1 de fev de 2016

Guardiões - O Confronto no Último Final de Semana - Recife a Porto Alegre




Quem acompanhou o noticiário do último final de semana certamente ficou sabendo das grandes tempestades que ocorreram, com diferença de poucas horas, no Recife e em Porto Alegre, causando nas duas cidades a perda de luz para 1 milhão de pessoas no auge dos eventos. Recife não recebia uma tempestade daquelas proporções há mais de 30 anos e Porto Alegre nunca havia passado por algo parecido.

Desde que iniciei o trabalho de esclarecimento sobre o processo de transformação que ocorreria no Brasil e nas Américas, trabalho que culminou com os livros "Brasil o Lírio das Américas" e "Armagedoom 2036" prevendo com meses de antecedência os eventos que aconteceram e continuam a acontecer, sobretudo no Brasil, eu já sabia que a retaliação das sombras em algum momento chegaria, sobretudo após escancarar toda a realidade atual que está no astral de Brasília e a natureza espiritual das principais figuras que comandam a política do país.

Tudo isso somado ao processo cada vez mais evidente e previsto nos livros e no blog de enfraquecimento do populismo no Brasil e nas Américas causou ódio mortal  nas entidades ligadas a esse projeto criminoso de poder, entidades que inclusive têm buscado utilizar-se de alguns médiuns desavisados e ainda simpatizantes com esse tipo de ideologia, o populismo, que está com os dias contados no Brasil e nas Américas.

Como o trabalho de esclarecimento e ensino sobre técnicas projetivas e de manipulação das energias (sobretudo Apometria) é muito limitado em termos de visibilidade, a alguns médiuns aqui no Brasil, sobretudo em Porto Alegre e Recife (citando apenas dois para ilustrar a questão, o Saulo Calderon e o Norberto Peixoto) e mais limitado ainda no esclarecimento sobre a real natureza espiritual da política no Brasil e como que o combate ao populismo, sobretudo na imagem do atual partido do governo têm sido realizado pelos guardiões com a vitória, cada vez maior, do fim do populismo nas Américas (eleição do novo presidente argentino, do novo parlamento venezuelano e nos processos de limpeza aqui no Brasil em relação às principais lideranças do governo), vitórias que foram antecipadas com vários meses de antecedência no blog e nos livros, os médiuns ou grupos que trabalham nessas frentes de forma mais ostensiva acabam sendo muito mais visados pelas sombras. 

Como já havia comentado em um texto antigo do blog, o que mais incomoda as sombras não é o ensino da reencarnação, da lei do karma, mas sim o ensino de como lidar com a mediunidade de forma prática e racional (sem oba-oba e animismos), o estudo científico dos fenômenos mediúnicos e das experiências projetivas e mais ainda quando é mostrado um estudo que prevê o fim das estruturas populistas de poder nas Américas, prevendo e comprovando dia após a dia a veracidade das experiências projetivas e o relato dos guardiões atestando a derrota das trevas cada vez mais fragorosa no território sulamericano. Esses relatos estão aqui:



A tentativa de retaliação veio. Sexta feira, um pouco antes do início da tempestade aqui em Porto Alegre, publiquei um texto antigo de 2012, falando exatamente sobre o papel de limpeza exercido pelos guardiões (exús) e guardiãs (pombas-gira) sobre as milícias umbralinas (kiumbas) relembrando inclusive como as hostes trevosas aproveitam essa época de carnaval e pré carnaval para atacar com mais força a superfície terrestre no limiar entre os mundos físico e astral. 


Muitos kiumbas apresentam a aparência de antigos guerreiros medievais, pois a grande                                      maioria destes espíritos não reencarna há vários séculos

Quem leu o "Tambores de Angola" do Robson Pinheiro muito citado naquele texto e o "Brasil o Lírio das Américas" vai relembrar o papel importante que fenômenos naturais como chuvas intensas e trovões auxiliam na limpeza energética de determinados locais da superfície, sendo que muitas vezes os guardiões utilizam essa energia da natureza para combater ataques maciços de milícias trevosas, ainda que ocorram conseqüências no mundo físico, mas que estão diretamente ligadas ao chamado karma planetário, temas que foram abordados aqui:




