casa Branca ou até mesmo situações que hoje parecem insólitas mas que estão sendo construídas pelas trevas há algum tempo, como por exemplo um ataque nuclear da Coréia do Norte sobre Washington e Nova York, algo que inclusive vem sendo motivado diretamente pelos dragões (ditadores do abismo, grupo superior em poder aos magos negros ) e seu principal centro de poder próximo ao astral inferior da Muralha da China, pois eles desejam precipitar uma guerra de extermínio nuclear e a destruição do planeta, já que sabem que serão inevitavelmente exilados até 2036. 

Dois dias depois, o ditador norte coreano divulgou um vídeo ameaçando os EUA com um ataque nuclear, o que certamente não era uma coincidência após os relatos de Jeremias e fez lembrar uma profecia de Parravicini já comentada na fanpage:

Ameaça norte coreana:

Profecia de Parravicini:

Jeremias prosseguiu com novas informações sobre essa reação em curto prazo:

– Em outra frente, o grupo ou “célula” que atua no astral inferior do Planalto Central buscou nos últimos dias estruturar uma reação com o apoio de outras células, sobretudo na América do Sul e outras células menores que atuam em feudos menores no astral inferior do território brasileiro. Essa reação visa motivar governos e grupos de encarnados a combaterem o processo democrático que vai depor o atual governo, processo que enfraqueceu de forma irreversível as lideranças do atual partido do governo.

– E quais seriam esses grupos? – questionei Jeremias

– Notadamente milícias que tentariam entrar pela fronteira, ligada as FARC, pequenos grupos ligados ao exército boliviano, mas que tentariam entrar como civis e, sobretudo os grupos que já estão no país, ligados aos movimentos sociais em vários municípios e que tentam inflamar uma reação intensa, tanto no caso do impeachment como da prisão do ex presidente petista. As equipes de guardiões no mundo espiritual já estão atuando para coibir e evitar ao máximo qualquer convulsão civil maior, intuindo um maior monitoramente das fronteiras brasileiras em locais específicos, trabalho realizado pelo Exército que por sua vez está inteiramente fechado com a manutenção da ordem e o respeito ao processo democrático de impeachment que está sendo realizado. Há ainda que se ressaltar que qualquer tentativa mais intensa por parte de “forças invasoras” sobre o território brasileiro será monitorada pela quarta frota, agrupamento da marinha americana que já se encontra posicionada no Atlântico próximo a altura da costa de São Paulo. Dessa forma não teremos uma guerra civil, ainda que possam existir tentativas isoladas, mas que já estão sendo mapeadas. – elucidou de forma muito cristalina o guardião.

– Então o recente exercício feito pelos seals junto às Forças Armadas do Brasil como preparativos para a segurança dos Jogos Olimpicos não foi um mero acaso diante da atual situação do governo? – perguntei ao guardião que respondeu sorrindo:

– Nessas coisas não existe coincidência meu amigo, sobretudo quando o maior interessado na manutenção da ordem e do respeito às leis constitucionais é o Exército e quando o maior interessado pelo fim de regimes populistas e com viés antidemocrático no principal território da América do Sul é o Exército americano.

Jeremias então explicou qual seria o plano de reação das milícias astrais em solo brasileiro em longo prazo:

– Algumas lideranças trevosas mais realistas que fazem parte do “projeto jacobinos” já perceberam que a derrota do atual governo é irreversível, da mesma forma concluíram que o principal líder do partido dos trabalhadores não possui qualquer chance de um dia voltar a presidência. Essas lideranças defendem a idéia de se estimular o discurso de vitimização, que o governo teria sido vítima de um golpe e não de um processo democrático de deposição. Tal discurso visa manter alguma união da base mais fiel e ao mesmo tempo mais radical do partido, principalmente dos movimentos sociais interessados na reforma agrária e urbana. A idéia dos grupos trevosos é conseguir com o passar dos próximos anos tentar fortalecer essa base mais radical e ao mesmo tempo fazer oposição feroz a qualquer forma de governo que não tenha o atual partido do governo como a liderança executiva. Essa pequena resistência é que será responsável, pelos idos da década de 20, como foi explicado em um dos livros que trabalhamos (Brasil o Lírio das Américas) de um processo de união pela democracia e contra corrupção política ainda mais efetivo, unindo a sociedade brasileira, prioritariamente o Exército, o Judiciário e o empresariado para sepultar de vez por todas qualquer ideário ligado a ditadura, partido único ou política de viés comunista em solo brasileiro.  

    
DIA 24 –COMBATENDO MILÍCIAS UMBRALINAS EM WASHINGTON DC

O centro de poder americano está localizado na capital Washington e conta com vários prédios importantes, entre eles o Capitólio e a Casa Branca. Obviamente é um dos lugares mais “blindados” tanto no plano físico como no plano astral, em virtude da presença ostensiva do grupo de paranormais do Stargate. Qualquer entrada ou tentativa de entrada de milícias umbralinas é normalmente evitada sem maiores esforços, diferente do que aconteceu no dia 24.

Um grande grupo de milicianos, ligado às células do “projeto jacobinos” organizou um grande ataque em toda a região próxima aos principais edifícios da capital americana, buscando inclusive rastrear quais as pessoas (encarnados) próximas dariam alguma brecha psíquica que permitisse a realização de um atentado contra esses locais. A ação foi tão intensa que alguns milicianos conseguiram entrar dentro da Casa Branca e chegaram próximo ao presidente americano, algo que segundo Jeremias nunca havia acontecido (no livro Armagedoom 2036 é descrito que o presidente americano entre algumas outras lideranças mundiais possuem alguma sintonia com o trabalho dos guardiões e combatem as milícias trevosas que atuam em seus próprios governos)

A bem sucedida visita do presidente americano à Cuba junto a parte menos radical do regime (leia-se Raul Castro) provocou uma reação que já era esperada pelas milícias trevosas, tanto que foram as milícias astrais ligadas ao irmão de Raúl que primeiro se prontificaram em “colaborar” com a investida do projeto jacobinos sobre a Casa Branca e diretamente no astral sobre o presidente americano.

Naquela noite atuei junto a alguns guardiões e membros do Stargate no trabalho de contenção contra essa investida e, sobretudo na manutenção da segurança espiritual do presidente americano. Foi gasta uma grande quantidade de ectoplasma para combater o ataque (maiores informações sobre essas batalhas podem ser lidas no texto a seguir)

A nível físico, o primeiro efeito deste combate foi a tentativa de invasão armada no Capitólio ocorrida no início dessa semana, quatro dias após a batalha que aconteceu na região astral da Casa Branca:

Ao final da missão daquela noite, Jeremias mostrou um pequeno arquivo de imagens, que mostrava vários porta aviões e embarcações de guerra mobilizadas no oceano, preparando-se para a tentativa de algum confronto maior que fosse estimulado pelo “projeto jacobinos”, o que poderia ser algo ligado ao acirramento dos ânimos entre Coréia do Norte e Coréia do Sul como também um movimento de resposta a algum atentado maior que possa ser efetuado em solo americano.

