4 de nov de 2010

Apophis, sua ação no Exílio Planetário e as profecias bíblicas sobre sua vinda


O Apophis passará muito próximo da Terra em 2029 como já foi informado aqui no blog em textos anteriores. Em 2029 , mais precisamente no dia 13 de abril, ele passará a uma distancia de 0,01 A.U. (Unidade Astronômica) o que equivale mais ou menos a 36 mil kilometros de distancia. , o que possibilitará que seja visto a olho nu em algumas regiões do globo e praticamente em todos os locais do mundo com o uso de binóculos. A questão é que essa passagem em 2029 poderá alterar a órbita do Apophis, fazendo com que ele não apenas venha a passar ainda mais perto em 2036 como também em um dia diferente do previsto (13 de abril de 2036). Acredito que essa diferença será descoberta exatamente em 2029, quando os cientistas chegarão a mesma data que diversos profetas, a Bíblia e a Cabala chegaram: 24 de abril de 2036.

Apesar de pequena, existe uma possibilidade que em 2029 o asteróide entre numa região próxima a Terra denominada de keyhole (buraco de fechadura), região com menos de 700 metros, mas caso esse azar ocorra, as chances de choque entre o asteróide e a Terra sobem para a casa de 100%.

Inclusive o impacto desse possível choque foi analisado pelo astrofísico Neil Tyson da Universidade de Columbia, que afirma que caso isso ocorresse, o asteróide fatalmente cairia no oceano e geraria duas tsunamis com mais de 1 kilometro de altura no ponto de origem do choque.

Ou seja, ainda não existe a confirmação de que será realmente em 13 de abril de 2036 que o asteróide irá passar próximo à Terra, a data exata só será descoberta em 2029. No entanto existe ainda uma terceira passagem prevista para o Apophis, apesar de não ser tão próximo como as passagens de 2029 e 2036, ela ocorrerá em 9 de janeiro de 2013, a uma distancia quase 10 vezes maior (0.9666 A.U.) do que a prevista para 2029, mas que permitirá um refinamento nos cálculos sobre a passagem em 2029. Mas o que isso tem de interessante? Como já abordamos aqui  no blog, em 21 de dezembro de 2012 será aberto um portal em Alcyone e duas correntes de energia chegarão a Terra. O texto explicando isso esta  AQUI 

E adivinhem quem trará na contrapartida astral essas duas correntes? Sim, bingo pra quem respondeu Apophis. Após o portal ser aberto dia 21 de dezembro de 2012, quase 20 dias depois o Apophis estará trazendo essas 2 correntes pra próximo da Terra em 9 de janeiro de 2013. Com isso o Apophis realizará a primeira grande leva de espíritos que já estão aguardando o exílio no lado negro da Lua, como já foi informado pelos médiuns André Luiz Ruiz e Robson Pinheiro, sendo assim teríamos 3 grandes levas: 2013, 2029 e a maior de todas em 2036 com os fenômenos específicos descritos nesse texto do blog, inclusive com a materialização do gigantesco astro que envolve o Apophis na sua contrapartida astral : AQUI


Agora que já sabemos como e quando irão ocorrer esses eventos é interessante saber como o Apophis foi visto pelos grandes profetas bíblicos. Antes de mais nada, vamos conhecer melhor a história do Apophis:



Apophis é o nome grego do Deus egípcio Apep, inimigo de Rá (que para os egípcios era o Deus Sol, que foi usado por Akhenaton para representar um único Deus, Aton).

Apep/Apophis é a personificaçao do mal na mitologia egípcia, representado por uma serpente gigantesca e primitiva, com mais de 30 metros de comprimento, servido por uma horda de demônios. Segundo os estudiosos egípcios, os seguidores de Apep não lutam por um mundo dominado pelo mal, eles lutam pelo fim do mundo (alguém aí deve ter lembrado dos Dragões descritos pelo Robson Pinheiro, espíritos que ao contrario dos magos negros não querem dominar a Terra, mas sim destruí-la). Não é a toa que Apep/Apophis significa DESTRUIDOR.

Apep/Apophis é ainda descrito como uma criatura maligna, que vive no submundo, que vive na escuridão eterna do Duat (meio da Terra segundo a tradição egípcia), algo como o ABISMO. Pra quem já leu a trilogia do Robson Pinheiro (Legião, Senhores da Escuridão e a Marca da Besta) fica claro que esse deus do panteão egípcio é uma clara representação dos Dragões descritos na trilogia do Robson.