O que aconteceu na sexta feira foi um ataque maciço de forças trevosas ligadas ao plano astral inferior de Brasília e que atua, como esclarecido no livro "Armagedoom 2036", diretamente sobre o governo federal, um ataque com o claro intuito de atingir forças em Recife e em Porto Alegre que estão atuando no esclarecimento da realidade do plano espiritual, através do ensino de técnicas como projeção astral e Apometria e que estão ajudando a esclarecer sobre o processo de destruição do populismo na América do Sul e no Brasil, sistema (populismo) que tem ajudado a sustentar boa parte das ações trevosas desses governos nos últimos anos aqui na América do Sul e que está com os dias contados.

Ocorreu uma tentativa desesperada e enraivecida das sombras diante do aceleramento cada vez mais visível dessas transformações e que ficará ainda mais claro a partir de meados de fevereiro. Como tenho dito aqui é uma guerra perdida para eles e para quem ainda insistir em apoiar esse tipo de caminho (populismo e partidos e políticos que apóiam tais idéias) também vai perder nessa guerra, nada pode ser feito para evitar que os guardiões e as equipes de Jeremias e Anik cumpram a missão a eles confiada, repito, absolutamente nada por ser feito para impedir isso, quem quiser tentar ir contra vai apenas gastar energia em vão.


A TEMPESTADE EM PORTO ALEGRE

O centro da tempestade aconteceu bem na região que eu moro. Como moro em um andar bem alto, foi possível ver e ouvir o estrago nas proximidades: árvores e postes caíram, telhas voaram, algumas janelas de madeira também, janelas de vidro trincaram, antenas caíram, tudo isso nos prédio ao redor. Aqui em casa nada aconteceu e "milagrosamente" a janela de madeira do meu quarto que estava aberta permaneceu firme e forte e nada se quebrou ou trincou. Do ponto de vista astral, a energia elétrica gerada pela tempestade possibilitou não apenas combater as hostes trevosas que realizaram ataques coordenados sobre médiuns do Recife e Porto Alegre como também a desmantelar e enfraquecer muitas das estruturas ligadas a capital gaúcha, estruturas mapeadas desde 2012 como pode ser visto aqui: 


Na noite de quinta para sexta feira (ou seja, a noite anterior a tempestade) eu vivenciei uma experiência projetiva bem interessante. Sequer cogitava que um trabalho de limpeza seria realizado em Porto Alegre e Recife um pouco antes do carnaval, combatendo as forças jacobino-bolcheviques no astral, revoltadas diante da intimação e inevitável queda de Napoleão e toda a estrutura de poder que ele ajudou a criar ao longo de sua atual encarnação (maiores informações no livro “Armagedoom 2036”).

Na noite que precedeu o temporal cheguei (fui levado) em projeção até uma bela praia no mundo espiritual que não parecia com nenhuma das praias aqui do Brasil, não saberia dizer a localização, mas não parecia estar situada sobre o astral do Brasil.

Na companhia de alguns amigos espirituais seguimos a partir daquele ponto, por uma espécie de um portal, até chegarmos a cozinha de um hotel (a mesma cozinha que havia visto e narrado no livro Brasil o Lírio das Américas, quem leu o capítulo sobre os arquivos 777 vai lembrar) dessa cozinha, ate a base subterrânea uma serie de portas e compartimentos que eu abria uma a uma até que cheguei a uma sala na qual estava um homem negro com roupa toda preta típica dos membros do Stargate, não tinha a aparência típica dos guardiões que normalmente se apresentam em uma forma perispiritual humana e com elevada estatura. Ele estava encostado em uma parede e não era possível vislumbrar o cordão de prata, mas acredito que era um encarnado em projeção consciente.