Espero que de alguma forma esses relatos possam colaborar no melhor entendimento de todo o processo da Transição Planetária que estamos vivenciando tanto no Brasil como a nível mundial e que culminará com os grandes eventos já profetizados por Jesus no Sermão Profético e no Apocalipse para o ano de 2036. Para conhecer mais sobre o estudo dessas profecias e sobre as missões dos guardiões a nível mundial explicando e comprovando o cronograma estipulado para a Transição Planetária, como vem sendo comprovado aqui no blog desde 2013 e nos três livros que lancei até o momento. Quem quiser os pdfs com trechos das três obras envie um email para profecias2036@gmail.com  e quem quiser adquirir os livros, clique nos banners abaixo

.

Fanpage Profecias o Ápice em 2036 no Facebook:

Fórum Profecias 2036:

Grupo Profecias 2036 no Facebook: 



15 de mar de 2016

Ação dos Guardiões no Brasil: Um Olhar do Mundo Espiritual Durante as Maiores Manifestações da História do Brasil

Guardiões Manifestações

O texto a seguir complementa alguns assuntos abordados aqui:

Há muitos anos, quando iniciei os trabalhos de Apometria em Porto Alegre vivenciei uma experiência muito interessante. Durante uma tarde chuvosa e fria na capital gaúcha, após realizar alguns compromissos profissionais naquele dia, retornei até a minha residência, passando a pé pelo parque da Redenção. Durante a noite de sono tudo transcorreu tranquilamente até que próximo à hora de levantar realizei uma projeção consciente.

Ao abrir os olhos, plenamente lúcido no outro lado da vida, estava de pé sobre a grama do parque próximo a algumas árvores, enquanto observava, se aproximando, uma senhorinha, de aparência serena, mas bem idosa (aparentava mais de 80 anos) vestida toda de branco, com uma roupa rendada, tez negra e na companhia de duas jovens moças, também negras e vestidas de branco. Caminhando bem devagar e levemente curvada, na companhia das duas cambonas, a senhoria se aproximou de mim e falou: 

– Vamos trabalhar a saúde fio? – disse de forma serena e carinhosa, porém transparecendo firmeza e altivez – meu nome é Vovó Cambina (depois eu fui saber que se tratava de um dos espíritos que trabalhavam junto à conhecida entidade da Umbanda Vovó Cambinda, que atua na linha das almas e, sobretudo nos casos de saúde, principal atividade que eu exerceria a partir daquela época na Apometria) e nós trouxemos você aqui pra trabalhar com o povo da mata, regenerar as “energia” – falou de forma simpática com um vocabulário bem simples

Muitas foram as vezes, nos anos seguintes, que ao trabalhar com pacientes com problemas sérios de saúde, a Vovó “se achegava” no meu campo vibratório, eu arqueava visivelmente a coluna e sentia um suave aroma de ervas maceradas misturado com o cheiro do ozônio (típico quando ocorre chuva) e iniciava os trabalhos, permitindo que as equipes espirituais de cura (médicos e socorristas) atuassem com os fluidos benfeitores, utilizando-se da cota de ectoplasma que julgassem necessária que o médium deveria fornecer.

O trabalho dos guardiões e dos socorristas é intimamente ligado (como descrevi nas três obras que lancei até o momento, em especial A Bíblia no 3º Milênio e Brasil o Lírio das Américas), enquanto um grupo de espíritos cuida da organização, manutenção da segurança e também da ordem, sobretudo nos locais do astral inferior e intermediário (na contrapartida astral da superfície terrestre), o outro atua diretamente nos processos energéticos de vitalização e reequilíbrio emocional dos necessitados, não apenas nos hospitais astrais como também nos locais físicos freqüentados pelos encarnados. Coordenando essa ação conjunta temos espíritos experientes na lida com as duas funções: almas que já demonstraram experiência tanto nas atividades próprias aos guardiões como também aos socorristas. 

Na Umbanda esses espíritos experientes, maduros no conhecimento e também na moral, são conhecidos exatamente como pretos velhos ou pais velhos, ainda que não necessariamente apareçam nessa forma perispiritual que normalmente utilizam tão somente para facilitar a percepção dos médiuns encarnados ou em projeção na compreensão dos arquétipos que eles representam.

Um exemplo disso é a ação dos guardiões Anik e Jeremias: ambos se manifestam na clássica aparência dos guardiões (estatura elevada, atlética, aparência jovem), entretanto ambos coordenam equipes de guardiões e por vezes ações em conjunto de equipes de guardiões e socorristas, exercendo o mesmo “papel” que um espírito na aparência de um pai velho ou uma Vovó realizaria.

A fama dos pais velhos e Vovós em lidar de forma experiente com as energias da natureza advém exatamente da área de atuação exercida por essas almas.

Como os principais conflitos e desequilíbrio emocionais se manifestam na Terra exatamente no astral inferior, no astral intermediário e na sua contrapartida física que é a superfície terrestre, assim como nas diversas “entradas” (portais) ou “caminhos” que unem esses mundos, essas almas experientes compreenderam que as forças e estruturas da natureza no mundo físico (e também no astral) criavam importantes elos entre o mundo físico e o mundo astral, principalmente o astral inferior e intermediário: matas, rios, mares, pedreiras, desertos, assim como os fenômenos energéticos que atuam sobre essas regiões, tanto a nível físico (raios, chuvas, vulcões, sismos, ventos) como a nível astral (o processo de renovação telúrica e magnética do planeta que acontece através das linhas de energia, amplamente explicado no livro Brasil o Lírio das Américas ao abordar as linhas ley)

Por essa razão que pais velhos e Vovós (no tocante a sua aparência perispiritual que tão somente representa o arquétipo da sabedoria) são almas experientes não apenas nas questões pertinentes aos guardiões e socorristas (grupos que militaram e ainda militam e que trouxe a experiência para liderar esses grupos em missões no astral), mas também no trato com as forças e estruturas da natureza que representam as principais áreas nas quais eles atuam e que formam o principal intercâmbio, elo, entre os mundos físico e astral. Um espírito conhecido como “pai velho” ou “vovó” manifesta não apenas elevada moral, mas elevada experiência em todos esses temas.

Nas últimas semanas coloquei alguns relatos no blog sobre o trabalho dos guardiões no aceleramento de algumas ações tendo por objetivo solucionar algumas questões urgentes no âmbito político do país fortalecendo o combate a corrupção. Dentre os relatos os que causaram maior repercussão foram aqueles que abordaram a ação dos guardiões junto a fenômenos da natureza.

O tema não é novo, foi inclusive abordado no livro Tambores de Angola do Robson Pinheiro de forma bem elucidativa, o que causou certo espanto foi a forma como as coisas aconteceram nas últimas semanas, transparecendo claramente que os guardiões estavam utilizando fenômenos da natureza no combate às milícias trevosas.

