29 de jul de 2012

O Símbolo (Parte III) - A Grande Pirâmide

O Símbolo profecias o ápice em 2036

As duas primeiras partes explicando o Símbolo estão aqui:


Parte I: AQUI 

Parte II: AQUI

Com a proximidade de completar dois anos de existência, quase 800 mil visualizações e quase 150 posts publicados, o blog Profecias o Ápice em 2036 adentra em mais um ciclo, um novo ciclo.

Após cumprir seu objetivo durante quase um ano, o Símbolo inicia mais um processo de expansão, mostrando mais alguns dos vários significados que possui presentes em sua essência, mas que estavam ocultos externamente.

O karaf ou simplesmente garrafa, formato que acompanhava o Símbolo (semelhante a uma gota d água) cumpriu seu papel: utilizado nos processos de decantação do vinho e também na Alquimia, ele separa as impurezas daquilo que é puro. Feito esse trabalho de separação, um novo trabalho se inicia: como utilizar o ouro alquímico que surgiu do chumbo.

Esse ouro alquímico, a luz dourada que representa a sabedoria e a busca do verdadeiro estudo espiritual, voltado pro crescimento interior e expansão do conhecimento, é a base da nova aparência do Símbolo, traduzindo um pouco mais da sua essência e do papel que deve desempenhar agora: ser a base, a viga mestra da pirâmide que aponta para o caminho da evolução.

Como podemos observar na parte I do estudo do Símbolo, o caduceu de Hermes nada mais é do que uma representação dos 7 chacras, dos 7 planos que o homem deve percorrer na sua subida evolutiva pela “escada de Jacó” onde as duas serpentes simbolizam a natureza dual do homem e do Universo. Essa subida está agora simbolizada pelo símbolo do infinito dentro da grande pirâmide com os 7 chacras, os 7 planos e os 7 corpos presentes na natureza do espírito.

O infinito “de pé” é semelhante ao número 8 ou ainda ao entrelaçamento das duas serpentes que sobem pelo caduceu.

Justamente por essa simbologia, na Astrologia a casa 8 se refere ao mundo desconhecido, a magia, bem como o nodo lunar também conhecido como “caput draconis” ou simplesmente cabeça do dragão indica no mapa astral a energia positiva que auxilia a pessoa para a execução da sua verdadeira vontade, da sua missão verdadeira, do seu mais nobre propósito de vida.

A escolha desse símbolo dentro do meu Símbolo pessoal e magístico não foi sem propósito, pois o caput draconis no meu mapa astral está justamente na casa 8 (como veremos na figura abaixo) e não apenas isso, é o vértice superior (pois aponta no mapa para o céu, próximo ao MC ou meio céu) cravado na caput draconis no signo de Virgem e que tem como base da pirâmide dois planetas em signos de ar (Gêmeos) e fogo (Sagitário) onde estão os planetas Vênus e Netuno (o planeta da idealização, do ideal coletivo, da espiritualização). Virgem e Gêmeos são signos profundamente ligados a comunicação, ao estudo, ao raciocínio, a organização meticulosa, a intensa observação analítica.

Ou seja, eu tenho no meu próprio mapa astral uma pirâmide com bases no ar e fogo (espírito e transmutação alquímica) sendo que os planetas representam na base a afetividade e a harmonia (Vênus) e a espiritualização com a busca de um ideal coletivo (Netuno), focando no vértice superior a energia positiva que favorece o verdadeiro ideal de vida (caput draconis) na casa da magia, do mundo desconhecido a ser desbravado ( casa 8). Um padrão que reflete a busca do conhecimento e da evolução através da magia e do estudo do oculto.

mapa astral José Alencastro

Dourado é a cor que representa o Sol e o signo de Leão. Justamente por isso a escolha específica do dia para trazer a nova configuração do Símbolo também teve um propósito: hoje, domingo é o primeiro dia da semana, quando se inicia a semana, também é conhecido como dia do Sol (Solies Dies, Sunday) e mais especificamente em um dia no signo de Leão (29 de julho). Mas, como poderemos ver na imagem abaixo, o Símbolo canaliza a partir de hoje uma energia muito maior, fruto de uma conjunção astrológica que realiza nesse exato momento um imenso triangulo na eclíptica, vejamos:

Alinhamento planetário nascimento do Símbolo profecias o ápice em 2036

A Terra recebe hoje um grande fluxo energético do Sol e de cinco planetas: no lado esquerdo do triângulo um alinhamento perfeito formado por Júpiter, Vênus, Terra e Lua, já no centro do triângulo Sol, Mercúrio e Terra e no lado direito vemos uma alinhamento perfeito entre Saturno, Marte e Terra, apesar de Saturno e a Lua não estarem presente no triangulo em si, mas enviando energias potencializadas para a Terra em virtude desse alinhamento. 

Como podemos observar, a Astrologia indica alguns dias e horas mais favoráveis para determinado projeto e menos favoráveis para outros projetos. Isso é tão importante que simplesmente todos os prédios públicos de Washington tiveram suas respectivas pedras angulares colocadas em datas minuciosamente calculadas para que recebessem a melhor combinação energética segundo o propósito que viessem a realizar.

Quando a pedra angular do Capitólio foi colocada o caput draconis estava exatamente em Virgem, é uma configuração que favorece o trabalho mental profundo e meticuloso na solução dos problemas e nesse caso estava na casa 9 (filosofia de vida, estudos acadêmicos) ou seja, favorece tudo ligado a filosofia e aos estudos para a solução meticulosa e ampla de qualquer questão, mas num nível mais ligado ao trabalho externo, diferente da casa 8 que é mais voltada para esse estudo filosófico, mas pro lado oculto, magístico. Hoje, a pedra fundamental do Símbolo (a grande pirâmide) foi colocada.

Vemos na imagem do Símbolo 5 números em evidência: 30 (no topo da pirâmide), 144 e 111 (representando as duas asas do caduceu hermético), 115 (sustentando a pirâmide) e o número 1 (marcado no meio do número 111)

A asa esquerda representa a justiça, a busca pela salvação, os 144 mil salvos descritos simbolicamente no Apocalipse, representando 36 mil salvos em cada lado da base da pirâmide que desce dos céus simbolizada na visão de João Evangelista da Nova Jerusalém com a base quadrada descrita no Apocalipse. A asa direita representa a realeza espiritual, o poder espiritual em si mesmo, simbolizado no número 111 que está presente na kamea solar. O número 30 já foi explicado nos dois primeiros textos sobre o Símbolo  e o 115 representa o dia, o ápice da mudança em 24 de abril de 2036, o dia de número 115 no ano de 2036, que representa simbolicamente o momento em que a humanidade, tal qual João Evangelista no Apocalipse, verá a Nova Jerusalém descendo do céu e se estabelecendo na Terra:

“E eu João vi a santa cidade, a Nova Jerusalém, que de Deus descia do céu. E a cidade estava situada em um quadrado. E disse-me mais: está cumprido. Eu sou o Alfa e o Ômega (Alef e Tav), o princípio e o fim.” (Apocalipse 21: 2,6,16)

Alfa e Ômega são a primeira e última letras do alfabeto grego, correspondem a Alef e Tav no Hebraico. Cada letra no hebraico tem um valor numérico, Alef equivale a 1 e Tav a 400, ou seja, do início ao fim temos o valor 401.

O número 401 equivale a exatos 1 ano (365) + 36 dias e equivale exatamente a soma dos números presentes no Símbolo: 115 + 144 + 30 + 111 + 1  = 401.

O Símbolo também simboliza, portanto, o formato da Nova Jerusalém, a pirâmide que desce dos céus, assim como o selo de Deus e o livro da vida, ambos simbolizados na Estrela de Davi, que nada mais é do que um quadrado em 3 posições diferentes e sobrepostas, ou seja, um livro em 3 posições diferentes (a primeira, a segunda e a terceira aliança, simbolizada na Nova Jerusalém) sendo que na Estrela de Davi temos o hexágono no centro e 6 triângulos menores ligados a ele formando a Estrela, o que equivale a 7 espaços onde estão os 7 selos, simbolizando os 7 chacras, os 7 corpos, os 7 planos, os 7 níveis do caduceu de Hermes

Na numerologia cabalística, o Símbolo nasce em um dia e num ano do Hierofante/Papa, o arcano 5. 

Mapa astral do Símbolo profecias o ápice em 2036
  
A imagem acima é do mapa astral com o nascimento do Símbolo: 29 de julho de 2012 as 18:54 horas em Porto Alegre. Futuramente, após os posts  da série sobre Astrologia que publicarei aqui nas próximas semanas ensinando como fazer e interpretar um mapa astral,  farei uma interpretação do mapa astrológico do Símbolo.

Fanpage Profecias o Ápice em 2036 no Facebook:  http://www.facebook.com/josemaria.alencastro2036 
 

2 comentários:

Cabo Julião disse...

Parabéns pelo novo visual. Ficou muito bom!

Danton San`Anna

José Alencastro disse...

Também gostei da mudança, o fundo do blog ficou mais agradável em constraste com o fundo branco do texto. Um período de mudanças positivas, pois após 4 dias da mudança de imagem o blog subiu pra pagerank 3 no google, sinal de que a mensagem está ganhando força. Abraço