O homem sorriu pra mim assim que entrei naquela sala, que contava com alguns aparelhos eletrônicos. Em seguida ele acionou uma espécie de projetor de imagens emitindo uma grande luz branca e de repente toda a estrutura do lugar se transformou, não estávamos mais em 2016 e sim em algum momento nos anos 50 naquele hotel, quando os conflitos entre os grupos mundiais do plano astral reverberavam a polarização no mundo físico entre o socialismo e o capitalismo. Ao abrir a porta e sair daquela sala, toda a estrutura não lembrava mais um moderno local tecnológico em 2016, de alguma forma aquela máquina que se assemelhava a um projetor de imagens acionou a projeção das imagens ligadas ao passado daquele local, mostrando uma época na qual muitos espíritos e, sobretudo, grupos rivais ainda estavam presos.

Andei pelo hotel entre aquelas pessoas que não me enxergavam, claramente eu estava dentro de um dos arquivos do Akasha que retratava em alta fidelidade de imagem e som a realidade daquele lugar há muito tempo, localizado em um hotel bem no coração de Nova York. A sensação de transpor a realidade de 2016 para a projeção holográfica daquele passado plasmado nos arquivos akáshicos era como mergulhar, literalmente, em uma outra realidade, semelhante a grosso modo quando se adentra por completo dentro d’água, quando se sente um ambiente (aquático) diferente do ambiente terrestre, ou seja, com um pouco de treino é possível notar a diferença entre uma projeção no astral e uma projeção dentro de um arquivo ou pesquisa no Akasha.  

Logo em seguida após essas experiências retornei ao corpo físico sem maiores informações e não fazia idéia o que aconteceria horas depois no temporal que acometeu a cidade de Porto Alegre, informações que Jeremias me explicaria depois. 

Em virtude dos festejos de pré carnaval e carnaval, segundo informou Jeremias, as hostes umbralinas aproveitam a queda vibratória do ambiente neste período na superfície para executarem planos de ataque sobre determinados alvos, planos que ganharam urgência em virtude dos recentes acontecimentos da operação Lava Jato envolvendo pessoas poderosas ligadas ao atual governo, o que estimulou uma ação mais enérgica das milícias do astral ligadas a região umbralina do Planalto Central.

guardiã, pomba gira, Anik


Sabendo disso, as equipes de guardiões de Anik e Jeremias, com o apoio tecnológico da equipe ligada ao grupo de projetores do projeto Stargate (amplamente relatados no "Brasil o Lírio das Américas" e "Armagedoom 2036" em especial sobre a ação na América do Sul) preparou uma grande operação de contenção, movimentação especial que inclusive vai estar ainda mais efetiva entre meados de fevereiro até o período das Olimpíadas, principalmente no entorno do Rio de Janeiro.

Mais sobre o Stargate: 

A mesma tecnologia astral que foi descrita no "Brasil o Lírio das Américas" e gerou um tsunami no plano astral na orla carioca naquele relato, foi utilizada para potencializar um fenômeno natural que ocorreria em menor escala tanto no Recife como em Porto Alegre e foi exatamente essa potencialização, gerada pela tecnologia dos guardiões, que proporcionou a energia necessária para combater as milícias umbralinas. Processos semelhantes ao ocorrido em Recife e Porto Alegre podem acontecer no decorrer de fevereiro, em Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo.

placa tectonica de cocos

Há ainda a previsão, trazida diretamente pelas equipes de Anik e Jeremias, de um evento natural de maiores proporções nas Américas do Sul e Central, devido a um grande tensão acumulada nos últimos 2 anos na placa tectônica de Cocos na junção com a placa do Caribe, na região da Costa Rica e do Panamá, para ocorrer até o final de 2017, quando se encerra o período mais ostensivo da ação dos guardiões nas Américas do Sul e Central para colocar fim aos governos populistas da região. Nas imagens que vi na projeção realizada essa noite (de domingo pra segunda) o cenário de devastação é muito parecido ao ocorrido no Haiti e foi relatado que esse evento será um terremoto podendo acontecer a formação de um pequeno tsunami na região.

Nos links deixados ao longo deste texto é possível compreender a relação entre eventos de ordem natural com provações individuais e coletivas ligadas ao karma planetário, algo que é comum em mundos provacionais e tende a ocorrer de forma mais intensa e recorrente nos períodos finais que encerram uma Era de expiação e provas, como os 20 anos que vivenciaremos até os idos de 2036. 


.


Fanpage Profecias o Ápice em 2036 no Facebook:

Fórum Profecias 2036:



23 comentários:

Rawyn disse...