Tanto no Rj como em Sp tivemos recorde de participantes nas manifestações e mais precisamente em Sp vários acontecimentos que eclodiram “coincidentemente” às vésperas das manifestações, como a deflagração da 24º fase da Lava Jato e a condução do ex presidente para prestar um longo depoimento. Nesse período Brasília também foi sacudida pela delação de Delcídio. E o que isso tudo tem haver com o trabalho dos guardiões? Tanto em Sp como no Rj aconteceram chuvas seguidas nos dias que precederam a manifestação, sendo que em Sp a chuva ocorreu de forma seqüencial desde o início da 24º fase da Lava Jato, mas o mais interessante é que na véspera da manifestação grandes chuvas aconteceram em Sp, RJ e em menor medida em Brasília, mesmo não sendo algo comum chuva na região do planalto central nessa época do ano. Recorde de raios no Rj, volume espantoso de chuva em Sp, fenômenos naturais intensos acontecendo na véspera da manifestação nas cidades que juntas somaram mais de 3 milhões de participantes sendo que na hora da manifestação tempo sem chuva, certamente não foi uma coincidência.

Para exercer uma contenção de espíritos interessados na balbúrdia, em confrontos e mortes nas manifestações, assim como desfazer pesadas formas pensamento de raiva e violência, os guardiões utilizaram-se da energia fornecida pela própria natureza, potencializando alguns fenômenos para criar a limpeza energética necessária e possibilitar que as manifestações ocorressem na mais absoluta paz.

Após esse processo realizado pelos guardiões com o precioso auxílio e liderança de pais velhos e Vovós, experientes em lidar também com processos kármicos envolvendo encarnados e desencarnados, o trabalho maior no dia das manifestações ficaria a cargo das equipes socorristas.

O DIA DOS PROTESTOS

Não por acaso as principais manifestações aconteceram em pontos energéticos estratégicos: em praças (como em Porto Alegre), próximos ao mar (como no Rj) ou ainda em nos principais locais energéticos de cada cidade como a avenida paulista (centro energético de Sp) e na Esplanada dos Ministérios (centro energético de Brasília). O trabalho dos dias anteriores, realizado pelos guardiões, gerou um confortável perímetro de segurança nos locais que as manifestações aconteceram, facilitando o trabalho de monitoramento dos guardiões. O principal trabalho ficou por conta das equipes socorristas.

O sentimento coletivo de paz, esperança por dias melhores e união por um objetivo comum (o combate a corrupção e transformações políticas através da retirada do governo mais corrupto da história do Brasil) contrastava com angústias muito pessoais da maioria dos participantes, como por exemplo, o medo do futuro, as dificuldades econômicas e os próprios desequilíbrios interiores daqueles que se deixaram consumir por sentimentos de raiva e revanche política diante do cenário polarizado do país nos últimos meses.

A reunião de tantos encarnados em locais de grande energia gerou uma grande fonte de ectoplasma que foi manipulada pelas equipes socorristas com os fluidos da natureza em um grande processo de higienização a nível coletivo, como se as manifestações servissem a nível espiritual como uma grande catarse coletiva, permitindo que cada pessoa, em maior ou menor grau, vivenciasse um processo de renovação energética, permitindo em muitos casos uma percepção a nível pessoal que muitas demandas de transformação pedidas na manifestação também poderiam inspirar transformações interiores, mudanças de postura diante dos desafios da vida. O desejo de mudança na política refletiu dentro de muitos manifestantes um gatilho, uma abertura, para mudanças a nível interior, abertura que permitiu uma ação mais ampla de mentores e espíritos amigos sobre vários participantes que nas próximas semanas manifestarão um comportamento diferente para enfrentar as dificuldades e dramas interiores de forma diferente, mais positiva, mais sintonizados com os seus amigos espirituais.  

Outro ponto interessante é que milhões de pessoas vibraram em um pensamento semelhante: o combate a corrupção, o fim de um governo estruturado em um amplo projeto de poder com base na corrupção, e essa egrégora poderosa possibilitou a energia necessária para que os guardiões iniciassem mais uma fase de combate diante das estruturas do astral inferior do Planalto Central, estruturas e questões kármicas descritas no livro “Armagedoom 2036”, prosseguindo na missão de desmantelamento de tais estruturas trevosas que estão intimamente ligadas às estruturas físicas do centro de poder político do país. A frente de combate dos guardiões vai além das mudanças a nível físico e que são gradativas, pois não há como retirar um Congresso inteiro e todos os seus políticos que estejam envolvidos em corrupção de uma hora para outra, são mudanças que atuam também nas estruturas de poder que existem no astral inferior e que ao mesmo tempo em que se alimentam dos encarnados sintonizados com a sede de poder e ligados a corrupção, também são alimentados por estes encarnados. Por esse motivo é importante também higienizar essas regiões do astral o que não é tarefa fácil, mas necessária, para que permita a vinda de políticos cada vez mais sintonizados com a boa política e que naturalmente pelo cenário atual ainda encontram muitas dificuldades para exercer suas funções de forma devida.  

Após as manifestações, as maiores da história, terem se encerrado fui dormir a noite, feliz e confiante com o resultado de todo o trabalho que as equipes de guardiões e socorristas realizaram. Mas algo ainda ecoava dentro da minha cabeça antes de pegar no sono: o que será que os amigos espirituais fizeram durante as manifestações em prol do atual governo, denominada pelos mesmos de “coxinhaço” e que reuniu não mais do que 2 a 3 mil pessoas diante do monumento do Expedicionário na praça da Redenção em Porto Alegre.

Enquanto meu corpo físico dormia, os amigos espirituais mostraram o que aconteceu no mundo espiritual durante aquela manifestação que reuniu um pequeno número de militantes favoráveis ao governo do partido dos trabalhadores. As cenas eram mostradas como um grande filme tridimensional, uma tecnologia comum no mundo espiritual, sendo que eu estava dentro daquele filme observando o desenrolar daqueles acontecimentos, sem que pudesse ser percebido pelos habitantes do mundo espiritual e sem que eu pudesse interferir naqueles eventos como um visitante de uma realidade paralela, exatamente como transcorre as pesquisas aos registros akáshicos.

Ao redor de toda a praça havia um grande contingente de guardiões formando um cordão de isolamento, enquanto uma turba de espíritos obsessores ligados energeticamente aos participantes da manifestação tentava transpor a barreira dos guardiões. Não eram milicianos ou kiumbas profissionais, pois estes já haviam sido capturados ou fugido nos dias anteriores pelos guardiões, eram obsessores pessoais, daqueles que praticamente todos nós temos ou um dia já tivemos. No grande monumento em forma de arco duplo no interior da praça avistei a presença ao redor e acima da estrutura em granito um grupo de socorristas e guardiões, enquanto que ao centro do monumento avistei Vovó Cambina em profunda oração na companhia de suas duas jovens cambonas.

