22 de out de 2013

Mapa Natal e as Profissões (Parte I de II) - A Carreira Profissional

Mapa astral, signo solar, sol, ascendente

Mais um texto para ajudar você que deseja aprender como fazer um mapa natalPara aprender a gerar um mapa astral utilizando o astro.com basta entrar no link: AQUI 

De modo geral, o signo original ou arquétipo da casa na qual o Sol estiver definirá em qual profissão a pessoa melhor se encaixará. Por exemplo, alguém com o Sol na casa 01 naturalmente se encaixará melhor em profissões arianas (signo que rege naturalmente a casa 01), alguém com Sol na casa 07 nas profissões librianas (signo que naturalmente rege a casa 07 e assim por diante).

Da mesma forma, o aspecto mais favorável em relação ao Meio Céu definirá de qual forma a pessoa deve buscar exercer essa profissão ou carreira, se do jeito lunar, jupteriano, netuniano e assim por diante.

Com essas duas pistas em um mapa astral fica mais fácil compreender em qual profissão ou carreira a pessoa terá maior chance de desenvolver seu potencial, assim como ter maior satisfação pessoal. Uma análise do mapa completo e de outros elementos trará mais detalhes e, porventura, a importância de outro ou outros signos e sobre isso o segundo post da série trará maiores informações.

Áries: Atração por novidade e aventura. Seu trabalho não pode ser monótono. Está sempre envolvido com as profissões mais recentes que são ainda novidade no mercado de trabalho. Sua atividade deve exigir ímpeto, muito movimento. Envolvimento com máquinas, animais, pessoas e metal. O ariano sai-se bem como automobilista, esportes radicais ou de alto nível competitivo, artesão de metal, camponês, cirurgião, dentista, diretor de cinema e televisão, engenheiro, explorador, fazendeiro, ferroviário, industriário, jardineiro, metalúrgico, militar, oculista, publicitário, repórter, veterinário.

Touro: Apaixonado pela beleza, pelo poder econômico e pela natureza. O taurino aprecia atividades automáticas e monótonas. Sua persistência é muito grande e ele acaba conseguindo uma excelente posição financeira. Aliás, a possibilidade de enriquecer é geralmente decisiva na escolha de sua profissão. Sua atividade deve envolver sensações físicas, (tocar, provar), a natureza (terra, madeira, alimentos) e se desenvolver em ambientes naturais (campo, jardim). O taurino é um bom agricultor ou profissional do campo, arquiteto, artista, bancário, cabeleireiro, caixa, cantor, cozinheiro, economista, engenheiro, esteticista, fazendeiro, financista, florista, jardineiro, jornalista, latifundiário, locutor, marceneiro, modista, músico, otorrinolaringologista, pintor, profissional da indústria alimentícia.

Gêmeos: Dinamismo intelectual e grande poder de comunicação, que pode ser pela via falada ou escrita. A melhor atividade para o geminiano é aquela relacionada a algum tipo de comunicação. Sua grande curiosidade faz com que esteja sempre querendo aprender mais a respeito de tudo. Muda constantemente de atividade, não tolerando a rotina. Sua atividade de exigir movimento, mudança, comunicação em todos os sentidos. O geminiano adapta-se bem como agenciador, comissário de bordo (aeromoça, para as geminianas), atividades que envolvam turismo e viagens, carteiro, conferencista, editor, escritor, diplomata, esportista, gráfico, impressor, jornalista, livreiro, locutor, pintor, político, porteiro, professor, secretário, telefonista, vendedor.

Câncer: Sensibilidade para ajudar a todos. Costuma envolver-se em empresas cujos sócios sejam membros de sua família ou dá continuidade a um negócio já construído pela família. Evita competições para não se sentir magoado com possíveis perdas. Se o canceriano se envolver excessivamente com seus sonhos não se fixará no mesmo emprego por muito tempo. Sua atividade deve exigir tranqüilidade e ocasião em que possa receber elogios. Sua melhor atuação é com alimentos, roupas, animais, crianças e água. As seguintes profissões são adequadas ao canceriano, antiquário, arqueólogo, astrônomo, atividades relacionadas a restaurantes, comerciante, corretor de imóveis, cozinheiro, enfermeiro, fornecedor de alimentos, fotógrafo, historiador, hoteleiro, marinheiro, mergulhador, músico, pedagogo, pediatra, pescador, poeta, escritor, ator, político, professor, religioso, veterinário.

Leão: Gosta de liderar e comandar. O leonino só é empregado enquanto aguarda uma chance para se tornar o chefe ou pelo menos conseguir um cargo melhor do que aquele que se encontre. Procura atividades que lhe traga prestígio, que vale, para ele, mais que dinheiro. É um bom organizador, mas não é o melhor dos executores. Sua melhor atividade é como autônomo, onde será o chefe de si mesmo. Precisa exercer um trabalho ativo, onde sua energia possa ser extravasada. Atividades para o leonino: advogado, antiquário, serviço ligado às diversões e jogos, ator, bailarino, banqueiro, cardiologista, comércio exterior, desenhista, diretor de teatro, cinema e televisão, empresário, joalheiro, gerente, ginasta, ourives, organizador, patrão, piloto, político, professor universitário, relações públicas, tenista.

Virgem: Responsabilidade e qualificação. O virginiano tem grande habilidade para o trabalho artesanal ou especializado. Possui inteligência prática, muita organização, espírito de pesquisa, o que fazem dele um trabalhador completo. Para ele o trabalho é muito importante, e ele não entende a vida sem uma tarefa para desempenhar. Sua atividade deve exigir disciplina, análise, muitos detalhes a serem considerados. O virginiano será um ótimo empregado: como advogado, analista, arquivista, artesão, bibliotecário, ciclista, comerciante, contador, costureiro, nutricionista, enfermeiro, escriturário, funcionário público, médico, modista, professor, relojoeiro, secretário, cientista, pesquisador

Libra: Beleza e harmonia. O trabalho que exige esforço físico não foi feito para o libriano. Sua tendência vocacional é para os ramos profissionais que exigem o tato, a compreensão, o julgamento. Sempre tem que haver a presença de pessoas em harmonia no seu trabalho, não gosta nem um pouco de críticas. Precisa sentir que seus colegas e superiores o aprovam totalmente. Sua atividade deve contar com a associação, a comunicação, a beleza, a harmonia. Para o libriano, é bom ser acrobata, advogado (área jurídica em geral), árbitro, arquiteto ou decorador, avaliador em geral, avaliador de pedras preciosas e minérios, cabeleireiro, corretor de vendas, costureiro, dançarino, desenhista, designer, diplomata, escritor, esteticista, florista, joalheiro, funcionário público, juiz, pintor, manequim, militar, modista, urologista ou relações públicas.