José, eu more em Recife, mais para ser precisamente correto moro em camaragibe Pernambuco, foi incrível mesmo oque aconteceu. Gostaria de saber se você também faz parte do Colegiado de guardiões do robson pinheiro, se não, também gostaria de saber como eu um simples mortal, apesar de estar estudando sobre projeção e n coisas, física quântica, mecânica quântica,estar fazendo ressonância harmônica(longe de mim me gabar disso) porém gostaria de saber como eu poderia me juntar claro, inicialmente nos estudos, também estou fazendo o curso gratuito de projeção consciente do Saulo que infelizmente está por fora disso tudo que está ocorrendo no plano astral. Gostaria com sua ajuda saber como eu aqui em Recife pudesse ser útil ajudando a conscientizar todos os médiuns daqui a cerca da real situação que está acontecendo. Os que são mais desenvolvidos no quesito mediúnico e em todos os aspectos, na questão de habilidades não sabem realmente de nada, eu ainda não frequento nenhum centro, pois o daqui da minha cidade é muito limitado, gostaria de sua ajuda, pois realmente eu quero ajudar.

José Alencastro disse...

Olá Rawyn. Eu não faço parte do Colegiado de Guardiões do Robson Pinheiro, o trabalho que realizo está atrelado às equipes de guardiões de Jeremias e Anik e ao trabalho de saúde da equipe do Dr Fritz, que são algumas das incontáveis células que atuam ligadas à Fraternidade do Sol e da Lua. As equipes do mundo espiritual sempre acolhem aqueles que têm o interesse em trabalhar, mesmo que o médium inicialmente não realize projeções lúcidas ou totalmente lúcidas, pois mesmo assim ele pode trabalhar no mundo espiritual enquanto o corpo físico descansa (ainda que pouco ou nada lembre quando retornar ao corpo físico).

O primeiro ponto para ajudar é se propor a ajudar. Procurar estudar, trabalhar as energias (EV, meditação, se possível um trabalho em um centro) isso por si só já ajuda bastante as equipes do mundo espiritual que gradativamente ajudam a pessoa a ganhar maior lucidez no mundo espiritual.

Outro ponto que ajuda na questão espiritual é buscar imprimir os valores espirituais no dia a dia, ou seja, buscar um contato saudável com as pessoas, estudar e trabalhar dentro da vida "mundana" e junto a isso desenvolver o estudo e as práticas energéticas, pois é no dia a dia do mundo físico que a gente começa testando nossas habilidades: se conseguimos criar uma postura serena e segura no dia a dia com os encarnados, esse mesmo estado de espirito tende a ser mantido quando adentramos no mundo espiritual.

Por fim acredito muito no estudo racional e científico, que pode ser analisado comparado, por isso gosto tanto do tema profecias (e não para daqui a 50, 60 anos, mas pra agora, pra que possa ser comprovado, pois se não se conseguisse comprovar profecias em 2014, 2015, 2016, muito menos se conseguiria para 2036). Creio que utilizando esses filtros, os estudos e práticas podem ser muito mais proveitosas.

Anselmo Aguas disse...

Bom dia, José

Minha cidade (Águas de Lindóia)em janeiro foi bem afeta pelas chuvas, ocorrendo diversos deslizamentos e remoção de familias em áreas de risco.

Te pergunto: as mesmas situações que ocorreram no POA e Recife, podem ter ocorrido aqui na minha cidade também ?

Boa semana e muito obrigado.

Luís Gabriel N. Simas disse...

Olá José. Tem alguns anos que não te mando perguntas. Mas, esse Post me interessou sobremaneira.
Quando e como podemos saber que um evento desses pode ser o resultado de um confronto espiritual? Como podemos identificar isso? Moro no Rio de Janeiro e aqui chove bastante, mas noto que algumas chuvas são meio estranhas e até "fora de época" ou "fora de hora", principalmente quando o céu está limpo e em menos de 3 ou 4 horas temos uma tempestade bem forte caindo, ou raios apenas...

Poderia nos ajudar com essa elucidação?

José Alencastro disse...