De repente uma grande luz branca, de aparência límpida e cintilante começou a tomar conta dos dois arcos do monumento, como se dois grandes portais tivessem sido aberto. As estruturas luminosas emanavam uma suave energia, como gotas de luz prateada, que agiam como anestésico no psiquismo dos encarnados, atenuando as formas pensamento e vibrações de revanchismo, de raiva ou impulsos de confronto. Ao mesmo tempo os socorristas que estavam próximos do monumento se aproximaram dos guardiões que faziam o cordão de isolamento da área e convidaram os espíritos obsessores que quisessem receber auxílio nos postos socorristas, abandonar antigos ódios e revanches. Apesar de poucos, alguns perceberam que aquela seria a decisão mais acertada a ser tomada e aqueles que decidiram aceitar a ajuda foram levados pelos socorristas para dentro do portal, diretamente para os hospitais do mundo espiritual.

Enquanto eu observava espantado àquelas cenas, admirado pela amplitude do trabalho realizado pelos amigos espirituais sempre fomentando a paz e a construção de um mundo melhor, olhei para os olhos da Vovó Cambina e como se fosse projetado para o interior da sua consciência, senti a minha mente viajar em um átimo de segunda por várias localidades que receberam manifestações. Em todos aqueles locais, em praças, praias, avenidas, os pais velhos e Vovós liderando guardiões e socorristas abriam portais que agiam de forma benfeitora no equilíbrio energético do ambiente, ao mesmo tempo em que realizavam um processo de desobsessão coletiva, solucionando diversos casos dos participantes daquelas manifestações, convidando e recolhendo um grande número de espíritos que até então estavam presos às correntes da obsessão.


Após aquela seqüência de flashes vislumbrei do alto a visão de um mar de gente na orla de Copacabana e sobre o mar enxerguei que não apenas um portal se abria, mas vários portais que surgiam e desapareceriam no horizonte, como clarões luminosos semelhantes aos fogos de artifício que ocorrem naquela região na época do Reveillon, criando um belíssimo espetáculo nos céus sobre o mar.

Um novo tempo nascia para a Terra do Cruzeiro do Sul com a maior manifestação da história do país. O processo de transformação programado pela espiritualidade Superior para a nação brasileira havia conquistado mais uma vitória. Apesar das resistências o avanço das hostes celestes eram visíveis e, sobretudo, irrefreáveis. O futuro próximo nos reserva êxitos ainda maiores.

Para maiores informações a respeito das 10 profecias cumpridas sobre o processo de transformação no Brasil através da ação dos guardiões acesse o link a seguir:

Para adquirir os livros “Brasil o Lírio das Américas” e “Armagedoom 2036” clique nos banners abaixo. Quem quiser receber um pdf com trechos das obras envie um email para profecias2036@gmail.com

.


Fanpage Profecias o Ápice em 2036 no Facebook:

Fórum Profecias 2036:

Grupo Profecias 2036:


12 de mar de 2016

Ação dos Guardiões no Brasil: A Manifestação de 13 de março - As Profecias sobre os Futuros Cenários do País - O Cenário Presidencial Futuro

Manifestações Brasil transição planetária, guardiões


Neste texto tentarei responder às perguntas sobre os principais assuntos trazidos nos últimos dois posts que trataram da ação dos guardiões nos recentes acontecimentos sociais e políticos no Brasil. A manifestação de 13 de março, o recente temporal em SP, os cenários políticos para o futuro e as transformações em curso previstas nos livros "Brasil o Lírio das Américas" e "Armagedoom 2036".

Os dois links a seguir trazem as 10 profecias cumpridas sobre o processo de transformação do país e o cenário profetizado para o homem do cavalo branco, antes de ler o textão a seguir, leia o conteúdo destes dois links:


As 7 profecias sobre a transformação do Brasil desde 2013:


As 3 profecias sobre a transformação do Brasil e o entendimento sobre o "homem do cavalo branco":


O PROCESSO EM SI

O livro "Brasil o Lírio das Américas" e mais recentemente o livro “Armagedoom 2036" explicam um amplo processo de transformações a nível mundial iniciado ao fim de 2012 na América do Sul e Central e que terminará ao final de 2017 nessa região do Globo. Tal processo, como descrito nestes dois livros e em alguns textos aqui do blog (em especial os apontados nos 2 links acima) tem por objetivo combater profundamente a corrupção, depurando governos e projetos de poder supranacionais através do estímulo da participação popular na vida política e democrática.

Esse estímulo, organizado pelos guardiões à serviço do Grande Conselho da Humanidade, visa estimular o esclarecimento da população sobre a vida política do país acima de partidarismos políticos, ou seja, fazer com que a população coloque o bem estar do país e o combate a corrupção acima de interesses partidários, acabando com a falácia do "sonho da esquerda", mostrando que não existe um partido ou político salvador ou acima dos demais, mas que todos devem responder igualmente nos direitos e deveres servindo ao povo e não a uma causa partidária.

Dentre os projetos de poder supranacional analisados nos dois livros o mais evidente na região da América do Sul foi o populismo e este tem sido combatido pelas equipes de guardiões desde o final de 2012, sendo o fim deste projeto profetizado com todas as letras no livro “Brasil o Lírio das Américas” lançado em setembro de 2014, pois se trata de um projeto que visa o domínio hegemônico de um único partido em cada país da América do Sul, claramente alinhado com um projeto de poder que se utiliza da corrupção sobre o Estado para enriquecer e se fortalecer, acabando com a democracia e com a liberdade dos cidadãos que ficam cada vez mais reféns do Estado. 

Esse projeto está chegando ao fim a olhos vistos, sobretudo na Argentina, Venezuela e Brasil, projeto que coloca uma filosofia política acima da pátria, que coloca interesses políticos pessoais acima da Constituição, que visa concentrar riquezas no ideal de um partido único, em prol de uma suposto filosofia populista que seria hegemônica na América do Sul.   

Os guardiões que trabalham a nível mundial e continental nas equipes de Anik e Jeremias e respondem em última instância ao Grande Conselho Planetário lutam pela democracia, pelo fortalecimento e cumprimento de leis cada vez mais justas para o povo e não toleram qualquer ataque ou ideário partidário que tente diminuir a democracia ou que estimule a luta entre irmãos

Sendo bem claro: os guardiões a nível mundial não toleram qualquer ideologia que estimule luta de classes, ou partido único no poder ou partidos e políticos que não respeitem as leis constituídas, dessa forma as equipes de guardiões a nível mundial se opõe veememente a qualquer projeto político ou pessoal que de alguma forma apóie qualquer item do ideário ligado ao Manifesto Comunista de 1848, que isso fique bem claro: qualquer filosofia política que estimule luta de classes, um partido único e hegemônico, democracia enfraquecida, não observância as leis constitucionais estabelecidas será sempre combatido pelos guardiões e em especial aqui na América do Sul está com os dias contados até o final de 2017.