Escorpião: Pesquisa, poder e força mental. A pesquisa profunda e o poder de comandar os outros são as tendências do escorpiano. Comércio não é o seu ponto forte. Sai-se bem em qualquer trabalho que lhe exija uma profunda análise e uma estratégia bem arquitetada. Suas atividades devem ser de natureza polêmica, contestadora, dando condições de destruir e recomeçar, de mostrar seu poder. O escorpiano tem tudo a ver com as atividades de administrador, agente funerário, astrólogo, cirurgião, dentista, detetive, engenheiro, mecânico, escrivão, esportista, investigador, juiz, marinheiro, médico, policial, psicanalista, psiquiatra, químico, reformador, sexólogo, teatrólogo, vendedor, agente da bolsa de valores, "headhunter", executivos de grandes corporações, espião.

Sagitário: Liberdade e agilidade. O sagitariano aprecia trabalhos que não lhe tolham a liberdade. Não suporta a burocracia, as minúcias do dia a dia. O tipo superior faz de tudo e muito bem, O tipo inferior também faz de tudo, mas nada sai direito. Só se torna responsável profissionalmente na idade madura. Suas atividades devem estar ligadas à independência e solidariedade, a pessoas, à expansão. O sagitariano estará feliz se for advogado, comissário/aeromoça, agricultor, astronauta, bookmaker, diplomata, escritor, esportista, explorador fazendeiro, filósofo, interprete, inventor, jardineiro, jóquei, juiz, guia turístico, legislador, oculista, piloto de avião, professor, psicóloga, religioso.

Capricórnio: Empenho pelo sucesso profissional. O capricorniano pode escolher qualquer profissão. Seu empenho faz com que ele se saia bem em todas. Dono de uma persistência infinita, acaba conseguindo atingir seu objetivo, que tem sempre o sucesso financeiro envolvido. Sua maior capacidade está na organização. Suas atividades estão sempre ligadas ao seu modo bem individualizado, à terra, à estruturação. O capricorniano desempenhará melhor estas funções: agricultor, alpinista, antropólogo, comerciante, dentista, dermatologista, flautista, funcionário público, geólogo, gerente, inventor, ortopedista, pastor, pescador, político, reumatologista, profissões onde exista alto grau de competitividade.

Aquário: Uma visão do futuro. O aquariano sai-se bem em profissões que exijam criatividade. É atraído por áreas novas, que não tenham limites bem definidos. Não considera os riscos da novidade. Suas atividades devem afirmar sua independência, mas sempre junto de muitas pessoas, com tecnologia moderna e o ser humano como o centro de interesses. O aquariano será mais criativo se exercer a função de astrólogo, astronauta, aviador, ceramista, cientista, criador de animais, eletricista, escritor, esportista dedicado a atividades ousadas, jardineiro, filósofo, inventor, juiz, pescador, pintor, político, psicólogo, radiologista, técnico de computação, técnico de rádio e televisão.

Peixes: Dedicação e sensibilidade. O pisciano pode dedicar-se a duas atividades profissionais. O que norteia sua escolha é a capacidade de dedicação, a grande sensibilidade que coloca em tudo o que faz. De constituição física que normalmente não é das mais fortes, não costuma dedicar-se a trabalhos que exijam muito esforço físico. Suas atividades devem envolver muitas pessoas, e ele coloca seu coração em tudo o que faz, sendo capaz de grandes sacrifícios. O pisciano se sentirá mais realizado nestas profissões: anestesista, artista, assistente social, astrólogo, astrônomo, atividades ligadas à pesca, agricultor, bailarino, comércio de bebidas, cuidadora, enfermeiro, floricultura, geriatra, ginasta, indústria têxtil, laboratorista, marinheiro, mecânico, metereologista, mergulhador, místico, patologista, pedicuro, psicólogo, sapateiro.

Mais sobre os tipos "empregado", "chefe" e "colega", ver clicando: AQUI 

Vamos agora analisar a questão do MC. Uma pessoa que tenha, por exemplo, no seu mapa o melhor aspecto do MC (um trógono, um sextil) em relação a Vênus, deverá exercer sua profissão dando ênfase aos valores de Vênus, pois como neste caso é ele o planeta que faz o melhor aspecto com o MC, os arquétipos ligados a esta energia planetária são os mais favoráveis para que a pessoa encontre sucesso e felicidade na profissão que seguir (de preferência observando o signo original ou arquétipo da casa na qual o Sol estiver, como foi mostrado a pouco no post).

Vejamos então os arquétipos de cada um das energias planetárias do mapa:

Sol — Autoconhecimento racional e analítico, figura paterna, autoridade, vitalidade, senso de identidade, o trabalho é uma ferramenta para conhecer e compreender a si mesmo, deve ajudar no sentido de autodeterminação e pró atividade.

Lua — Desenvolvimento emocional, figura materna, receptividade, fertilidade, alimentos, padrões de hábitos, o trabalho é uma ferramenta que a pessoa deve utilizar para sentir e trabalhar positivamente com as emoções das outras pessoas, para que assim possa melhorar seus próprios padrões emocionais, superando padrões emocionais infantis através do amaducerimento que deve buscar desenvolver nas relações dentro do trabalho. 

Mercúrio — Capacidade de comunicação, movimento, razão, intelecto, percepções sensoriais. A comunicação e as sensações dos 5 sentidos (o toque, o cheiro) devem ser estimuladas no trabalho/carreira, como forma de canalizar positivamente toda a energia mental para objetivos práticos.