Olá Gabriel, na sua pergunta já está a resposta. As chuvas que aparentemente surgem "do nada" rapidamente, com muitos raios, normalmente indicam fenomenos naturais que estão sendo potencializados pelos guardiões para realizar missões de limpeza na superficie (plano astral intermediario) com praticamente zero de desencarnes ou feridos graves, pois são missões de limpeza e combate a milicias e muito menos de karmas coletivos ou planetários (como descrito nos links dentro do texto), pois nos eventos que envolvem karmas coletivos ou planetários há uma estrutura extra de socorro ao grande numero de desencarnados. Os dois livros que relatam bem a diferença desses cenarios são "Tambores de Angola" do Robson e "Transição Planetária" do Divaldo.

José Alencastro disse...

Podem Anselmo, há que se observar o que foi respondido na pergunta do Gabriel

João Inácio disse...

Oi, Zé, sou outro que não tenho mandado perguntas nos últimos tempos.

Buenas, coisas estranhas aconteceram.

Eu tenho em casa um "pau de chuva", um objeto feito por uma tribo indígena da região do Xingu (ao menos foi assim que me disse a pessoa que me presenteou com o objeto). Ele parece ser feito de um tipo de bambu oco, com sementes dentro e decorado com desenhos. Os índios o utilizam para "chamar chuva", chacoalhando o objeto e fazendo som.

Este objeto indígena está no corredor do meu apartamento, com função decorativa, junto aos meus livros.

Cerca de uma hora antes do horror que se abateu sobre Porto Alegre, estava em meu quarto lendo, não havia vento, nem brisa e fazia um calor pavoroso. Então, o pau de chuva começou a fazer barulho sozinho, sem ninguém tocá-lo, ou haver correntes de ar. Fui para o corredor e objeto estava parado onde sempre esteve. Logo em seguida, meu gato se escondeu embaixo da minha cama...

Meia hora depois, sem aviso ou sinalização alguma do que estava por vir, a tempestade caiu sobre Porto Alegre.

Aqui na esquina uma árvore foi arrancada pela raiz, na pracinha em frente ao meu prédio outras árvores foram quebradas.

Parte da fachada do meu prédio, com azulejos, foi arrancada (do quarto ao primeiro andar). Na outra esquina, um transformador explodiu e foi assustador (noite de sexta, sábado e parte do domingo sem energia elétrica e água em casa) . Na rua ao lado, a Marques do pombal, que é, ou melhor era, um túnel verde, restaram poucas árvores sem danos, a fiação elétrica totalmente destruída, muitos apartamentos tiveram janelas explodidas e persianas arrancadas. Vários postes caíram sobre a avenida e uma agência bancária foi completamente destruída noutra avenida, como se tivesse sido bombardeada.

Nada aconteceu no meu apartamento, que fica num prédio muito antigo com portas e janelas de madeira (venezianas). Na minha sacada, tenho diversos vasos de plantas, bonsais (alguns bem pequeninos), fonte de água. Tinha certeza que teria perda total.

Não aconteceu NADA , nem ao menos os vasos, mesmo os menores, se moveram. TUDO intacto....

Ontem o pau de chuva fez barulho sozinho de novo. Em seguida, recebi uma ligação contando de um grave fato ocorrido em família....

Ah, na Umbanda (que não ando frequentando...) sou filho de Oxóssi...

José Alencastro disse...

É um relato muito interessante João, que mostra a sensibilidade dos animais em sentir a formação desses eventos (dizem que na época do tsunami na Indonésia, horas antes, os elefantes e animais de maior porte na região mais castigada ficaram muito inquietos e com um comportamento muito diferente), o mesmo vale para alguns objetos "mágicos" que nada mais são do que condensadores de energia que captam e sobrecarregam energia apontando algo de diferente (quem não tem um desses em casa ou um altar, normalmente percebe essas mudanças pelo estouro de um lampada ou batida mais forte em algum objeto da casa, normalmente eletronico ou que sustenta algum aparelho eletronico)

Outro ponto interessante é que mesmo numa grande tempestade (ou como disseram, uma bomba de vento vertical que caiu na cidade) se a pessoa está protegida de algum ataque espiritual ou simplesmente não está na ficha karmica dela passar por um acontecimento mais grave (alem de alguns dias ou horas sem luz ou agua), a proteção é realizada para que os efeitos ou desdobramentos de um combate desse porte no astral que causa resquicios no plano fisico não atinjam a pessoa ou um grupo de pessoas em determina região, mesmo que a região seja bastante atingida.

gladstoni kurz disse...