DIFERENÇA ENTRE SOCIALISMO E SOCIAL DEMOCRACIA, ENTRE MAIS ESTADO E MENOS ESTADO, ENTRE ESQUERDA E DIREITA E QUEM É CORRUPTO E QUEM NÃO É CORRUPTO

Outro objetivo fundamental deste processo além de combater a corrupção é também estimular a participação popular a conhecer a essência filosófica dos partidos (que são os entes representativos do povo em uma democracia)

O que é um partido mais liberal e menos liberal? O que é um partido de centro direita e centro esquerda? Qual o ideário político de determinado partido? Será que o discurso e ações dos seus políticos condizem com o ideário do seu partido? Por exemplo: uma política que defende o regime de Nicolas Maduro, que saúda Fidel Castro, pode dizer que o partido do qual é líder é social democrata? Certamente que não, o discurso e postura deve estar aliado com a essência de um partido e no caso do exemplo citado essa política é socialista e não uma social democrata.

A corrupção se alastrou, mas cada um tem que pagar segundo a gravidade do que praticou, não dá pra querer colocar todo mundo no mesmo saco: um partido que institucionalizou um projeto criminoso de poder paga diferente de um partido onde alguns parlamentares se corromperam, sem que, entretanto, o partido inteiro ou sua cúpula tivesse entrado no esquema, esse é o primeiro ponto, essa conversa mole que todo partido é igual e corrupto não cola mais, só interessa para os corruptos que desejam nivelar todo mundo por baixo, como se para a justiça um ladrão de galinhas fosse igual a um homicida, o que não ocorre, pois cada um deve responder segundo a gravidade do delito praticado.

As provas contra o partido dos trabalhadores e suas principais lideranças são robustas e o esquema criminoso oriundo no Mensalão e continuado com o Petrolão provam este entendimento.

Certamente outros partidos e políticos de outros partidos, inclusive do PSDB devem estar envolvidos, mas isso não os coloca no mesmo patamar: o partido do governo institucionalizou um projeto criminoso de poder utilizando-se de empresas como laranjas para lavar dinheiro de corrupção sobre obras pagas com dinheiro público do Estado e utilizando esse dinheiro desviado para enriquecer o partido e autoridades do partido, isso está identificado claramente tanto no processo do Mensalão como nas investigações da Lava Jato e do MP, isso é bem diferente de um partido (seja PSDB ou PMDB) que tenha alguns de seus políticos envolvidos e, além disso, é importante considerar quem são os políticos com inquéritos, indiciados ou com alguma mínima prova de envolvimento em falcatruas, o que por si só coloca em um patamar bem diferente o partido do governo e os outros partidos, assim como políticos do partido do governo citados inúmeras vezes e outros políticos que foram citados uma ou duas vezes mas que não tiveram indícios ou provas suficientes para que sejam considerados suspeitos.

Considerando estes simples argumentos lógicos não há como colocar no mesmo barco, por exemplo, Lula e Aécio. Indícios e investigações contra um são infinitamente maiores que o outro, que sequer é investigado, o que não significa que não possa ser investigado.

O que surgir de denúncia contra o Aécio ou outro membro do PSDB deve ser investigado, mas agora, dia 12 de março de 2016, não há qualquer indício ou prova que envolva o Aécio ou algum dos caciques do PSDB em denúncias, o mesmo não podendo ser dito, por exemplo, de Renan e Cunha, com várias investigações por parte da PGR.

O argumento furado que alguns defensores do governo têm colocado nos últimos dias de que as pessoas não devem ir às manifestações porque vai gente do PSDB é um absurdo total, pois o partido do governo tem sobre si várias denúncias e investigações, enquanto não pesa qualquer denúncia sobre o PSDB.

Não importa se a pessoa simpatiza com partido A ou partido B, importa se ater aos fatos e não em suposições ou fofocas e no dia de hoje não há qualquer denúncia ou prova contra a cúpula do PSDB, esse é o fato que quebra totalmente a retórica maniqueísta do petismo que quando está acuado tenta colocar a culpa, até mesmo dos próprios erros, na oposição. Não caiam nessa, até porque o trabalho de transformação é um passo por vez: o primeiro passo é retirar o governo que institucionalizou um projeto criminoso de poder, depois desse primeiro passo as investigações prosseguem e quem estiver envolvido, de que partido for, responderá pelo ato corrupto que porventura tenha praticado. O aprofundamento da Lava Jato vai limpar bastante o cenário político, inclusive com a real possibilidade de cassação de legendas partidárias.

A partir dos próximos meses veremos o crescimento de partidos mais voltados para o aspecto liberal e menos estatal (o que é diferente de esquerda e direita), assim como o enfraquecimento de políticos e partidos de extrema esquerda (sobretudo os que tentam parecer que são sociais democratas, como o psol que apóia a ditadura venezuelana e quer posar de social democrata, quando na verdade é extrema esquerda socialista)

Cada vez mais a política brasileira após o fim do atual governo (e do seu partido), por cassação ou impeachment, trará o crescimento de um congresso mais liberal (menos estatal) e mais de centro esquerda e centro direita, com o crescimento de partidos como o DEM e de políticos mais liberais e de centro esquerda (sociais democratas) e centro direita (coisa que por enquanto o Bolsonaro está longe de ser, muito mais próximo de um Trump que é extrema direita e seria um desastre, nos EUA ou no Brasil).

Limpando o pessoal que se envolveu, de que partido for, no esquema de corrupção (instalado pelo governo) nos próximos meses, e o pessoal ideologicamente de extrema esquerda (permitindo assim o crescimento dos partidos mais voltados ao espectro liberal e de centro esquerda e centro direita, com a diversidade e surgimento do verdadeiro debate democrático) já teremos um bom avanço em vários temas, principalmente na reforma tributária e da previdência, assim como o sepultamento de vez do ideário de extrema esquerda (estado cada vez mais total ou socialismo que é bem diferente de social democracia).

Para diferenciar um socialista de um social democrata, basta que se responda 3 perguntas feitas para uma pessoa que se diga de esquerda: Apóia o Manifesto Comunista de 1848? Apóia o regime de Maduro? Apóia o regime dos Castro em Cuba? Se a resposta for sim para qualquer uma das três perguntas a pessoa é socialista, se for um "não" veemente ela é social democrata e se ela não souber responder ela ou não sabe o que é a nível político ou não quer mostrar realmente no que acredita. É simples, diferenciar um socialista ou extrema esquerda de um verdadeiro social democrata.


COMO ESCOLHER UM POLÍTICO?

O primeiro ponto é observar se o político tem algum envolvimento com corrupção, ou seja, se pesa sobre ele investigações com indícios ou denúncias sólidas sobre esquemas que envolvam corrupção, separando o que é falácia e retórica do que é realmente fato apurado, pois como vimos nas últimas eleições diversos factóides foram criados, tanto sobre o candidato Aécio como a candidata Marina sem que nenhum tenha sido provado.