Mas não apenas os egípcios, como também os profetas bíblicos descreveram a ação do asteróide Apophis no ápice dos eventos:

“Foi então precipitado o grande Dragão, a primitiva Serpente, chamado Demônio e Satanás, o sedutor do mundo inteiro. Foi precipitado na terra, e com ele os seus anjos.” (Apocalipse 12:9)

A primitiva serpente é o Apophis, o demônio e opositor (Satan) é o nome desse deus egípcio que da nome ao asteróide Apophis.

“Têm eles por rei o anjo do abismo; chama-se em hebraico Abadon, e em grego, Apolion.” (Apocalipse 9:11)

Abadon e Apolion significam DEVASTADOR que é sinônimo de destruidor, ou seja, é mais um nome pra Apep, Apophis, o mensageiro do abismo.

“sobre a asa das abominações virá o devastador, até que a ruína decretada caia sobre o devastado.” (Daniel 9:27)

Virá do céu ( asa das abominações) o devastador, que nada mais é do que o mesmo personagem descrito no Apocalipse: Apophis.



“Depois apareceu outro sinal no céu: um grande Dragão vermelho, com sete cabeças e dez chifres, e nas cabeças sete coroas” (Apocalipse 12:3)

O sinal será a visão do asteróide vermelho nos céus, o Apophis, que João descreveu como um Dragão Vermelho e os índios Hopi descreveram como o “Red Kachina” (espírito vermelho dos céus).

Essas 7 cabeças no céu são exatamente os 7 planetas que compõe o Sistema Solar vistos da Terra no céu (já que Plutão não é mais considerado um planeta): Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter, Saturno, Urano e Netuno. São redondos como uma cabeça.

Os dez chifres são referencias a estrelas da constelação do Touro, o animal que possui chifres (Taurus), facilmente vistas no céu da Terra, estas “sete coroas” descritas na profecia são referencias as 7 estrelas mais brilhantes dessa constelação. A soma de todos esses números (7+10+7) dá o dia exato: 24.

A Terra entra no signo de Touro exatamente no dia 21 de abril, ou seja, João deixa claro que estava falando do dia 24 de abril, o dia do sinal no céu do grande Dragão Vermelho e ainda corrobora com duas quadras de Nostradamus:

“Ao fundamento de uma nova seita, serão os ossos de um nobre romano descobertos, o sepulcro em mármore aparecerá aberto, a terra TREMERÁ em ABRIL e o mal será sepultado” Centúria 6, Quadra 66

“Sol a vinte de TOURO, haverá um GRANDE TERREMOTO, o grande teatro cheio ruirá, ar, céus, terra escurecidos e perturbados , quando o infiel chamar a Deus a aos santos” Centúria 9, Quadra 83

E pra que não fique dúvida alguma sobre a visão de João, vejamos o capitulo e o versículo do Apocalipse:

Se divididos: 12:3 = 4 (mês abril)

Se multiplicados: 12x 3 = 36 (ano de 2036)

E de 2012 a 2036, o Apophis vai passar visível na Terra 3 vezes (2013, 2029, 2036). Tudo apenas grandes coincidências???




Jesus assim relata esses eventos futuros:


“Quando virdes estabelecida no lugar santo a abominação da desolação que foi predita pelo profeta Daniel (Daniel 9:27) então os habitantes da Judéia fujam para as montanhas. porque então a tribulação será tão grande como nunca foi vista, desde o começo do mundo até o presente, nem jamais será. Logo após estes dias de tribulação, o sol escurecerá, a lua não terá claridade, cairão do céu as estrelas e as potências dos céus serão abaladas. Assim como foi nos tempos de Noé, assim acontecerá na vinda do Filho do Homem. E os homens de nada sabiam, até o momento em que veio o dilúvio e os levou a todos. Assim será também na volta do Filho do Homem. Então aparecerá no céu o sinal do Filho do Homem. Todas as tribos da terra baterão no peito e verão o Filho do Homem vir sobre as nuvens do céu cercado de glória e de majestade. Porque, como o relâmpago parte do oriente e ilumina até o ocidente, assim será a volta do Filho do Homem. Dois homens estarão no campo: um será tomado, o outro será deixado. Duas mulheres estarão moendo no mesmo moinho: uma será tomada a outra será deixada. Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas. Na terra a aflição e a angústia apoderar-se-ão das nações pelo bramido do mar e das ondas. Os homens definharão de medo, na expectativa dos males que devem sobrevir a toda a terra. As próprias forças dos céus serão abaladas. Como um laço cairá sobre aqueles que habitam a face de toda a terra. Quando começarem a acontecer estas coisas, reanimai-vos e levantai as vossas cabeças; porque se aproxima a vossa libertação”. (Mateus capitulo 24, versículos 15, 16, 21, 29, 37, 39, 30, 27, 40, 41; Lucas capitulo 21, versículos 25, 26, 35, 28)