Vênus — Amor, valores pessoais e materiais, justiça, artes, busca do equilíbrio, harmonia, necessidade de ser belo. A beleza, a harmonia e o equilíbrio são os três principais valores que devem ser desenvolvidos, tanto no ambiente de trabalho como na própria obra ou trabalho a ser executado, pois sobre estes 3 pilares está a base de realização profissional da sua carreira.

Marte — Força, poder, liderança, energia sexual, luta, competição, inquietação, pressa, impulsividade. O trabalho será uma fonte importante para que você gaste suas energias físicas e mentais e encontre aquilo que de melhor existe dentro de você ao depositar todo o espírito guerreiro tipicamente marciano em cada trabalho que realizar.

Júpiter — Expansão, liberdade, crescimento, prosperidade, estudo superior, esportes, viagens longas, filosofia de vida. Aprender pela observação, pela experiência própria, pela comparação das diferentes faces de uma mesma realidade, essas são as formas jupterianas de buscar expandir ao máximo as próprias potencialidades.

Saturno — Conscientização, amadurecimento, responsabilidade, disciplina, organização, ambição, limite, profissão. Desenvolver a responsabilidade e a disciplina como forma de canalizar a vontade de superar limites é a forma saturnina de expandir ao máximo as suas potencialidades profissionais.

Planetas transpessoais: São os 3 planetas abaixo e indicam tradicionalmente na astrologia grandes períodos sociais pois são planetas com a órbita muito alongada. No sentido de como a pessoa deve exercer sua profissão ou carreira, apontam sempre um profundo sentido de transmutação, ou seja, o trabalho ou carreira que a pessoa seguir deverá agir como profundo mecanismo de transformações de padrões mentais e atitudes que estão presentes não apenas na personalidade, mas também latentes no inconsciente.

Urano — Uma maior compreensão dos acontecimentos, criatividade, eletricidade, futuro, mudanças rápidas, renovação. Criar, inovar e compreender os outros, impulsionar as pessoas próximas a enxergarem uma nova realidade e não ficarem tão apegadas a uma visão mais tradicional ou já consagrada, ajudar em processos de renovação coletiva que necessitem de muita energia e dinamismo, mas ao mesmo tempo muita tolerância. Todas essas ações canalizadas no trabalho irão refletir no seu interior como forma de vencer uma sensação ou sentimento inato de frustração ou violência, seja a nível mental ou físico.

Netuno — Sensibilidade, sonho, artes, mistério, ilusão, tendência a se fazer de vítima, nevoeiro, drogas e bebidas. Purificação emocional e espiritual é a palavra chave, utilizar o trabalho como forma de desenvolver e utilizar de forma positiva a sensibilidade e o genuíno amor ao gênero humano através de uma causa nobre, evitando padrões emocionais que possam levar a utilização de bebidas e drogas como válvula de escape  da sensibilidade e  da emoção mal trabalhada. Deve unificar os sentimentos, preencher com nobres propósitos e objetivos o trabalho que se propuser a realizar.

Plutão —Psiquê, transformações, regeneração, submundo, fobias, medo de ser rejeitado, manipulação, poder. Todo ser humano tem o seu lado sombra, seus padrões morais negativos que precisam ser purificados e Plutão mostra exatamente isso: um impulso inconsciente, inato, que visa mostra claramente para a pessoa em que parte da sua personalidade está essa sombra e como transmutar, levar a redenção e o início de um novo padrão, melhorado e purificado. No trabalho isso é mostrado através de um processo, muitas vezes doloroso, que nos coloca frente a frente com a sombra, os demônios interiores, ao mesmo tempo que traz um convite para que aquele padrão moral negativo não seja repetido nas ações junto as demais pessoas no círculo profissional de atuação, mostrando através de uma intensa provação uma grandiosa oportunidade de reintegração com o lado iluminado e positivo, que apenas pode vencer a sombra quando a própria pessoa escolhe o novo caminho, mesmo que a duras penas e provações.  
  
Vamos mostrar um exemplo prático de  alguém que explorou bem as potencialidades de trabalho no seu mapa: Ayrton Senna.

Mapa astral Ayrton Senna

Senna nasceu em 21 de março de 1960 em São Paulo às 2h e 35m (horário obtido pela Folha de São Paulo na maternidade que Senna nasceu). No mapa de Senna o Sol está na casa 02 (tendo Touro regente por natureza) e o planeta que faz o melhor aspecto com o MC é Vênus (pois dentre os dois trígonos em relação ao MC, o de Vênus apresenta um aspecto maior, mais preciso se comparado a Mercúrio).

Senna, portanto, seria mais feliz em uma profissão taurina, que segundo o relato do post representa: 

“Apaixonado pela beleza, pelo poder econômico e pela natureza. O taurino aprecia atividades automáticas e monótonas ( nada mais repetitivo do que treinar voltas e mais voltas). Sua persistência é muito grande e ele acaba conseguindo uma excelente posição financeira (a tenacidade foi uma das marcas de Senna). Aliás, a possibilidade de enriquecer é geralmente decisiva na escolha de sua profissão. Sua atividade deve envolver sensações físicas, (tocar, provar, Senna foi o piloto que primeiro explorou os limites físicos e institui a grande preparação física que os pilotos fazem atualmente), a natureza (terra, madeira, alimentos, não a toa Senna era o rei da chuva, conseguindo sua primeira vitória na F1 em pista molhada no Gp de Portugal em 1985) e se desenvolver em ambientes naturais (campo, jardim).”


Curiosamente Senna passava suas férias sempre em Angra dos Reis ou na fazenda da família em Tatuí e segundo sua irmã após parar de correr ele gostaria de ser "fiscal da natureza" em Angra dos reis. Nada mais taurino do que isso. A entrevista que ela fala sobre isso pode ser vista AQUI 

Entre as profissões taurinas uma delas é de engenheiro, o que explica a fama de acertador de carros e de “telemetria humana” que Senna ostentava.