O segundo ponto é identificar a ideologia do político e do partido. Eu, por exemplo, acredito que a Heloisa Helena, que já foi do PT e do PSOL é uma pessoa que não se envolveu em corrupção e apesar de estar hoje na REDE (que apresenta um espectro de centro esquerda e liberal vide o programa econômico do Eduardo Gianeti para a campanha da Marina) eu não votaria nela, pois ela esteve boa parte da vida em partidos de extrema esquerda e anti liberais. O mesmo vale para a Luciana Genro ou qualquer outro político do PSOL, eu acredito que ali deve ter muita gente boa e honesta, mas apesar do discurso de social democracia ou socialismo progressista, a raiz dele é o socialismo clássico, que apóia o manifesto comunista de Marx, defende a ditadura de Maduro e acha Cuba a quinta maravilha do mundo.

O mesmo vale para o Bolsonaro que precisa suavizar o discurso e melhorar a imagem dele que foi bem castigada por anos de combate da esquerda que sempre nutriu ódio por ele e o transformou numa caricatura semelhante ao que fizeram com o Enéas. Enquanto ele não se aproximar de um modelo liberal mais de centro direita, expondo claramente os projetos sociais que possui e tratando com mais diplomacia certas questões ligadas às minorias, que causam grande barulho nos eleitores da esquerda, ele dificilmente passará dos 10% ou 12% em um pleito nacional.

O que cada um precisa fazer agora é estimular os seus amigos e conhecidos a entenderem o que é esquerda e direita (verdadeiramente, além das idéias equivocadas de alguns esquerdas que querem transformar Marx em social democrata, coisa que ele nunca foi) e compreender o que é uma economia mais liberal e menos liberal, buscando compreender as propostas dos partidos e quais deles estão mais próximos de um modelo liberal, que valorize as leis, a democracia, o estado produtivo, com menos impostos e menos assistencialismo, mais eficiente, que valorize um modelo de bem estar social que respeite a responsabilidade fiscal, que estimule a produção empresarial (que gera empregos, riquezas e impostos) ao invés de priorizar como acontece hoje uma economia que é voltada para enriquecer bancos e quem aplica em bancos (juro alto, spread alto) e desestimula o investimento do pequeno empresário com burocracia, juros altos, pouco crédito e muito imposto, modelos que somados a política keynesiana são o ingrediente do fracasso da atual economia brasileira e da maioria das economias de esquerdas do mundo (a exceção da China, muito em conta pelo grande mercado e pelo trabalho quase escravo)


APÓS O FIM DO ATUAL GOVERNO E DO PROJETO CRIMINOSO, QUAL O PRÓXIMO PASSO?

O próximo passo é realizar mudanças no sistema político para fortalecer a democracia e as instituições: após a queda do sistema criminoso que tomou conta do país através do Executivo, mudanças na essência da política precisam ser realizadas, essencialmente o fim do presidencialismo e a adoção do parlamentarismo francês (que ainda preserva a força do presidente, mas torna mais fácil a substituição de entes políticos envolvidos com corrupção), assim como a adoção do voto distrital ou do voto distrital misto que favorece o poder das lideranças municipais em detrimento dos caciques e coronéis e enfraquece a ação de grandes empresas (ou do "grande capital" como gosta de dizer a extrema esquerda) no processo eleitoral.

Outras questões como acabar com a reeleição para presidente (inclusive de partidos) e leis mais severas para a corrupção, assim como a contenção de gastos com o poder público (salários menores, menos pessoas na máquina pública e apenas pessoas concursadas com o fim dos cargos de confiança) são algumas das medidas que a população precisa lutar nas ruas numa segunda fase como fortalecimento a democracia e combate a corrupção.

O livro "Brasil o Lírio das Américas" fala bastante sobre esse assunto, o engajamento popular vai e precisa prosseguir muito além da retirada da atual presidente do projeto de poder que ela representa, passa por dinamitar outras estruturas que dificultam o combate a corrupção, dificultam a transparência e que permitem a reorganização, ainda que enfraquecida, das pessoas ligadas ao ideário de extrema esquerda e que combatem a democracia, utilizando-se de um discurso falacioso de social democracia e demonização da direita. Todos os jovens devem ler O Manifesto Comunista de 1848 e estudá-lo para saber realmente o que é o pensamento da extrema esquerda e a diferença entre socialismo e social democracia para, dessa forma, não caírem mais no conto do vigário do “Marx social democrata defensor da justiça social”.

Não basta apenas acabar com o populismo na America do Sul como já está acabando, mas também acabar com o aparato ideológico que influencia futuras gerações.


FUTURO ENTRE 2016 E 2018

Engana-se quem coloca a queda da atual presidente e do partido do governo como o fim.... é apenas o começo. Mesmo com a inevitável prisão em breve do ex presidente Lula, a queda da atual presidente e a prisão de boa parte da atual cúpula do Governo logo depois do impeachment, o povo deseja exercer seu poder de escolha. Acredito que Temer vai esquentar a cadeira de presidente por pouco tempo, inclusive porque as provas da Lava Jato são suficientes para extinguir tanto o PT como o PMDB como partidos e também porque em maio Gilmar Mendes assume a presidência do STE e vai dar maior celeridade ao processo sobre a cassação da chapa que venceu as eleições ao que tudo indica de forma ilícita. Nesse cenário temos duas possibilidades:

CASSAÇÃO ANTES DE 2016 SE ENCERRAR

Nesse caso Temer é afastado e assume o presidente da Câmara por 90 dias enquanto novas eleições populares são organizadas. Seja Cunha ou qualquer outro, ele não fica como presidente mais do que 90 dias.

CASSAÇÃO APÓS 2016

Temer é afastado e o presidente da Câmara marca eleições para 90 dias, sendo que o Congresso define os candidatos e vota entre os nomes concorrentes numa eleição indireta.    

E O QUE PODE ACONTECER? QUEM SERÁ O PRÓXIMO PRESIDENTE?

Acho muito difícil tanto Aécio como Marina concorrerem a um mandato de 2 anos, com o país em crise profunda (mesmo com uma aliança entre os partidos no Congresso como ocorreu na época de Itamar, mas obviamente sem o apoio do PT e das extremas esquerdas que farão oposição a qualquer governo ou partido que não esteja alinhado com o ideário de extrema esquerda, sobretudo se for alguém do PSDB... alias, vamos superar as teorias da conspiração de que PSDB e PT são aliados do pacto de Princeton ou que o PSDB é direita, isso é papo de quem precisa questionar um pouco mais o que alguns “especialistas” andam dizendo por aí).

O que temos de certo é que os votos da esquerda (PT e franjas) que gira entorno de 18% a 20% vai para outros candidatos, provavelmente Ciro Gomes e Marina Silva, (mas como ela não deve se candidatar os votos devem ir para outros candidatos) e alguns votos, talvez uns 3% para Luciana Genro, um pouco mais se a Marina não entrar na disputa.