Oi Zé, interessante o que aconteceu na tarde de sexta-feira aqui em Pelotas, começou a se formar um temporal, geralmente o barulho dos trovões são intermitentes, mas o que aconteceu foi o barulho de um trovão com mais de 5 minutos no céu, comentei com o meu irmão que isso não era normal, começou a chover com trovões de forte intensidade e raios, não demorou e passou,após se via que nuvens carregadas se direcionavam para o norte(Porto Alegre). O que estranhei mesmo foi esse trovão de minutos, detalhe o céu ainda não estava bem carregado, somente nublado, abraços.

José Alencastro disse...

Pois é Gladstoni, como se os trovões fossem potencializados. O próprio fenômeno que ocorreu aqui em Porto Alegre nem poderia ser definido como um tornado ou furacão, pois não teve redemoinho, mas sim uma "bomba de vento vertical" fenomeno que acontece quando o vento é lançado como um raio no chão no sentido vertical e sobe rapidamente no mesmo sentido vertical, por isso que tantas árvore e postes foram arrancados. Um abraço

Bruno Rosa disse...

Oi Jose, voce nao deixou claro no livro Armagedoom quem era Napoleao encarnado. Voce poderia aqui ser mais especifico?

José Alencastro disse...

Está claríssimo no livro Bruno, mas vou te ajudar :)

Ambos possuem o nome de um animal de 4 letras no nome ;)

Veruska disse...

E só tem 9 dedos.
Olá, José! Estou sumida mas continuo te acompanhando. Inclusive adorei o livro Armagedoom e me emocionei imaginando Tears for Fears na voz do Tim Maia e um coral de crianças. De arrepiar!

Luís Gabriel N. Simas disse...

José. Boa tarde.
Sou eu novamente.
E esses ataques de Zika, Dengue, Chikungunya e agora a H1N1 que está voltando? Será um ataque das trevas ou um carma coletivo, estou achando isso muito estranho os casos de zika e microcefalia surgiram do nada... o que está havendo? O que te dizem os Guardiões? você já participou de alguma missão para pacificar algum "laboratório" do Astral que esteja fabricando e disseminando esse tipo de flagelo?

Forte Abraço

Luís Gabriel N. Simas disse...

José, olha só essa matéria que saiu no Jornal O Dia de hoje:

http://odia.ig.com.br/noticia/mundoeciencia/2016-02-04/cientistas-dizem-que-e-hora-de-cancelar-olimpiadas-no-rio-por-surto-do-zika.html

Não sei não hein, acho que deu algo parecido no Mapa Astral que você fez para as Olimpíadas não é mesmo? "Um evento que seria preponderante e que faria mudar o rumo das coisas..."... será que é isso?

Forte Abraço

João Inácio disse...

Oi, Zé! E esse dilúvio que se abateu agora de manhã sobre Porto Alegre, chovendo em duas horas o equivalente ao mês todo, é continuação desta batalha astral. Vc havia dito que poderia haver novos episódios climáticos, mas em outras partes do Brasil. O que eu vi hj de manhã aqui na zona norte foi pré apocalíptico. Nem consegui ir ao meu compromisso. A estação local do metrô, alagou, os ônibus pararam de circular, água entrando em casas, prédios e lojas. Um horror. Outra coisa estranha, estamos no auge do verão e aqui no RS as chuvas de verão são em forma de pancadas. Hj de manhã parecia que estávamos numa manhã de inverno. Não foi normal o que aconteceu hj.

José Alencastro disse...

Olá Luís Gabriel, venho comentado sobre esses temas aqui no blog e também no livro "Armagedoom 2036", inclusive no próprio início da "A Bíblia no 3º Milênio" tem uma vasta explicaçao sobre como funciona o karma, destino, porque nao existe fatalidade, qual a funçao retificadora do karma além de outros temas atuais, como o karma planetário e a relação do karma e a prosperidade (abordados nos links deste texto). A manifestação das doenças, como já expliquei aqui e está explicado em diversas obras (Codificação, nas obras de Ramatis)nunca tem um objetivo punitivo mas sim retificador, o corpo fisico na maioria das vezes serve como o "mata borrão" para drenar as toxinas produzidas pelo corpo astral, o que normalmente se manifesta na forma de doenças. Os desencarnes coletivos, surtos coletivos de doenças de tempos em tempos são mecanismos utilizados não como castigo, mas para colaborar no processo de purificação interna, a semelhança de um doente grave que precisa de profunda intervençao cirurgica para que obtenha saúde: aparentemente a intervenção em si causa dano, dor, mas ocasionará a retirada da doença ou problema maior que estava afetando internamente a pessoa. Muitas pessoas infelizmente não aceitam a lei do karma e pior ainda, se preocupam tao somente com a cura do corpo físico, quando que na realidade para a justiça divina o mais importante é a cura do espirito ao longo das sucessivas encarnações, mesmo que para isso seja quase sempre necessário passar por doenças ou limitações fisicas, mas que funcionam como uma intervenção cirurgica para um bem maior, que no caso é o crescimento e fortalecimento moral do espírito, sobretudo em mundos provacionais como a Terra. A fase da negação é muito comum, sobretudo entre os mais materialistas, assim como a fase da raiva, mas é exatamente na aceitação a fase que a maioria que procura o Espiritismo compreende os motivos (karma) e a necessidade de crescimento interior para superar os desafios que surgem na forma de provações e expiações. Um abraço

José Alencastro disse...

É João, eles são persistentes, tanto que como foi dito no noticiario o novo diluvio foi no mesmo ponto mais afetado pelo temporal anterior hehehehe. Mas é assim mesmo, eles podem tentar cem vezes que cairão cem vezes, um abração

BVB disse...

José, veja essa notícia de hoje:
http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2016/02/quase-12-mil-raios-atingiram-regiao-metropolitana-do-rio-em-cerca-de-3h.html

"Quase 12 mil raios foram registrados na Região Metropolitana do Rio entre 16h e 19h25 desta terça-feira (17). Uma forte chuva atingiu várias cidades do estado e os maiores índices de chuva nas últimas 24 horas foram em Petrópolis (202,3 mm), na Região Serrana, Magé (106mm), na Baixada Fluminense, Duque de Caxias (91,6mm), também na Baixada, e em Irajá (61,2mm), no Subúrbio do Rio."

caminho do pinhal disse...

boa tarde José

como você faz essas viagens, como se mete no meio do espiritual e tens amigos e vê entra em lugares jamais vistos, ensine para a gente fazer o mesmo, ou qualquer pessoa não pode fazer isso, tem que haver um grande preparo ? eu queria ter uns amigos assim como você tem e sair por aí desvendando mistérios ocultos, não vistos a olho nu...
valeu, blog sensacional !!

Elcio disse...

Bom dia José,

Não lembro onde li em seu blog, você menciona que há uma corrente de videntes que dizem que o prazo seria 2019 e não 2036, pesquisando no web noto que todos vão por esse caminho (2019), todos falam de uma a guerra mundial, provocada "pelos senhores do mundo", "iluminati", ou sei lá o nome que se pode dar para tais criaturas malignas, de que a America do sul, Oceania (Austrália) e a Africa seriam os continentes seguros, que haveriam cataclismos, tesunamis e tudo mais, me chamou a a tenção pois deixam claro que quem quisesse sobreviver teria que fugir da América do Norte Ásia e Oriente médio, para os continentes seguros. É possível que enfrentemos uma invasão armada? Eles também afirmam que serão usadas armas Nucleares, lembro que você diz que chegaríamos perto disso, mas devido aos cataclismos mundiais isso ficaria de lado.

Augusto Carlos Pola disse...

Qual a mensagem ou significado (se houver) das duas crianças geradas por Gaia em seu último livro?

Hiago Freitas disse...

Qual a atual encarnação de Napoleão?