Como o planeta mais bem aspectado com o MC é Vênus, Senna deveria buscar do jeito “venusiano” exercer a profissão ou carreira que escolhesse. Vejamos o que diz o texto do post: “Amor, valores pessoais e materiais, justiça, artes, busca do equilíbrio, harmonia, necessidade de ser belo. A beleza, a harmonia e o equilíbrio são os três principais valores que devem ser desenvolvidos, tanto no ambiente de trabalho como na própria obra ou trabalho a ser executado, pois sobre estes 3 pilares está a base de realização profissional da sua carreira.”

Amor pela profissão, valores pessoais como o patriotismo, a busca pela justiça sobretudo a nível social simbolizada pela preocupação em desenvolver algum projeto que pudesse ajudar as crianças, o equilíbrio e harmonia perfeitas entre máquina e piloto e a necessidade de beleza catalizada pela necessidade de ser admirado como o maior piloto da história, sem dúvida os valores que Senna buscou canalizar para a sua profissão

Vamos agora analisar outro mapa, de alguém que tinha uma ótima configuração para ser um grande líder, mas utilizou negativamente as ferramentas que dispunha: Osama Bin Laden.

Mapa astral Osama Bin Laden

Osama nasceu em Riyad, Arábia Saudita às 6h e 30m de 15/02/1957, um aquariano duplo com Sol e Ascendente em Aquário. No mapa de Osama o Sol está na casa 01 (tendo Áries como regente por natureza) e o planeta que faz o melhor aspecto em relação ao MC é Urano (um trígono). Osama se encaixaria, portanto, em uma profissão tipicamente ariana. Vamos ver o que foi dito no post sobre as profissões arianas:

“Atração por novidade e aventura. Seu trabalho não pode ser monótono. Está sempre envolvido com as profissões mais recentes que são ainda novidade no mercado de trabalho. Sua atividade deve exigir ímpeto, muito movimento. Envolvimento com máquinas, animais, pessoas e metal. O ariano sai-se bem como automobilista, esportes radicais ou de alto nível competitivo, artesão de metal, camponês, cirurgião, dentista, diretor de cinema e televisão, engenheiro, explorador, fazendeiro, ferroviário, industriário, jardineiro, metalúrgico, militar, oculista, publicitário, repórter, veterinário.”

Encaixe perfeito com as atividades desenvolvidas pelo Osama. Inclusive o dia de nascimento e hora foram obtidos pela escritora do livro da vida de Bin Laden, Jean Sasson que entrevistou sua primeira esposa e seu filho. As informações podem ser vistas AQUI 

O planeta em aspecto mais favorável mostra como a pessoa deve exercer a carreira e foi aqui no mapa que podemos detectar o ensinamento não aproveitado.  Urano, como mostrado neste post diz o seguinte:

“Uma maior compreensão dos acontecimentos, criatividade, eletricidade, futuro, mudanças rápidas, renovação. Criar, inovar e compreender os outros, impulsionar as pessoas próximas a enxergarem uma nova realidade e não ficarem tão apegadas a uma visão mais tradicional ou já consagrada, ajudar em processos de renovação coletiva que necessitem de muita energia e dinamismo, mas ao mesmo tempo muita tolerância. Todas essas ações canalizadas no trabalho irão refletir no seu interior como forma de vencer uma sensação ou sentimento inato de frustração ou violência, seja a nível mental ou físico.”

Faltou tolerância, sobretudo para vencer o sentimento de violência em relação ao mundo ocidental.

Esses são apenas alguns exemplos com personalidades conhecidas que exemplificam o método apresentado neste post e que visa refinar, de forma simples e didática, a análise da questão profissional em um mapa astral, tradicionalmente analisado através do MC e de outras observações mais complexas que levam em conta o signo solar.

Outro exemplo bem interessante é o do atual presidente americano Barack Obama, que nasceu em 4 de agosto de 1961 em Honolulu as 19h e 11m.

Mapa astral Barack Obama

 Obama tem o Sol na sexta casa, que tem por natureza Virgem regendo esta casa e tem como aspecto mais favorável em relação ao Meio Céu um sextil entre Saturno e o MC. 

Obama é advogado, foi professor de direito e atualmente é funcionário público eleito, nada poderia ser mais ligado ao arquétipo virginiano do que tais atributos. 

O mapa de Obama é bem interessante pois mostra claramente todos os sérios problemas que ele vivenciou quando criança e adolescente (Lua próxima ao eixo da casa 4 e Kíron na casa 01 em Peixes explicando o uso de entorpecentes ainda criança). Ao mesmo tempo o mapa de Obama mostra alguém talhado para a vida pública, com dois planetas transpessoais na casa 07, o caput draconis não apenas no signo solar e na casa 07, mas também cravado em conjunção com Régulus. As boas posições de Marte e do ponto da fortuna apontam para alguém que apesar de dificuldades emocionais desde a juventude tenderia, pelo mapa, a usá-las para um rápido amadurecimento o que por certo explica o bom uso do jeito saturnino para exercer a profissão e a carreira. 

“Saturno — Conscientização, amadurecimento, responsabilidade, disciplina, organização, ambição, limite, profissão. Desenvolver a responsabilidade e a disciplina como forma de canalizar a vontade de superar limites é a forma saturnina de expandir ao máximo as suas potencialidades profissionais.”

Outro dado curioso é que a casa 12 rege processos de cura, de transmutação até mesmo a nível inconsciente e também as prisões e hospitais e sendo assim, considerando o planeta mais forte do mapa de Obama exatamente Saturno em domínio (por estar no seu signo natural, Capricórnio) na casa 12 e fazendo o aspecto mais favorável ao MC mostra porque a sua luta pessoal para implementar o plano de saúde pública (Obama Care) nos Estados Unidos rompendo com a visão tradicional americana sobre tal assunto, uma característica vista no mapa de Obama pelo seu ascendente em Aquário, tendo Urano (planeta regente de Aquário) em conjunção com o caput draconis. 

No segundo post que encerra essa série sobre a Astrologia e as Profissões, farei uma análise da importância do Ascendente e no caminho do desenvolvimento humano através do trabalho, em um mapa astral, para uma realização de questões ligadas a missão pessoal diretamente ligadas a carreira profissional.