Serra ou Alckmin topariam, mesmo que dois anos e concorreriam. Com Bolsonaro oscilando entre 10% e Ciro Gomes herdando os votos da esquerda, teríamos uma eleição acirrada, com chances mais reais, na minha opinião, para Alckmin (pelos votos de SP) , mas dependendo do cenário político e do acirramento dos ânimos da esquerda, Bolsonaro poderia ir para um segundo turno. Minha opinião é que a melhor saída para um eventual mandato de 2 anos pelo voto popular seria um nome neutro, fora de radicalismos ou da luta entre esquerda (petistas) e PSDB, mais ainda, um nome experiente, que recebesse o apoio de Marina e que fosse visto tanto pela esquerda como a oposição como um nome de consenso para um processo de transição política. Segundo informações dos amigos guardiões esse nome já existe e seria apoiado por Marina Silva e com forte chance de se eleger, trata-se de Roberto Freire.

Caso Aécio ou Marina concorram, um dos dois será eleito, somente dois nomes poderia derrotar os dois candidatos: Joaquim Barbosa ou Sérgio Moro mas a possibilidade de um dos dois concorrer é remota.

Se a eleição for via Congresso (pós 2016) creio que Serra ganhe ou ainda um outro político com boa entrada entre os políticos do DEM, PSDB e PMDB e com perfil mais administrativo que não seja dos nomes “presidenciáveis” atualmente.


O RECENTE TEMPORAL OCORRIDO EM SP ENVOLVEU ALGUMA AÇÃO DOS GUARDIÕES?

Certamente que sim. Tem um texto no blog, que publiquei na época do grande terremoto do Nepal que explica amplamente como o mundo espiritual atua nos eventos de ordem natural. Este texto está aqui:

Seja em processos de desencarnes coletivos ou combater milícias umbralinas em missões específicas, os guardiões se utilizam da energia produzida pelos fenômenos naturais muitas vezes potencializando tais fenômenos ou limitando tais fenômenos dependendo do objetivo envolvido. Como nos últimos dias ocorreu um grande acirramento na cidade de SP por conta dos recentes acontecimentos envolvendo o ex presidente Lula, muitas formas pensamento negativas ligadas à vingança e raiva se multiplicaram acima da média, sendo que o maior número de chuvas e raios serviu exatamente para desfazer essas formas pensamento deletérias ao mesmo tempo em que forneceu energia extra para que os guardiões combatam milícias trevosas interessadas em estimular a baderna nas manifestações.

Como foi explicado no texto do link acima, tais eventos decorrem como resposta da própria natureza aos desequilíbrios produzidos pela humanidade, a semelhança de uma “válvula de escape” utilizada pela própria fisiologia planetária para depurar o excesso de energias negativas produzidas pelo desequilíbrio dos seus habitantes que devido ao grande número de encarnados (com muito ectoplasma) em desequilíbrio, produzem grande cota de energia desequilibrada. Tanto no livro “Brasil o Lírio das Américas” como em “Armagedoom 2036” há vastas explicações sobre esses fenômenos e a sua ligação com questões kármicas e ações dos guardiões    


AÉCIO SERÁ ELEITO? BOLSONARO SERÁ ELEITO?

Creio que ele disputará a eleição de 2018 e não disputará uma eventual e provável eleição em 2016 e acredito que sim, ele será eleito, organizando um governo com os nomes mais competentes para o governo, inclusive chamando Joaquim Barbosa e Sérgio Moro para importantes funções.

Bolsonaro por enquanto não possui chance de ser presidente, necessita aproximar-se da bancada democrata do Congresso e apresentar propostas de cunho mais social e diminuir a imagem de radical de direita, talvez assim consiga disputar um segundo turno, mas dificilmente terá votos para superar Aécio, nome consolidado na oposição e na “esquerda soft” e liberal ou Marina, herdeira dos votos do PT. Hoje em dia os nomes mais fortes a direita são os de Caiado e Carlos Sampaio, há um longo caminho e uma longa rejeição para que o Bolsonaro pense em ser presidente, acredito que ele inclusive tentará o governo do RJ em 2018, o que na minha opinião seria uma jogada mais inteligente.



HAVERÁ CONFUSÕES NAS MANIFESTAÇÕES?

Os guardiões estão trabalhando para que ocorra tudo na mais absoluta tranqüilidade, apoiando espiritualmente o contingente policial que acompanhará as manifestações. No máximo o que pode ocorrer é algum evento isolado, como o ocorrido na primeira manifestação, quando um pequeno grupo tentou entrar na manifestação com objetivos suspeitos em suas mochilas e foi rapidamente contido pela policia. No geral, a exceção de um ou outro grupelho que possa tentar provocar os manifestantes que estarão em maior número, tudo ocorrerá de forma tranqüila e sem maiores problemas.

O mais provável que aconteça em alguns pontos é a ida de pequenos grupos, de no máximo 5 a 10 pessoas defendendo o governo, na espera de serem agredidos ou hostilizados pela maioria e assim conseguirem uma manchete de que foram vítimas de violência dos opositores ao governo, por essa razão a indicação que já tem sido feita em todos os meios é de muita tranqüilidade e paz no coração, a partida está ganha, não é a hora de cair em provocação e perder a serenidade e sim de agir com inteligência.  


AS INVESTIGAÇÕES PROSSEGUIRÃO? A PF TERÁ CORAGEM DE IR ATÉ O FIM E PEGAR OS PODEROSOS ENVOLVIDOS COM CORRUPÇÃO?

Certamente, inclusive após a deposição da presidente e prisão em breve do ex presidente ainda teremos tentativas de reação dos movimentos e grupos ligados a extrema esquerda. Tanto o exército como o efetivo militar da quarta frota americana, que estará próximo ao litoral de SP durante as manifestações não permitirá qualquer sublevação de grupos que queiram combater a ordem pública ou estimular badernas por serem contrários às ações que a Justiça realizará, pois muita gente da cúpula do atual governo ainda será presa. Ainda haverá algumas situações e tentativas desesperadas de reagrupamento, sobretudo no início da década de 20, mas não obterão sucesso, o populismo está com os dias contados na América do Sul e nada, nenhuma ação poderá deter o curso deste processo


HAVERÁ TOMADA DO PODER PELOS MILITARES?

Não, não haverá.


HAVERÁ GOLPE?

Não, o impeachment, assim como a cassação de chapa são dispositivos constitucionais, portanto legais. Golpe acontece quando as leis constitucionais não são observadas e quando não há amplo direito de defesa dos envolvidos, o que não é o caso do atual governo que vai cair pelas vias legais e democráticas.


O QUE VOCÊ PODE FALAR SOBRE NAPOLEÃO E OS REVOLUCIONÁRIOS FRANCESES ENCARNADOS NO BRASIL?

Está tudo no livro “Armagedoom 2036” ao longo de várias páginas, não compensa pegar alguns trechos e por aqui, pois é necessário ler todo o livro para compreender alguns contextos que estão ali descritos.


E A MULHER DO JUDICIÁRIO QUE SERIA PRESIDENTE?