E João assim define o ápice dos eventos no Apocalipse:

“O Dragão Vermelho varria com sua cauda uma terça parte das estrelas do céu, e as atirou à terra. Houve, então, relâmpagos, vozes e trovões, assim como um terremoto tão grande como jamais houve desde que há homens na terra. A grande cidade foi dividida em três partes, e as cidades das nações caíram. Todas as ilhas fugiram, e montanha alguma foi encontrada. O céu desapareceu como um pedaço de papiro que se enrola e todos os montes e ilhas foram tirados dos seus lugares.” (Apocalipse 12:4; 16:18-20; 6:14)





Comunidade Profecias 2036 no Orkut: http://www.orkut.com.br/Community?cmm=98634186 



14 comentários:

Anônimo disse...

Olá. Estava lendo seu blog e deparei-me com uma notícia interessante: você menciona que Aophis passará em 9 de janeiro de 2013, com uma distância quase 10 vezes maior que em 2036, que é de 36 mil km. Hoje li uma notícia: http://www.sidneyrezende.com/noticia/127742+asteroide+de+400+metros+de+diametro+vai+passar+a+384+km+da+terra

Esse asteróide da notícia passará a 384 mil km da Terra [quase 10 vezes a distância que Apophis passará em 2036]. Na notícia, entretanto, menciona que a passagem será nos primeiros dias de Novembro deste ano, 2011. Será este asteróide o Apophis?
Abraço.

José Alencastro disse...

Olá, o asteroide de novembro de 2011, apesar das dimensoes semelhantes com o Apophis nao é o Apophis. O asteroide de novembro de 2011 é o "2005YU55", enquanto que o Apophis está catalogado como "2004MN4", sao asteroides diferentes. Abraço

Alexandre T disse...

Caro José, pelo que entendi, o que pegará de surpresa a todos, como nos tempos de Noé, será a volta Dele, o "Filho do Homem", e não o asteróide Apophis, pois o próprio Jesus diz "Na terra a aflição e a angústia apoderar-se-ão das nações pelo bramido do mar e das ondas. Os homens definharão de medo, na expectativa dos males que devem sobrevir a toda a terra." Ou seja, todos já saberão com alguma antecedência (2029?), quando o Apophis irá se chocar com a Terra, não?

E você chegou às suas conclusões sobre o Apophis e 2036 apenas através de seus estudos ou teve alguma ajuda, informação, orientação da espiritualidade? Alguém do "além" lhe confirmou esse grande acontecimento em 2036? Um abraço!

Alexandre T disse...

José, não entendo esse "dois estarão juntos, um será levado e o outro deixado". O que exatamente quer dizer?

José Alencastro disse...

Olá Alexandre, até os idos de 2036 a maioria das pessoas, tal qual na epoca de Noé, nao acreditarão que um evento dessa magnitude possa ter hora marcada, ja teremos passado por 2012, data que apocalipticos espalharam o fim do mundo, 2018 quando muitos protestantes acreditam que seja o cumprimento da profecia de Daniel, 2019 quando muitos espiritas acreditarão numa profecia dita por um amigo do Chico e muitas outras datas que ainda virão.

A primeira fonte fidedigna que falou do auge dos eventos do Apocalipse foi o Dr.Fritz, espirito que incorporava no meu pai, quando eu ainda nao era nem nascido, ele mencionou que o auge dos acontecimentos ocorreria na década de 30 do terceiro milenio (na epoca, era final dos anos 70)mas sem mencionar uma data especifica. O trabalho que realizo se baseia em intuiçao e inspiração: pela inspiração busco o conhecimento que aprendi em outras encarnaçoes e que esta no meu cerebro perispiritual, na minha lembrança espiritual pra entao buscar uma linha segura de estudos e comparaçoes das fontes profeticas, busca essa que procuro realizar amparado por diversos amigos espirituais pertencentes a equipe do Dr Fritz e dentre esses alguns com quem tenho mais sintonia, dessa forma encontrei essa data especifica.

Quanto a passagem de Jesus no sermao profetico, ele se refere, de forma figurativa, que metade dos encarnados irá desencarnar até o apice desses evento, ou seja, apos 24 de abril de 2036 a humanidade será reduzida a 3,5 ou 4 bilhoes de encarnados e continentes inteiros como a Europa, alem de todas as cidades litoraneas do planeta, ficarão embaixo dagua.

Essa profecia corrobora com o que diz Ramatis: 2 terços dos espiritos encarnados e desencarnados (14 bilhoes de 21 bilhoes) irá ser exilado e entorno de 3,5 a 4 bilhoes será exilada desencarnando no auge desses eventos, os 3 "ais" do Apocalipse.

Abraço

Rosane disse...

Olá.. eu encontrei este blog há poucos dias e desde então, estou encantada com a leitura das matérias. Especificamente sobre este texto que fala sobre Apophis e o dia da Tribulação,eu fico intrigada com uma questão: estes bilhões de pessoas que irão desencarnar neste evento, são necessariamente julgados por Deus como ainda não-dignos de viverem em uma nova Terra (regenerada)?
Quero dizer.. se eu ainda estiver encarnada na Terra em 2036 e perecer neste evento, será por este motivo? Como interpretar esta questão a nivel pessoal, nos momentos de(habitual)exame de consciência?
Obrigada..

José Alencastro disse...

Olá Rosane, fico feliz que tenha se identificado com os textos do blog. Muitas pessoas que desencarnarem durante e no auge da Grande Tribulação não serão exilados para outro orbe; morrer nos eventos ou catastrofes futuras como tsunamis ou terremotos não é sentença de exilio, pois muitas vezes nesses eventos a justiça divina se aproveita do desencarne coletivo pra tambem levar as pessoas que nao serao exiladas, mas que tiveram seu tempo na esfera fisica terminado, necessitando retornar a esfera espiritual para recomeçar novas experiencias e preparativos para encarnaçoes futuras. Apenas serão exilados os espiritos que nao demonstraram sincero empenho na busca por cultivar os valores ligados ao amor, aqueles que se recusaram a pelo menos tentar vencer o materialismo, o egoismo, a raiva, que se esqueceram de dedicar parte do seu tempo a ajudar o proximo, a buscar harmonia com a familia, a buscar cultivar a paz interior e colocar e tentar colocar em prática esses valores. A pessoa nao acreditar em Deus, ou nao acreditar em reencarnaçao ou ter uma doença grave como um cancer nao é sentença de exilio, o que vai contar pra permanecer aqui na Terra é o desejo e a busca sincera em fazer algo de positivo pela coletividade e na busca pela harmonia com as outras pessoas, buscando sempre um convivio pacifico. É muito mais um exercicio de buscar cultivar bons habitos, demonstrar vontade sincera de buscar a regeneraçao moral, pois é essa vontade o passaporte pra merecer a Terra Regenerada, o mundo para aqueles que buscam a regeneraçao atraves do trabalho coletivo e pacifico de reforma interior e reconstruçao. Seja sempre bem vinda

Rosane disse...

Oi, José.. obrigada pela tua interpretação. Eu sou bastante cuidadosa em acreditar ou não em um tema de natureza espiritual, porque é um assunto muito sério. Muitas pessoas falam sem conhecimento de causa ou demonstram fanatismo.
Porém é visível a um bom observador que vc desenvolve as matérias com seriedade e pesquisa, por isso estou aqui. Minha fé é Kardecista, mas procuro manter a mente sempre aberta às novas ideias. Agradeço de novo, por trazer esses esclarecimentos a todos nós. É uma bela missão. abs

José Alencastro disse...

Que bom Rosane, quem dera se todos os espiritas buscassem ter cuidado na análise das informações mas também tendo a mente aberta para pesquisar cuidadosamente essas novas informações, é exatamente essa postura que Kardec adotou quando pesquisou os fenômenos espiritas, buscou estudar, pesquisar, comparar as informações e experiencias antes de elaborar uma opinião, é esse caráter progressista e comparativo que busco nos meus estudos e experiencias, inclusive o método que utilizei pra chegar a data exposta aqui no blog (24 de abril de 2036) é bem semelhante a proposta do CUEE (controle universal do ensino dos espíritos), pois busquei um foco comum entre todas as profecias e profetas mais confiáveis da historia da humanidade e coloquei esse foco como o crivo para as minhas experiencias, buscando somar sempre a esse foco informações cientificas, buscando mesclar o conhecimento espiritual com o conhecimento cientifico. Acredito que um método embasado na lógica e na razão é o alicerce sólido para as informações e experiencias pessoais, que muitas vezes se resumem apenas ao campo da fé pessoal. É esse "mix" que forma o conteúdo do blog e fico feliz que esteja gostando deste espaço.

Felipe Colombari disse...

Olá José Alencastro, primeiramente gostaria de parabenizá-lo pelo excelente trabalho que em fazendo nesse blog, tem me trazido bastante conhecimento, que unido ao que eu já buscava vem me trazendo muitas respostas e também muitas perguntas, como tudo na vida. Mas estou em dúvida na seguinte questão, em um trecho desse texto você diz: "A Terra entra no signo de Touro exatamente no dia 21 de abril, ou seja, João deixa claro que estava falando do dia 24 de abril, o dia do sinal no céu do grande Dragão Vermelho e ainda corrobora com duas quadras de Nostradamus" E a minha pergunta é: Como podem ter uma data exata já que na época que o calendário que conhecemos no ocidente é o católico, criado meses como dezembro pela própria igreja católica, o que modifica totalmente a lógica dos signos, pois alteraram os meses, e criaram outros, gostaria que me explicasse, grande abraço.

José Alencastro disse...

Excelente pergunta Felipe. A resposta é simples; tanto Nostradamus como João Evangelista ao receber de Jesus as informaçoes na Revelação, enxergaram um grande evento que ocorreria em algum ponto no futuro, ponto esse que foi revelado a eles. Como viram que no futuro o calendário oficial do mundo seria esse que utilizamos no Ocidente (reconhecido pela ONU), estipularam o dia, mês e ano segundo esse calendário. O movimento astrologico dos planetas estudados na astrologia através das casas zodiacais e dos signos é um só, portanto ao enxergar quando iria ocorrer determinado movimento astrologico, basta verificar no calendário o dia correspondente que irá ocorrer e no caso desses profetas, o calendário escolhido foi o oficial, que seria utilizado oficialmente quando do auge dos eventos (em 2036). Abraço

Regina Dutra disse...

Encontrei recentemente esse blog e também a pg alusiva à ele no FB. Tenho me dedicado a ler e estudar muitos dos temas aqui discorridos e eis que finalmente me deparo com algo realmente plausível em termos dos futuros acontecimentos no nosso orbe. Sou espírita por formação mas minha convivência e relação com pessoas de outro credo é de profundo respeito, pois penso que Deus dá a cada um de nós pobres encarnados uma oportunidade única de progresso e possibilidade de evolução. E não seremos valorizados por nossa crença ou convicção mas sim pelo nosso discernimento acerca da verdade, do amor ao próximo e da prática sincera dos ensinamentos do Mestre. Novamente parabenizo a sua clareza na análise das profecias assim como a coerência com os ensinamentos da muitas religiões voltadas verdadeiramente à imperiosa necessidade de progresso dos seres viventes neste Orbe. Desde criança sempre me interessei por aspectos relacionados à Espiritualidade e também acerca do estudo do Velho e Novo Testamento, pois era um hábito corriqueiro essa prática na minha família. Mas nem por isso deixei de errar muito e como agradeço a Deus a oportunidade que o sofrimento e as diversas provas nessa encarnação, pois na madureza dos anos sinto-me reconfortada e certa de que não há um destino cruel, mas sim a colheira de nossa parte por tudo que houvermos plantado. Para finalizar, gostaria de formular uma pergunta e merecer sua atenção e conhecimento nesse questionamento: acaso, a humanidade encarnada neste período atual e a que estará encarnada na época do ápice dos acontecimento ( e também no tempo que a anteceder) aqui está nesses tempos por dívidas pretéritas e presentes , ou melhor, por necessidade de ser avaliada positiva ou negativamente a ponto, inclusive, de ser exilada. Não sei se fui clara, mas essa dúvida me assalta. Obrigada ! Deus nos abençoe e nos dê força para sermos melhores a cada minuto!

Mauricio Luiz disse...

O. Homem bom será levado o mau deixado.

Thinker Junior disse...

Quanto a essa grande cidade,seria ?

A grande cidade foi dividida em três partes, e as cidades das nações caíram.