Parte II: AQUI 

Fanpage Profecias o Ápice em 2036 no Facebook:



Espero que todos esses textos tenham ajudado você que já tem um mapa astral a compreender melhor o seu mapa e para aqueles que ainda desejam entender melhor como fazer um mapa natal.


8 de out de 2013

Manvantara, a Retração do Universo e os 7 Planos da Criação

espírito, perispírito, corpo, fluido universal, corpo luminoso


Recebi uma pergunta interessante através da fanpage:

"Boa tarde, José! Algum dia vc poderia explicar melhor sobre como funciona o Manvatara? Nunca tinha lido ou ouvido falar sobre o assunto, mas quando comecei a ler os livros de Ramatís fiquei muito fascinado com o tema. Nos estudos teosóficos, além de manvatara, fala-se muito a respeito de rondas, ciclos planetarios, cósmicos, etc. Porém, a linguagem é bastante densa e complexa, sobretudo pelo excesso de termos em sanscrito. Se nao for um assunto no qual vc queira tocar por ora, fica a minha sugestão e pedido. Abraço"

Vejo a questão do manvantara da seguinte forma: basicamente no Universo existem dois tipos de "argamassa" que o Arquiteto e seus "peões de obra" (leia-se co criadores, cristos e por aí vai) utilizam: fluido universal e principio material, sendo que o principio material ou luz condensada nada mais é do que um fluido universal de menor vibração, que assim mesmo possui em sua essência o fluido universal em vibração adequada a dimensão na qual o principio material esta inserido. Tem um tabela bem interessante no livro "Mensagens do Astral", no capítulo 19, dividindo os planos e seus subplanos (astral, mental etc) que ajuda a compreender a grosso modo essa divisão. Deixarei no final do texto um pequeno resumo mostrando a forma como eu analiso pessoalmente esses 7 planos, apesar de existirem diversas formas de análise (Teosofia, Rosacruz e outras filosofias)

Principio material só existe nos planos "inferiores", onde os corpos "inferiores" se manifestam, nos planos acima destes, só existe fluido universal, com vibração cada vez maior e mais próxima da vibração original que nasce da Fonte, como o pensamento emanado por um espírito.

O manvantara compara um ciclo ou respiração divina completa a algo entorno de 4 bilhões de anos no mundo material correspondente a um "piscar de olhos" no plano mais superior, onde o fluido universal vindo da Fonte se manifesta em sua "voltagem" máxima. Obviamente tal relação de tempo varia entre cada plano e subplano, mais próximo ou mais distante da Fonte.

Compreendido isso, o ciclo de expansão e contração do Universo, que nada mais é do que o pensamento de Deus, é também o ciclo de contração e expansão do principio material e do fluido universal. Quando atinge sua contração máxima, o fluido universal em "descida" torna-se o principio material em sua expansão máxima, que por sua vez continuará sua contração ate o ponto máximo, quando chegará no plano material, da mesma forma que no movimento de expansão o principio material atingirá seu ponto máximo no ponto de maior contração do fluido universal, que por sua vez continuará sua expansão máxima até retornar a Fonte.

Entre esses processos de subida e descida ou respirações ocorre o manvantara: quando planos e seus subplanos atingem o ponto máximo de expansão e passam para um subplano superior (o que ocorrerá em breve com pelo menos parte da Terra e já aconteceu em sentido inverso quando a Atlântida "desceu"), ao mesmo tempo planos e subplanos também descem, pois enquanto uma energia criativa está em processo de subida a outra está em processo de descida, como o símbolo do infinito.

Portanto, no manvantara o Universo não é desfeito, não há um novo big bang, mas tão somente uma renovação energética infinita, onde um novo ciclo de energias surge ao "descer" para ocupar o antigo ciclo de energias que subiu. O que a ciência estuda e consegue analisar diz respeito ao plano material, ou seja, o "Big Bang" e o "Big Crunch" mostram respectivamente a contração máxima do fluido universal e a expansão máxima do princípio material.

Lá no fórum tem um interessante debate sobre o tema (clique na imagem abaixo



OS 7 PLANOS DA CRIAÇÃO

A maioria das filosofias que estudam a divisão dos planos ou camadas do Universo colocam essa divisão na forma de 7 planos, divisão que eu julgo adequada desde que consideremos que Deus ou a Fonte que emana o Universo, tal qual o espírito que cria um pensamento, está em Seu centro consciente fora do Universo e que o Universo orbita este centro, como uma forma pensamento orbita um espírito. Deus estaria representando, portanto, o infinito além dos 7 planos do Universo, simbolizando o 8º plano, número que "coincidentemente" representa o infinito.

Maiores explicações podem ser vistas AQUI 

Vamos então analisar os 7 planos no sentido decrescente, começando do plano que possui a vibração energética mais próxima da Fonte. 

A nomenclatura dos planos está associada a nomenclatura mais usual dos  7 corpos justamente para facilitar a compreensão dessa análise. Aconselho que o leitor comece a leitura do item 07 ( plano físico) e leia até o item 01 (plano atmico).
  
Os 3 planos superiores: Nestes planos não existe mais o princípio material, tão somente existe o fluido universal, tanto na composição de cada um dos planos como na composição de cada um dos chamados corpos superiores
  
1) Plano Átmico: É a região do Universo na qual atuam os Co Criadores Divinos, espíritos que vibram em plena harmonia com a essência divina fusionada a suas almas
  
2) Plano Búdico: É a região do Universo na qual vivem os Cristos que atingiram tal nível evolutivo que já conseguem enxergar a essência divina dentro de si, fusionada a sua própria alma.  Nesse plano vivem os espíritos arcangélicos ou Cristos responsáveis pelos chamados 7 chacras do Universo, que são explicados em pormenores no livro A Bíblia no 3º Milênio
  
3) Plano Mental Superior: É a região do Universo na qual vivem os espíritos que atingiram o estágio evolutivo que possibilitou a percepção de que cada encarnação ou experiência evolutiva em mundos semi-materiais (seja os períodos de vida na erraticidade ou em mundos astrais) não foi algo separado como vemos hoje com o nosso entendimento humano, mas sim um único fluxo em um átimo de segundo, quando o espírito tem consciência que a sua alma, sua personalidade imortal única é algo único, uno e não apenas a expressão de uma parte desta personalidade imortal única, como ocorre atualmente na humanidade e com os espíritos que vivem no plano astral e no plano mental inferior. O Plano Mental Superior é o habitat dos Cristos Planetários, Solares e Galáticos, são espíritos que colaboram na criação e manutenção das estruturas e sistemas do Universo.