Segundo as informações trazidas no livro “Brasil o Lírio das Américas” tínhamos dois caminhos a escolher nas eleições de 2014, um mais duro e um mais suave, sendo que alertei que a reeleição da atual presidente seria o mais duro. Mesmo assim, os guardiões continuam trabalhando para evitar que alguns eventos do caminho mais duro se materializem, evitando assim uma guerra civil no Brasil. De qualquer forma existe sim o planejamento de uma mulher ligada ao judiciário assumir futuramente a presidência ao longo da década de 20 em conjunto e com o apoio de forças políticas ligadas a uma ideologia mais liberal de economia, mais de centro direita (como é atualmente na Alemanha) e que contará com a participação dos jovens, sobretudo os ligados as forças armadas, exaltando os valores de disciplina, ordem e honestidade (algo muito próprio do perfil militar que ascende nas Eras de Saturno, que começará em 2017) e dentro desse contexto teremos o surgimento do homem do cavalo branco. A linha mestra está traçada no relato contido naquela obra, até o momento tem acontecido praticamente “a risca” o que foi relatado no livro, vamos aguardar e continuar trabalhando por um país melhor: mais unido, mais fraterno, mais produtivo e, sobretudo mais esclarecido nas questões sociais e políticas.  


SE AS MILÍCIAS UMBRALINAS JÁ SABEM DA DERROTA PORQUE AINDA LUTAM?

Pelo mesmo motivo que diversas pessoas têm dificuldade em reconhecer que escolheram ou acreditaram em uma ideologia ou caminho errado por anos ou por vezes, décadas: vaidade e orgulho. Não é fácil reconhecer que por tanto tempo uma pessoa foi enganada, que seguiu um caminho errado, que acreditou numa história da carochinha, então por parecer tão vexatório reconhecer o erro ou humilhante (quando na verdade parece vexatório ou humilhante pelo orgulho da pessoa de presumir que não poderia ter feito um juízo de valor tão equivocado), a pessoa prefere prosseguir na “causa”, tentando mostrar que tem alguma força ou fibra, até porque os próprios grupos ligados “a causa” estimulam a idéia de que aquele que abandona a causa ou questiona certos valores é um fraco ou um infiel e que não merece pertencer a “família” (no caso um agrupamento artificial de pessoas ligadas pelos mesmos interesses). Por tudo isso é que é tão difícil desistir de uma luta ou mudar de opinião: vaidade, orgulho, medo de ser rejeitado pelo grupo que até então acolhia a pessoa.    


OS FANÁTICOS SÃO MANIPULADOS PELAS MILICIAS DO MAL?

Certamente, o que não anula a responsabilidade destes (fanáticos), pois continuam exercendo seu livre arbítrio, apenas permitiram pelo próprio descuido e vontade que fossem dominados por formas pensamento, egrégoras e entidades que nada mais fazem do que estimular pensamentos e sentimentos que já existiam no interior da pessoa.



MENSAGEM DE ENCERRAMENTO DOS GUARDIÕES ANIK E JEREMIAS

Como encerramento deste texto, deixo uma pequena mensagem dos amigos guardiões transmitida no dia de hoje, motivando e aumentando a fé de todos nós que buscamos a construção de um país melhor:

“Amigos e amigas da Terra do Cruzeiro do Sul, o Sol renovado de esperanças desponta no horizonte dos corações brasileiros no próximo 13 de março. Nós, daqui do mundo espiritual, vibramos em paz e alegria pelo despertar desta grande nação. Vislumbramos o fim, muito próximo, das grandes dificuldades econômicas que vocês enfrentaram nos últimos dois anos.

Não permitam que sentimentos de violência e vingança contaminem os seus corações; a luta pela democracia e o combate a corrupção deve elevar positivamente os ânimos de cada um de vocês com alegria e uma fé inabalável de que os destinos do Brasil estão muito acima de interesses pessoais e partidários, estão em verdade nas mãos do povo que apóia a justiça e a democracia

Unidos e em busca de um país melhor, debatendo e fiscalizando os políticos, participando da política com engajamento e novas idéias sem, entretanto, colocar ideologias partidárias e políticos acima do país. Compreendendo que independente do partido ou ideologia, os indícios de corrupção devem ser investigados e fiscalizados pela população.

O Brasil não é monopólio da esquerda e nem será da direita. O Brasil não é monopólio de ditadores aventureiros e partidos ditatoriais que subvertem a democracia política. A depuração que tem acontecido no âmbito político prosseguirá, a justiça será feita sobre todos que tenham participado da dilapidação do patrimônio público, desde o mais conhecido político ao mais influente empresário.

Desmantelamos uma gigantesca organização com ramificações no mundo físico e espiritual, o primeiro passo foi dado, mas muitos ainda virão. Necessitamos que cada um de vocês colabore nesse processo de mudança, questionando e combatendo discursos que estimulem lutas entre irmãos por conta de sua classe social, opção sexual ou cor de pele

Questionando e combatendo discursos que sejam contrários ao pluripartidarismo

Questionando e combatendo o uso de violência contra pessoas e contra o patrimônio público e privado.

Questionando e combatendo sempre o bom combate: de forma pacífica, serena, segura, estimulando sempre o esclarecimento com base na razão e nos fatos, pois é desta forma que estimularemos uma nação mais fraterna e esclarecida.

A transformação e a justiça social nascem da união popular, de um povo esclarecido que conhece e respeita as leis e sua Constituição e exatamente por este motivo pode combater de forma mais ativa a corrupção e fiscalizar seus entes políticos, participando de forma ativa da vida política, reiteramos, debatendo novos caminhos, novas leis, que tornem o Estado mais produtivo, menos corrupto, mais democrático e que estimule a qualificação e a livre iniciativa dos seus cidadãos, pois é exatamente através de uma nação produtiva, que valoriza o trabalho e a produtividade, que o Brasil poderá explorar todo o seu potencial agrário e industrial, qualificando-se para a missão confiada pelo Alto: tornar-se o Coração do Mundo.

Cabe ao povo construir de forma ativa e ordeira um Estado que marche rumo ao progresso. Que estas manifestações dos últimos 12 meses sejam o prenúncio de um engajamento ainda maior do povo dentro de novas questões políticas e sociais, uma população ativa pela transformação social, não por meios tirânicos ou violentos, mas sim pela união e pela paz entorno das leis e da democracia, que compõe as verdadeiras ferramentas capazes de combater a corrupção e a desigualdade social quando estão em mãos conscientes, fiscalizando e trabalhando, não por um projeto político ou partidário, mas trabalhando verdadeiramente pelo Brasil e todos os brasileiros” (12 de março de 2016)

Aos que quiserem se aprofundar nestes temas, os dois livros citados ao longo do texto, “Brasil o Lírio das Américas” e “Armagedoom 2036” estarão em grande promoção no site do Clube dos Autores até o dia 16 de março, basta clicar nos dois banners abaixo para entrar no site dos livros e quem quiser um pdf com trechos das obras, envie um email para profecias2036@gmail.com      

 .




Fanpage Profecias o Ápice em 2036 no Facebook:

Fórum Profecias 2036:

Grupo do Facebook  Profecias 2036: