19 de mar de 2012

Cinturão de Fótons e Portais Dimensionais, afinal o que diz a Ciência??

Cinturão de fotons, Alcyone, Capela, luz azul no universo, Alcione

Recebi interessante pergunta e resolvi compartilhar a resposta aqui no blog na forma de um post, por se tratar de um tema muito procurado por espíritas e espiritualistas:


Pergunta: “Gostaria que nos informasses boas fontes a respeito do famigerado cinturão de fótons. Soube do mesmo a partir de uma alocução do grande Divaldo. Porém, o mesmo se baseou em dados errôneos - fontes espúrias, que atribuíam a descoberta a três astrônomos, sendo o deles o velho Halley, que nada soube de átomos ou de fótons... Caso possuas informações astronômicas e mediúnicas sobre os mesmos, indique-nos, por favor. Disserte mais também, e cite mais, a respeito dos tais portais dimensionais - exemplos, teoria e coisa e tal. Eis outro assunto que acende o meu sinal amarelo. Desde já agradeço a interlocução. Abraços, e sucesso.” Thiago El-Chami 



Esse é um assunto fascinante, que infelizmente está sendo usado por esquisotéricos e defensores da profecia mala (com “l” mesmo) pra disseminar todo tipo de equívoco, desde apocalipse com o fim da Terra em 2012 chegando até aqueles que divulgam o inicio de um Era de Luz em dezembro de 2012 e os que falam em ascensões pra quarta ou quinta dimensão, todos eles redondamente enganados.

Postei um texto no blog no dia 11 de setembro de 2010 que foi a primeira parte de dois textos sobre essa questão de 2012 e o cinturão de fótons. Nesse texto de setembro de 2010 eu falei sobre uma nuvem de fótons descoberta pela sonda Voyager.

Esses dois textos sobre 2012 e o cinturão estão aqui nesses links:

Texto 01: AQUI 

Texto 02: AQUI 

Essa descoberta é recente e também não tem nada haver com a Terra se aproximando de Alcyone, como já expliquei nos dois textos sobre o tema (os dois links acima), em seu movimento a Terra se distancia de Alcyone ao invés de se aproximar.

O que em minha opinião está acontecendo (e digo isso porque nenhum médium ou canalizador falou disso ainda) é que essa nuvem tem origem justamente no portal aberto em Alcyone e é exatamente essa energia que está vindo até o nosso sistema solar e não a Terra indo em direção a Alcyone.

Outra questão é que a magnetosfera terrestre (o escudo que protege a Terra das tempestades solares) não está mais fraca, mas sim cada vez mais carregada de energia, como também expus nesses textos, pois a energia dessa nuvem ou cinturão de fótons vem justamente pra ajudar no processo de “desintoxicação” da aura terrestre nos próximos 24 anos e não um mega evento destruidor ou um evento de ascensão em 2012, pois ambas as teorias são em minha opinião totalmente furadas.

Vamos ver 3 textos científicos falando detalhadamente sobre essa nuvem:


Sobre a nuvem de fótons: AQUI 

Sobre a espuma magnética de grande turbulência nessa nuvem: AQUI 

Origem da nuvem: AQUI 

Quanto a questão das dimensões (ou  planos como alguns chamam) esse é um tema já amplamente estudado no Espiritismo, Teosofia, Umbanda e outras vertentes espiritualistas, assim como no estudo da Projeciologia.

Quando a pessoa dorme, o seu espírito juntamente com seu corpo astral (perispírito) fica livre temporariamente do corpo físico adentra uma dimensão ou plano denominado plano ou dimensão astral.

Desde as obras de Chico Xavier até os recentes livros de Ramatís e Robson Pinheiro podemos observar vários estudos a esse respeito. 

Em abril eu concluirei com mais 3 textos uma série de 5 textos sobre experiências com desdobramento, os dois primeiros já estão disponíveis no blog e neles explico como funciona o intercâmbio entre os diferentes níveis do astral, que dividi basicamente em três: inferior, intermediário e superior, mas que também poderiam ser divididos de outras formas, dependendo do objetivo do estudo.

Experiências com desdobramentoAQUI 

Numa abordagem mais científica, a própria ciência busca respostas e teoriza sobre o tema, como na teoria das Supercordas e na teoria M (que supõe um Universo com mais de 10 dimensões), assim como na teoria dos worm wholes, que nada mais são do que atalhos entre pontos distantes do Universo, exatamente como os portais.

Aliás, lendo o texto científico sobre a espuma magnética, ele fala de “dobras no campo magnético em linhas de força magnética que ativam forças violentas formando essa espuma” e essas dobras não poderiam produzir, teoricamente, worm wholes?

A algumas décadas atrás o homem a recém descobria como usar a eletricidade, no início ele apenas conseguia perceber em simples experiências científicas que existia algo (a corrente elétrica) sem no entanto conseguir utilizar aquela energia em beneficio próprio. Depois de algum tempo, o homem aprendeu como utilizar a energia elétrica e a conhecê-la mais profundamente, conhecendo os fótons (partícula elementar mediadora da força eletromagnética). Da mesma forma a ciência conhece o modelo dos wormwholes mas ainda não dispõe da técnica de como utilizá-lo, mas em um ambiente (dimensão ou plano astral) onde a matéria possua características diferentes do plano material  seria muito mais fácil criar uma estrutura dessas. É exatamente isso que os espíritos superiores realizam no astral quando se aproxima a época de um expurgo planetário, que terá seu auge na Terra em 24 de abril de 2036, no ápice da Transição Planetária.  

Alguns exemplos sobre os portais dimensionais deixados nas obras do Chico Xavier podem ser pesquisados no seguinte texto: AQUI 


Cientificamente: o Cinturão de Fótons

Nuvem de fotons alem do sistema solar, visão do sistema solar

Pra finalizar, reparem na foto do link “a origem da nuvem” que mostra a localização da nuvem próxima a Sirius e Procyon. Como já mencionei nos textos sobre a questão de 2012, o grande portal será aberto em Alcyone A, uma gigante azul 1400 vezes mais brilhante que o nosso Sol. A foto está abaixo:

Origem da nuvem e cinturao de fotons, Alcyone, Alcione, Sirius

Alcyone A é a estrela mais brilhante do aglomerado das Plêiades, grupo de milhares de estrelas que está na constelação de Touro.

Como mostrei no último post do blog sobre mitologia egípcia , o hexágono de inverno contém as estrelas Capella (a mais brilhante da constelação do cocheiro), Procyon ( a mais brilhante da constelação do cão menor), Sirius (estrela mais brilhante da constelação do cão maior) e Aldebaran ( estrela mais brilhante da constelação do Touro, constelação onde está o aglomerado das Plêiades e conseqüentemente Alcyone A)

Texto do blog sobre mitologia egípcia: AQUI 

Na figura abaixo do Hexágono de Inverno, Alcyone A está a nordeste de Aldebaran. 

Pleiades, capela, hexagono de inverno, sirius, betelgeuse, aldebaran

Se virarmos a figura, pra deixá-la na posição como é mostrada na foto do site de astronomia que mostra a nuvem interestelar local e obedecermos a proporção (a distância de Sirius a Procyon e 3 vezes a distância de Procyon a Alcyone (dentro do aglomerado das Plêiades) então ao fazermos isso descobrimos que a tal nuvem está exatamente sobre ALCYONE

É um forte indício científico que a origem desse gigantesco campo magnético, de onde se expande a nuvem de fótons, realmente tem origem na gigante azul das plêiades.

Basta observarmos as figuras abaixo para verificarmos essa constatação  

Pleiades, hexagono de inverno, pollux, capella, aldebaran, sirius
  
Alcyone, a nuvem de fótons e o hexagono de inverno, cinturão fotons

Vale notar que apesar da descoberta científica falar a respeito de uma nuvem de fótons, o nome cinturão de fótons(conhecido no meio espiritualista) diz respeito ao formato do disco de energia que existe envolta do equador dessa estrela, devido a intensa velocidade da sua rotação. Essa é a explicação numa visão científica e espiritual do cinturão de fótons e nada tem haver com histórias esquisotéricas de profecia maia em 2012 ou apocalipse em 2012 e muito menos início de Era de Luz em 2012.  



Fanpage Profecias o Ápice em 2036 no Facebook: 
http://www.facebook.com/josemaria.alencastro2036


Um comentário:

Thiago El-Chami disse...

Caro José,

Agradeço pela atenção, e pelo apuro e esmero de mais um estudo. Nuvens atômicas, fotônicas ou magnéticas existem. Isto é muito interessante. Certamente, um mecanismo da Lei para alguma finalidade, como já sabemos da função de "ônibus inter-constelares" exercida pelos cometas em deslocamentos coletivos! Acredito, sim, na possibilidade da atuação positiva de elementos tais na higienização vibratória da psicosfera terrestre.

A questão sub judice para nós é a da possibilidade de tais gigantescas formações entrarem em ressonância ou interação com planetas distantes através dos portais dimensionais. Creio que tanto o espaço quanto o tempo sejam redobráveis, e creio que o expediente seja utilizado em viagens interestelares por espíritos em corpo físico concreto, físico etérico, astral ou mental. Resta-nos averiguar se uma interface gigantesca, apta a caldear volumes imensos de partículas cósmicas possa, possa ser instaurada, e como. Certamente, a constelação que estudaste no seu estudo esclarecedor possui já antigas ligações com a Terra, e, quiçá, com outros planetas do sistema solar. Resta saber se um portal de omunicação "energética", digamos assim, possa ser mais uma destas ligações, e se ele pode ser erguido em pouco tempo e em escala tão ampla (do ponto de vista humano). Pesquisemos!