Colonia Astral superior


Os 4 planos inferiores: Nestes planos ainda existe o princípio material, tanto na composição dos planos como na composição dos chamados corpos inferiores. A medida que o espírito evolui ele passa a se manifestar através de corpos cada vez menos materializados

4) Plano Mental Inferior: É a região do Universo conhecida como a região do pensamento concreto, é o plano no qual vivem ou podem se manifestar, mesmo que temporariamente, os espíritos com capacidade mental de criar objetos e estruturas, desde simples peças (uma  mesa, um aparelho eletrônico complexo) até cidades astrais inteiras. No plano astral o espírito sente, vivencia, deseja e até mesmo pode criar estruturas e objetos a partir da própria vontade, mas tal criação está muito ligada a um intenso desejo e sentimento, uma sensação e não a uma canalização organizada do pensamento racional, mas sim a processos racionais e mentais mais refinados, a uma forte e bem direcionada força mental para a realização ou construção de algo concreto, objetivo. O espírito manifesta-se nessa região com o corpo mental inferior, corpo de forma ovalada que é envolvido pelo corpo astral e unido a este por um fio dourado que percorre os 7 chacras dos dois corpos, os unindo, formando assim o chamado perispírito. Esse corpo ovalado (corpo mental inferior) possui cor, brilho e movimento e não tem aparência humana e, além disso, emana um campo energético que se exterioriza em média 3 metros para fora do corpo humano. Em estágio de desequilíbrio emocional profundo (processos de raiva, vingança, autodestruição) esse corpo vai assumindo a forma de um ovóide enegrecido e seus centros de força entram em fusão, fazendo uma espécie de grande vórtice no centro do ovóide. Em último estágio, o ovóide passa do aspecto gelatinoso e enegrecido girando alucinadamente no seu vórtice central para o aspecto de ovóide petrificado, processo limite que impede a plena destruição do perispírito e estágio atual dos corpos dos chamados dragões ou ditadores do abismo. O corpo mental inferior também é o arquivo das memórias de todas as encarnações do espírito, nele estão as chamadas "faixas de passado", que nada mais são do que arquivos em formas de fluxos energéticos circulando por todo o corpo mental inferior (a semelhança das formas pensamento que orbitam o corpo físico como nuvens luminosas ou escuras, dependendo da sua natureza) e que contém, cada um, as lembranças de cada encarnação ou personalidade que o espírito vivenciou em determinada encarnação e que traduzem, juntas, uma imagem da personalidade imortal única do espírito, refletida no corpo mental inferior. Tal imagem, entretanto, não é o próprio espírito ou personalidade imortal única, da mesma forma que se somarmos os pensamentos de uma pessoa não teremos a própria pessoa, mas sim um reflexo do que essa pessoa pensa ou sente. A personalidade imortal única se manifesta de forma mais ampla e consciente através dos corpos superiores, quando o espírito atinge determinado nível evolutivo moral e consegue purgar todas as vibrações negativas e contrárias a essência de amor que existe em sua centelha divina, descobrindo que é um ser único e atemporal com todas as qualidades que desenvolveu ao longo das inúmeras encarnações que vivenciou. Nesse ponto ele não precisa mais dos corpos inferiores ou do principio material e, da mesma forma que ocorre quando o ser abandona a animalidade e adentra no reino humano ao reconhecer-se um ser único, nesse estágio o espírito reconhece que todas as personalidades ou encarnações que ele vivenciou são na verdade um único instante e não a longa linha temporal que ele trilhou em milhares de encarnações.     

5) Plano Astral: A região do Universo que serve como base para tudo o que existe no Plano Físico. Da mesma forma que o corpo material é uma cópia meio mal acabada do corpo astral, por ser de natureza mais rude e grosseira, o plano material ou físico também é uma cópia mais bruta da realidade que existe no plano astral. A grosso modo, podemos dividir o plano astral em 3 subplanos: inferior, intermediário e superior. O plano astral inferior fica na contrapartida astral das regiões subcrostais do plano físico, o plano astral intermediário fica na contrapartida astral da superfície terrestre do plano físico, onde existem as ruas, prédios, florestas, cidades e etc e por fim o plano astral superior fica na contrapartida astral do céu da Terra, até os limites da magnetosfera. No livro A Bíblia no 3º Milênio eu explico e exemplifico melhor tais questões. No plano astral existe princípio material ou matéria que serve como base para as construções das chamadas colônias astrais, sendo que nossas cidades físicas são uma cópia do que existe no mundo astral. No atual estágio evolutivo da humanidade, os espíritos utilizam o corpo astral como principal veículo da manifestação, a exceção quando estão encarnados e mesmo assim, durante o sono, o espírito se manifesta no plano astral exatamente com o corpo astral, temporariamente liberto do corpo físico.

6) Plano Etérico: É a região do Universo que mantém gravada, a nível dos chamados planos inferiores, a memória do Universo. Tal qual o duplo etérico ou corpo vital (nomes usuais do corpo etérico) que envolve o corpo astral e adquire a forma deste, o Plano Etérico grava as impressões energéticas (formas pensamentos, lembranças, vibrações, sentimentos) dos planos inferiores em uma espécie de material que não é nem fluido universal e nem princípio material, mas uma energia vitalizada (semelhante a produzida pelo fluido universal e o principio material através do corpo físico e astral quando o espírito está encarnado, produzindo um fluido animalizado, ectoplasmático, que existe pela vitalidade ou fluido vital emanado pelo espírito e seu corpo astral quando no corpo físico) com capacidade autômata de captar e gravar impulsos conscientes, sendo por esse motivo utilizado pela consciencia superior (Eu Superior) como um veículo energético que cria a ligação energética entre o corpo astral e o corpo físico e atua em processos kármicos e de cura, pois as toxinas astrais situadas no corpo astral "descem" ao corpo físico exatamente através do duplo etérico ou corpo vital. O duplo etérico funciona como uma imensa rede energética cheia de "vasos" ou "cordões" por onde flui a energia anímica (fluido universal + fluido vital + principio material) ligando o corpo astral ao corpo físico através de 7 grandes centros de força (chacras), além de diversos outros chacras menores que nascem do cruzamento desses "cordões" ou "fios energéticos". Essa imensa rede energética, que é uma visão microscópica do duplo etérico, cria por sua vez um campo de energia que se exterioriza com o campo de energia criado pelo corpo astral e pelo corpo mental inferior, criando as três camadas da aura, sendo a camada do corpo mental inferior aquela que menos muda de cor, movimento e brilho pois diz respeito a identidade da personalidade do espírito na atual encarnação ( por exemplo, uma pessoa com essa aura muito vermelha em tom escuro, com pouco brilho e muito movimento, possui naturalmente uma sexualidade bem desequilibrada voltada para propósitos egoístas e materialistas voltados unicamente para a satisfação dos sentidos físicos), já a camada do corpo astral muda com certa frequencia ao longo do dia e indica o estado emocional da pessoa ao longo do dia, enquanto a camada ligada ao corpo vital ou duplo etérico indica o estado energético da pessoa. Essa última camada mostra quando o desencarne está próximo, pois adquire uma coloração mais escura (entre o marrom, cinza, preto), diminuição do movimento e do brilho, além do que começa a mostrar buraco nessa camada, que representam os laços fluidicos que unem o corpo astral ao físico sendo desfeitos. Nos  médiuns esses pequenos "buracos" já existem naturalmente próximos aos centros de força ou em pontos específicos, por exemplo: nos médiuns com vidência ostensiva existe um pequeno buraco no duplo etérico exatamente na região do chacra frontal (terceiro olho). Se por algum motivo (grande estresse, impacto emocional de qualquer natureza) a pessoa vivenciou uma situação negativa muito semelhante a um trauma que tenha vivido no passado (encarnaçao pregressa), ela pode sobrecarregar um desses vasos, causando seu rompimento, o que pode ocasionar desde a abertura de uma "faixa de passado" (quando impressões emocionais e mentais inconscientes e negativas do perispírito vem a tona no cérebro físico) até mesmo a "descida" de uma doença kármica. Por isso que nas cirurgias espirituais a presença dos médiuns é tão importante, pois eles fornecem do próprio ectoplasma para que os espíritos possam auxiliar nos mais diversos processos, desde os de cura como nos de natureza mais psicológica, quando problemas no duplo etérico são corrigidos e possibilitam a reparação no corpo astral com efeitos no físico e também por isso que tais trabalhos não devem ser realizados apenas por um médium, pois a médio ou longo prazo tal atividade acarretará esgotamento energético, mesmo que tal médium seja um médium magnético (que naturalmente possui uma cota maior de ectoplasma no duplo etérico do que uma pessoa "normal"). Tais informações também explicam porque a Apometria se utiliza dos chamados pulsos magnéticos e formas pensamento canalizadas pela vontade do médium apômetra, pois caso tenha o conhecimento adequado de quando aplicar uma energia mais intensa ou mais suave, ou quando deve fortalecer processos de "congelamento" ou "incineração", ele ajudará de forma atuante os espíritos superiores nos processos de cura, até porque sem a presença dos espíritos superiores não existe processo de cura, por melhor que seja o médium ou por melhor que sejam as técnicas que este possua

7) Plano Físico : Região do Universo na qual a matéria é mais densa e o fluido universal adquire sua manifestação com menor vibração no interior da matéria. Nesta região temos os sólidos, liquidos, gasosos em seu estágio mais "bruto" ou "grosseiro", atingindo a capacidade máxima da agregação atômica. É o plano no qual o espírito se manifesta através do corpo físico. Podemos ainda realizar uma comparação com o plano astral e seus 3 níveis (astral inferior, astral intermediário e astral superior), considerando o plano astral inferior (localizado na contrapartida astral das regiões da subcrosta física terrestre) como o nível energético do plano astral mais próximo ao plano físico, devido a tangibilidade da matéria, que apesar de ser semi-material apresenta nas suas formas sólidas, líquidas e gasosas capacidade muito próxima de agregação à existente no plano físico. 





Fanpage Profecias o Ápice em 2036 no Facebook:

3 de out de 2013

Sabre de Luz, Atlântida e a Tecnologia dos Futuros Computadores narrada na Bíblia no 3º Milênio


Hoje no portal G1 saiu uma interessante matéria, mostrando que cientistas fizeram uma descoberta acidental, que pode ser utilizada em computadores super rápidos e no futuro dar origem aos famosos sabres de luz de "Guerra das Estrelas". 

A matéria na íntegra pode ser lida aqui: 

A matéria explica que pesquisadores de uma Universidade Americana conseguiram unir fótons (diminutas partículas dotadas de energia eletromagnética, sendo portanto uma partícula elementar da luz, também interagindo com os elétrons e núcleo atômico, sendo assim responsável por muitas das propriedades da matéria) para formas moléculas que dão forma a um novo estado da matéria.

Ocorre que até agora, os fótons eram descritos como partículas sem massa que não interagiam entre si, de forma que caso dois raios laser se cruzassem eles simplesmente atravessariam um ao outro. O que os pesquisadores fizeram foi criar um meio especial, no qual todos os fótons interagem entre si tão fortemente, que conseguem formar moléculas e dessa forma o choque dessas moléculas seria semelhante ao choque entre as espadas de sabre de luz do filme Guerra nas Estrelas. Esse meio especial foi criado a partir de uma nuvem de rubídio (elemento de aspecto prateado) resfriada poucos graus acima do zero absoluto 

E qual seria a aplicação de tal descoberta na tecnologia dos computadores? Segundo a matéria, a interação de fótons é essencial para a construção de computadores quânticos fotônicos e criar estruturas tridimensionais complexas, como cristais, feitos somente com luz, estruturas que seriam utilizadas na tecnologia dos computadores super rápidos.

O mais interessante é que tal tecnologia já existe no plano astral e eu a descrevo em pormenores no capítulo 17 do livro A Bíblia no 3º Milênio. Vejam o que está escrito no livro sobre a tecnologia já existente na colônia astral Nova Europa, diretamente interligada à colônia astral Atlântida (colocarei comentários entre parênteses e em letras azuis):

"Enquanto eu refletia sobre aquelas considerações, fui elevado junto com os três mentores até o local que ficava no centro e no meio da pirâmide. Chegamos ao centro de uma imensa sala, uma peça única que ocupava todo aquele andar da pirâmide. Era algo parecido com uma gigantesca central de processamento de dados, com um ambiente predominantemente prateado (tal qual o rubídio utilizado pra criar o meio espacial para a interação dos fótons) e com aparelhagem altamente sofisticada. 

Os computadores que ali existiam possuíam uma energia dentro deles semelhante a que circulava por toda a pirâmide, a diferença é que possuíam um formato esférico com algo dentro deles que girava muito rapidamente, no formato de um átomo, criando um espetáculo de luzes, brilho e pequenas explosões dentro daqueles computadores circulares (esse "algo" é a exata descrição dos fótons)

Observei que ao longo de toda a sala havia vários desses computadores, dispostos de tal forma que formavam um enorme círculo ao redor de algo que eu não havia conseguido identificar. O amigo Franciscano apontou com o olhar para que eu fosse à direção daquele objeto que estava bem no centro do grande círculo formado pelos vários computadores daquela central. Caminhei um pouco e quando cheguei mais perto, fiquei impressionado: era a mesma Estrela formado por um material que eu tinha vislumbrado outras vezes, inclusive quando iniciei o trabalho de interpretação do primeiro capítulo do Apocalipse, mas sem ter conseguido identificar com maior clareza o local no qual aquela Estrela estava. Ela era formada por 42 pequenos quadrados, 21 formando o triângulo superior e 21 o inferior. Enquanto Gabriel e Irmão 23 me observavam a distância, o amigo Franciscano aproximou-se e começou a fazer algumas considerações impressionantes:

– Cada um desses computadores ao redor da Estrela da Davi, como você deve ter percebido José, não possuem monitores, pois para acessá-los basta conectar-se inteiramente ao computador.

– Sim, eu percebi, mas como isso ocorre? – Indaguei ao nobre mentor.

– Funciona de forma simples: basta colocar as duas mãos sobre a esfera, que é o computador em si, para que o centro energético ou simplesmente o átomo que existe lá dentro estabeleça uma conexão direta com os 7 principais chacras, permitindo não apenas que sejam vistas imagens, como também sentidas, vivenciadas como uma realidade virtual.

– Isso é simplesmente fantástico!!! É uma tecnologia que os encarnados sequer sonham que possa existir.

Ao longe o Irmão 23 complementou, para não perder o bom humor costumeiro: – Alguns sonham sim, mas são poucos que entendem que não é apenas um sonho, mas uma realidade num outro plano da vida terrestre.

Aproveitei então e perguntei para Gabriel a qual tipo de sistema aquela rede de computadores modernos estava ligada. A resposta foi simples e direta:

– Ao Akasha, simplesmente ao Akasha.

O amigo Franciscano aproveitou então para complementar: – O banco de memórias do Universo, conhecido por muitos espiritualistas como Akasha, é a internet do Universo querido amigo. Cada computador desses tem capacidade para acessar essas memórias, circulando em espiral pelas diversas linhas temporais que envolvem todos os planos e dimensões do Universo. Tudo no Universo vibra e justamente essa vibração deixa marcas, impressões, como cordas sendo tocadas na essência de cada átomo, marcas essas que são decodificadas por esses computadores, permitindo que essas memórias do Universo em forma de dados informatizados sejam transformadas numa realidade virtual, que pode ser percebida pelo mental e emocional de qualquer pessoa que se conecte a um destes computadores.

– Realmente é algo que eu não imaginava que funcionasse assim – falei ainda impressionado com tudo que estava vendo naquela sala. – Mas e essa Estrela de Davi ao centro, rodeada por todos esses computadores? Qual a função dela?

Gabriel então se aproximou da Estrela e começou a responder a minha pergunta: – A Estrela de Davi no centro desse círculo, formado por todos esses computadores, funciona como o centro de força que está conectado a cada um dos computadores. Seu tamanho está na exata proporção da Estrela de Davi tridimensional formada a partir da pirâmide que estamos visitando nesse momento. Ela permite que um campo de maior força seja usado coletivamente por todos os computadores, como se cada computador potencializasse a capacidade dos demais computadores, visto que todos estão ligados harmonicamente entre si. (tal tecnologia vai além da interação dos fótons, mas chega a interação de computadores quânticos fotônicos em um único campo de força)

Aproveitei então para concluir o raciocínio do paciente instrutor: – Trata-se, portanto, de uma egrégora.

– Exatamente. – disse Gabriel confirmando o meu raciocínio."



Detalhe interessante é que a Estrela de Davi já havia sido descrita anteriormente como um material semelhante ao vidro (cristal) capaz de emitir luz (descrição feita no início do capítulo 14) e sendo um centro de força dos computadores fotônicos, ela foi criada exatamente por moléculas de fótons, possibilidade que a ciência provou atualmente ser possível e que será o futuro da tecnologia dos computadores.

Fico muito de feliz de poder observar que a ciência do plano físico já esteja dando os primeiros passos para descobrir uma tecnologia já existente no plano astral e mais feliz ainda por ter tido a honra dada pelos amigos espirituais de descrever, em pormenores e pela primeira vez na literatura espírita e espiritualista, como funciona tal tecnologia no plano astral. Espero sinceramente que muito em breve muito mais das outras tecnologias do mundo astral descritas no livro A Bíblia no 3º Milênio possam ganhar os "primeiros passos" no mundo físico, como a tecnologia descrita neste texto.

Fanpage Profecias o Ápice em 2036 no Facebook:
https://www.facebook.com/josemaria.alencastro2036

Fórum para debates:
http://www.profecias2036.com.br/forum/